CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 30 de outubro de 2010

Vitória joga bém e vence o Vasco de goleada dentro do Barradão:

Com apoio da torcida, Vitória faz valer mando campo, goleia o Vasco e pula para 14ª colocação no Brasileiro da Série A

                                                    

Um, dois, três, quatro. Foi pouco. Pelo futebol apresentado e as chances que criou, o Vitória perdeu a oportunidade de aplicar uma goleada histórica no Vasco da Gama, neste sábado, no Estádio Manoel Barradas. O placar de 4 a 2 afasta o Leão da zona de rebaixamento do Brasileiro da Série A.
Com o resultado e beneficiado com a derrota do Atlético MG e do Guarani, o Vitória passou ocupar a 14ª colocação no Brasileiro. Na próxima quarta-feira, o rubro-negro encara o Santos, na Vila Belmiro, às 19h30 (Horário de Brasília), correspondente às 18h30 em Salvador.
Três dos quatro gols foram anotados no primeiro tempo, o que abriu o marcador com 1 minuto. Adailton, Elkeson e Neto Coruja, pela ordem, construíram o placar de 3 a 0. No segundo tempo, o adversário diminuiu logo aos 3 minutos com Nunes, mas o goleador Júnior aos 10 estufou as redes de Fernando Prass. Aos 46, Fumagalli aumentou para o time vascaíno.
O Vitória, com mais esta goleada, segue soberano nos confrontos com o Vasco no Barradão. Agora são nove triunfos em dez partidas. Este jogo foi o quarto entre os dois times este ano, e cada venceu duas vezes.
O Vitória começou arrasador, partindo para cima do Vasco e marcou um gol relâmpago: a 1 minuto, numa jogada que foi treinada durante a semana, Adailton ganhou do lateral Diogo e do volante Jumar, mandou uma bomba no ângulo superior do goleiro Fernando Prass.
Aí ficou fácil. Bem organizado taticamente, o rubro-negro exercia forte marcação nos dois articuladores vascaínos, Felipe e Zé Roberto, e Éder Luís não tinha espaços. Com a bola, o time partia em velocidade, explorando sistematicamente o lado direito do ataque.
As chances começaram a aparecer. Egidio, sozinho, finalizou por cima; Júnior chutou mal uma bola da entrada da área, e em outro lance  podia ter deixado passar para Elkeson, e finalizou para fora; e Fernando Prass defendeu milagrosamente um chute de fora da área de Ramon Menezes.
Envolvido, o Vasco se defendia. Mas a força do Leão foi superior e aos 39 minutos, Elkeson ampliou. Um chute violento de fora da área e, desta vez, Prass não teve como impedir. Cabia mais e aos 47 minutos, Prass voltou a salvar o Vasco, mas na sequência do lance, Neto Coruja cabeceou para o gol enlouqueceu de vez a galera rubro-negra.
No segundo tempo, sem Wallace, que sofreu uma contusão muscular e foi substituído, o Vitória levou um susto aos 3 minutos: Nunes, desmarcado, conseguiu completar de cabeça para o gol após cobrança de falta ensaiada. Nunes havia entrado ainda no primeiro tempo, substituindo Diogo, logo após a contusão de Wallace.
Absoluto em campo, o Vitória não se abateu com o gol. Manteve-se altivo e com 10 minutos, acabou com uma possível reação vascaína. Júnior recebeu a bola na área, ajeitou, girou sobre o corpo e emendou com um chute forte no ângulo superior direito de Prass.
Mandando no jogo, o rubro-negro atacava sempre pela direita, mesmo Jumar deslocado para marcar Adailton. O atacante por três vezes serviu os companheiros, mas o gol não saiu.
Nos minutos finais, Zé Roberto sofreu falta cobrada por Fumagalli que colocou sem chances de defesa para Viáfara.

VITÓRIA 4 x 2 VASCO
Data: 30/10/10
Estádio: Manoel Barradas
Cidade:  Salvador (BA)
Horário: 15h (Horário em Salvador)
Renda: R$301.570,00
Público: 31.449 pagantes
Gols: Adailton, a 1min, Elkeson, aos 39min, e Neto Coruja, aos 47min do 1º tempo; Nunes, aos 3min, Júnior, aos 10min, e Fumagalli, aos 46min do 2º tempo
Árbitro:  Wilson Luiz Seneme (SP-Fifa)
Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Danilo Ricardo Manis (SP)
Cartão amarelo: Anderson Martins, Ramon, Júnior, Neto (Vitória), Jadson  Viera e Nunes (Vasco)
Cartão vermelho:
VitóriaViáfara; Jonas, Wallace (Thiago Martinelli), Anderson Martins e Egidio; Neto Coruja, Uellinton (Renato), Ramon e Elkeson (Ricardo Conceição); Adailton e Junior
VascoFernando Prass; Fagner, Cesinha, Jadson Viera e Diogo; Jumar, Rafael Carioca, Fellipe Bastos (Rômulo) e Felipe; Zé Roberto e Eder Luis (Fumagalli)
Técnico:  Antonio Lopes
Técnico:  Paulo César Gusmão


Fonte: site oficial do vitória http://www.ecvitoria.com.br/
<>
              

Padrasto estupra enteada de 14 anos em Irecê BA:

Está internada no Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho em Irecê a menor de 14 anos de iniciais L.F.L. A genitora da vítima tem 63 anos, que convive há 7 anos com JOSÉ ELENILDO CARVALHO MELO "Galeguinho" 23 anos, contou para nossa redação que por volta das 19h30mins de ontem o padrasto 'GALEGUINHO" apanho um veículo de sua propriedade levando a filha. Logo mais tarde a menina chegou entrando no quarto e começou a chorar, tendo a genitora perguntado para ela o que estava acontecendo e com muito sacrifício a mesma passou a contar que 'Galeguinho" teria cometido violência sexual com ela. A mãe tirou as roupas íntimas da vítima, notando que as mesmas estavam machadas de sangue em e ato contínuo a garota fora levada para o Hospital que ficou constatando o estupro e que o acusado manteve coito anal com ela. Depois de acionada a Polícia o acusado fugiu.ESEQUIAS DOURADO DRT 4182/99-BA.


ADITANDO A REPORTAGEM

Por volta das 17:00 hs, os agentes de Polícia WENDEL BONIFÁCIO E SILVANO, conseguiram prender o autor do estupro (foto)

Fonte: http://www.ezequiasdourado.blogspot.com/

Amargosa - Homem mata a mulher e esquarteja o corpo e coloca dentro de sacos plásticos:


Atenção, as imagens a seguir são muito fortes

Bahia vence o Paraná e está perto da Série A

Com um gol de Jael, Esquadrão de Aço venceu por 1 x 0 e atingiu os 58 pontos.



O atacante Jael comemora junto com Adriano o seu 11° gol na série B de 2010:

Assim como o Asa, o Paraná vinha de cinco jogos de invencibilidade, mas esqueceram de avisar ao Bahia, que foi até o Estádio Durival de Brito, em Curitiba e venceu o time da casa, por 1 x 0.

Com o gol marcado pelo atacante Jael, carrasco que marcou quatro gols em três jogos contra a Gralha paranaense, o Bahia reforçou as esperanças do acesso e agora faltam mais duas vitórias para comemorar.

O resultado da noite desta sexta-feira levou o Bahia aos 58 pontos e à vice liderança da Série B, deixando o Esquadrão de Aço bem próximo da 1ª divisão de 2011. A vitória também significou o oitavo triunfo fora de casa.

Após a partida o técnico Márcio Araújo falou das dificuldades da partida. "Foi importante o gol no início, pois sabíamos das dificuldades da partida. Chegamos perto do nosso objetivo, mas ainda não conseguimos. Vamos manter o planejamento em busca do acesso", comentou.

O time do técnico Márcio Araújo jogou com: Fernando; Arilton, Luizão, Nen e Ávine; Fábio Bahia, Marcone, Hélder e Morais; Adriano (Ananias) e Jael.

A delegação do Bahia desembarca em Salvador neste sábado, às 12h30, com a certeza de que a torcida tricolor vai recepcioná-la no aeroporto.

No domingo, às 08h30, o grupo treina no Fazendão, visando a partida de terça-feira, contra o Coritiba, em Pituaçu.

Por Jayme Brandão:
Fonte: site oficial do Bahia http://www.esporteclubebahia.com.br/