CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Um morto e dez feridos a faca no último dia da Coité Folia:



Vítima levantou a camisa e mostrou a um amigo antes da cair morto
Um homicídio à faca foi registrado durante a noite de domingo (15), último dia da Coité Folia. O fato aconteceu na Rua Amâncio Mota, próximo ao ponto de taxi, centro do circuito da festa.

Segundo o vigilante Hélio Barbosa, 35 anos, residente na Travessa Luiz Cabral, no Bairro de Tancredo Neves, em Salvador, ele e outros amigos estavam na calçada, ao lado direito da Avenida, quando foram avistados pelo vendedor ambulante Adriano Gonçalves dos Santos, 27, anos, conhecido deles e que também residia na capital do Estado, que se aproximou para conversar quando de repente, sem nenhuma confusão, apareceu um homem com uma faca, sem que ele soubesse a quem direcionava, e aplicou um golpe na altura do peito esquerdo do vendedor. Barbosa contou ao CN que ao perceber que Didiu, com era conhecido o ambulante, iria ser furado, procurou puxar da direção da faca, mais foi tarde demais e acabou também sendo vítima, recebendo uma profunda facada no braço direito. “Depois de ter furado nós dois, saiu pulando atrás do trio normalmente”, contou o vigilante referindo-se ao desconhecido.

 


Hélio sofreu um grande corte no ante braço direito quando tentou evitar a facada no colega
A história contada pelo vigilante foi confirmada pelo ajudante de supermercado Timóteo Silva, 35 anos, natural de Conceição do Coité e residente no Bairro do Cabula, em Salvador. Em estado de choque, Timóteo falou com o repórter do CN, que é inexplicável como um ser humano pode cometer um crime desta dimensão, pois não houve qualquer motivo e tudo aconteceu sem tumulto. “O cara queria matar alguém e acertou em Didiu. O fato foi tão rápido, que não vir quem fez isto. Só percebi o crime quando ele gritou e disse que estava furado e mostrou a camisa ensanguentada e nós providenciamos o socorro e infelizmente faleceu”.
Didiu chegou a ser levado ao pronto socorro do Hospital Regional, aonde chegou sem sinais vitais, segundo um dos médicos plantonista Enéas Araújo Ramos. “O rapaz deu entrada com uma perfuração na altura do coração, ou seja, pré-cordia”, declarou.

Timoteo lamentou ao ver o amigo levantar a camisa e cair em seguida
O vendedor ambulante chegou à cidade de Conceição do Coité na manhã de sábado (14), acompanhado do pai José Gonçalves dos Santos, 57 anos. Filho de uma família de oito irmãos, Adriano acostumava viajar para estas festas e vendia bolinhas, cata-ventos e colares pisca-pisca do Paraguai.
Um agente de segurança municipal da Prefeitura, que estava trabalhando de plantão na delegacia de Serviços, procurou a equipe do CN e disse que na manhã do domingo ele teria procurado o serviço social da prefeitura em busca de uma passagem para retornar a Salvador. Ele não disse os motivos.
A polícia militar vai investigar as imagens do sistema de câmaras para verificar a possibilidade de ter sido gravado o momento do crime e identificar o homicida.
Nunca, pelo menos nos últimos trintas anos,  não há registro na polícia, de nenhum um crime no circuito das festas de micareta, hoje chamada de Coité Folia. “Tudo estava calmo, pelo menos até ás 22h e depois o clima ficou tenso na área da festa”, desabafou um policial que estava de plantão.
Outros casos envolvendo faca – Pelo menos dez pessoas foram atendidas das 22h á 00h de domingo nos dois Hospitais da cidade, vitimas de facada. “Aqui chegou uma atrás da outra. Não teve sossego, eu marquei no relógio, em menos de uma hora, foram 04 pessoas”, falou impressionado um dos vigilantes do Hospital Regional.


Este deitado é natural de Retirolândia e foi esfaqueado por outro rapaz que foi capturado e estão presos


Menores esfaqueados por causa de um boné – Depois de desentenderem por causa de um boné, menores entraram em luta corporal na Praça do Mercado e os dois foram feridos a facadas e ponta pé. O fato aconteceu  depois das 22h e o menor F.P.S., 17 anos, residente no Povoado de Vista Bela, município de Retirolândia acusou outro menor, W.A., 16 anos, natural de Serrinha e mora com os pais no Bairro da Vaquejada, de ter roubado um boné.

O rapaz de branco esfaqueou o sem camisa e estão presos no mesmo local
No meio da confusão, com a participação de outros menores, F.P.S., foi esfaqueado, enquanto seu desafeto foi ferido com murros e ponta pé. A grande surpresa da polícia foi à informação que F.P.S. morava na cidade do Rio de Janeiro, na Ilha do Governador e que poderia fazer parte de um grupo de traficante. Ele nega a informação, porém afirmou que realmente morou no Rio, desde os 13 anos e retornou há dois anos para Bahia.
Para aumentar a suspeita da polícia, no celular encontrada em poder de F.P.S., foram encontrada fotos de armas de grosso calibre, bem como arrumadas em uma mesa e com farta munição. Ele negou que tenha envolvimento com o tráfico e sobre as fotos, falou que baixou na internet. Após serem atendidos no Hospital Almir Passos, foram encaminhado a Delegacia de Política.
Vendedor de amendoin transferido com faca encravada nas costas – O fato chamou atenção do médico Enéas Araújo do Hospital Regional, quando por volta das 03h35 mais um vendedor ambulante deu entrada na emergêcia vitima de facada.
Antonio dos Santos Carmo, 25 anos, morador da  Rua Ceará,  bairro  Queimadinha em Feira de Santana chegou ao HR consiente, porém a faca tipo peixeira usada por açougueiro estava encravada no toráx direito e diante da complicação a vítima foi encaminhada com urgência para Feira de Santana.
Estima-se que mais de 20 pessoas foram feridas por arma branca nos três dias de festa, e muitos casos foram se que a vítima soubesse porque estava sendo esfaqueado.
Moto roubada – O agricultor familiar Reinaldo da Silva Ferreira, 25 anos, residente no Distrito de Subaé, município de Serrinha, estacionou sua moto biz azul, p/p JOJ – 3260, licença de Serrinha, próximo ao mercado municipal ás 22h, tendo voltado ao local ás 00h e quando chegou, não mais o encontrou.
Ele disse à polícia que por volta da 23h esteve no local onde deixou e tudo estava normal. Porém, quando retornou para seguir viagem para casa, não mais estava no local. O veículo tinha sido adquirido a pouco mais de dois meses, custou R$ 2.500 e estava sendo usada para o trabalho de moto-taxi nas horas vagas da roça.
“Como é possível à gente dar um duro tão grande e vem um ladrão e acaba o nosso sonho”, lamentou Ferreira.
Tentou roubar três polícias – Antônio de Jesus Lima, 20 anos, residente na Fazenda Lagoa do Jacu, região do Distrito de Aroeira, município de Conceição do Coité, prestador de serviço na empresa Energia Brasil, como cavador de buracos para postes, tentou tomar uma pulseira do PM Luiz Antônio da Silva.
Toinho, com o é conhecido o PM, passava na praça do mercado, acompanhado dos colegas da ativa, soldado Mascarenhas e Mendes, quando foi abordado e ao perceber a ação criminosa de Antônio de Jesus, os colegas conseguiram imobilizar e prenderam o homem que foi apresentado no Posto da PM, que funcionou na Delegacia de Serviço.
Muita droga – Um experiente policial, perto de ingressar para reserva, confessou para o CN, que nunca viu uma festa com pessoas usando drogas de todos os tipos. E a situação se agravou na noite de domingo.
A suspeita do Militar foi confirmada pelo Juizado de Menores, que autuou mais de trinta casos, onde eram registradas as ocorrências e depois encaminhados ao Conselho Tutelar ou entregue aos pais.
Funcionários do Posto de Saúde móvel, montado ao lado da Delegacia de Serviço, teve o atendimento ficado basicamente nos casos de alcoolismos e pequenos casos de violência. O caso mais grave foi encaminhado aos hospitais.

Fonte: Valdemir de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas