CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Leia a íntegra da carta do atirador que invadiu escola no RJ

Na carta encontrada com o atirador que abriu fogo dentro da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta quinta-feira (7), Wellington Menezes de Oliveira fala de questões religiosas e dá indícios de que o ataque foi premeditado, além de pedir perdão pelo crime. Segundo o hospital para onde foram levadas vítimas, 11 crianças morreram e 13 estão feridas, sendo 4 em estado grave.
Leia a íntegra da carta:
“Primeiramente deverão saber que os impuros não poderão me tocar sem luvas, somente os castos ou os que perderam suas castidades após o casamento e não se envolveram em adultério poderão me tocar sem usar luvas, ou seja, nenhum fornicador ou adúltero poderá ter um contato direto comigo, nem nada que seja impuro poderá tocar em meu sangue, nenhum impuro pode ter contato direto com um virgem sem sua permissão, os que cuidarem de meu sepultamento deverão retirar toda a minha vestimenta, me banhar, me secar e me envolver totalmente despido em um lençol branco que está neste prédio, em uma bolsa que deixei na primeira sala do primeiro andar, após me envolverem neste lençol poderão me colocar em meu caixão. Se possível, quero ser sepultado ao lado da sepultura onde minha mãe dorme. Minha mãe se chama Dicéa Menezes de Oliveira e está sepultada no cemitério Murundu. Preciso de visita de um fiel seguidor de Deus em minha sepultura pelo menos uma vez, preciso que ele ore diante de minha sepultura pedindo o perdão de Deus pelo o que eu fiz rogando para que na sua vinda Jesus me desperte do sono da morte para a vida.

"Eu deixei uma casa em Sepetiba da qual nenhum familiar precisa, existem instituições pobres, financiadas por pessoas generosas que cuidam de animais abandonados, eu quero que esse espaço onde eu passei meus últimos meses seja doado a uma dessas instituições, pois os animais são seres muito desprezados e precisam muito mais de proteção e carinho do que os seres humanos que possuem a vantagem de poder se comunicar, trabalhar para se alimentarem, por isso, os que se apropriarem de minha casa, eu pelo por favor que tenham bom senso e cumpram o meu pedido, por cumprindo o meu pedido, automaticamente estarão cumprindo a vontade dos pais que desejavam passar esse imóvel para meu nome e todos sabem disso, senão cumprirem meu pedido, automaticamente estarão desrespeitando a vontade dos pais, o que prova que vocês não tem nenhuma consideração pelos nossos pais que já dormem, eu acredito que todos vocês tenham alguma consideração pelos nossos pais, provem isso fazendo o que eu pedi."




Tragédia na escola do Rio pode ter sido o primeiro ataque terrorista Islâmico no Brasil:

Em entrevista à rádio Band News, Roselane, irmã adotiva do atirador, disse que ele era muito ligado ao Islamismo, não saia de casa e ficava muito tempo no computador. Além disso, todas as mídias mencionam uma carta de teor fundamentalista deixada por Wellington, a qual conteria alusões à fé muçulmana e confirmaria intenção de suicídio por parte do assassino. Por tudo isso, cogita-se que este poderia ser o primeiro atentado terrorista islâmico no Brasil. As informações são do Pulpito Cristão.


Foto do atirador

Banho de sangue em escola municipal do Rio de Janeiro:

Segundo ultimas informações, Ex-aluno invadiu o prédio nesta manhã (7) atirando para todos os lados, deixando vários mortos e feridos.
 
O secretário de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes, confirmou que 13 pessoas morreram no ataque a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, nesta quinta-feira (7). Segundo a polícia, o atirador está incluído no total de mortos. Ao todo, já são 22 pessoas feridas.
O atirador foi identificado pela polícia como Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos. Segundo a Polícia Militar, ele era ex-aluno da escola.
Atirador deixou carta
De acordo com o coronel da polícia Djalma Beltrami, Wellington deixou uma carta, segundo ele, com inscrições complicadas, no local. “Ele tinha a determinação de se suicidar depois da tragédia”, contou Beltrami. A carta foi entregue a agentes da Divisão de Homicídios.
Conhecido na escola por ser ex-aluno, ele teria entrado sob alegação de que iria fazer uma palestra. Segundo a polícia ele usou dois revólveres, que chegou a recarregar várias vezes.
Segundo a polícia,  uma equipe da Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) passava próximo ao local e foi à escola depois de ver crianças correndo pela rua.
Funcionária viu crianças feridas
“O cara entrou, foi para o terceiro andar e começou a atirar. As crianças disseram que foi pai de aluno. Vimos muitas crianças carregadas, desacordadas, baleadas”, disse uma funcionária da escola, que preferiu não se identificar.
“Começamos a ouvir tiros. Com o eco, parecia que uma coisa estava desabando. Todo mundo correu. Depois, a professora chegou dizendo que o cara chegou atirando em uma sala. Foi um desespero”, afirmou ela.
Secretária de educação volta dos EUA
A subsecretária municipal de Educação do Rio, Helena Bomeny, está a caminho do local. No Twitter, a secretária municipal da Educação do Rio de Janeiro, Claudia Costin, afirmou: “Estou pegando o primeiro avião de volta. Desmarquei a palestra de hoje e não vou ver minha neta.” Segundo o twitter da secretaria, ela está em Washington, nos Estados Unidos.
As informações são Do G1 RJ

Policia Civil de Itiúba investiga blogueiro anônimo, o “Arcanjo da Justiça”:

image Prefeita Cecília denunciou o caso à Polícia de Itiúba
A Prefeita de Itiúba, Srª Cecília Petrina de Carvalho (PT), protocolou nesta quarta-feira (07), uma Notícia-Crime na Policia Civil comunicando a prática de crime de calúnia, difamação e “injúria qualificada” no blog denominado de “Itiúba Livre”.

No referido Blog, uma pessoa que se autodenomina de “Arcanjo da Justiça” tem postado textos denegrindo a imagem e a honra da Prefeita, alguns deles, inclusive, com conotação racista e preconceituosa.

A Prefeita Cecília é reconhecida na região como uma administradora ética e transparente. Para ela, o blog tem um cunho eminentemente político, com a finalidade de desestabilizá-la politicamente.

“A pessoa ou as pessoas que operam esse blog são inescrupulosos e covardes, não respeitam, sequer, minha idade e minha história. Se escondem no anonimato e cometem crimes abomináveis. Tenho um índice de aprovação de mais de 75% da população, e isso tem incomodado algumas pessoas”, desabafou a Prefeita Cecília.

O crime de “injúria qualificada” e racismo tem, ambos, uma pena de até três anos de reclusão, podendo a autoridade policial representar pela Prisão Preventiva do autor das mensagens, com intuito de preservar as provas, facilmente manipuláveis nos meios eletrônicos.

O blog tem sido alvo de comentários na cidade, e a população está indignada com os fatos inventados contra a Prefeita, aguardando uma punição severa para o criminoso. Colaboração de Tiago Guimarães.

As informações são do Interior Da Bahia