CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 3 de maio de 2011

No twitter, paquistanês relata operação que matou Bin Laden:

Morador da cidade de Abbottabad, o paquistanês Shaib Atharlocal estranhou a movimentação de helicópteros na sua vizinhança durante a madrugada desta segunda-feira (2). Sem conseguir dormir, ele abriu sua conta no Twitter (@ReallyVirtual) e passou a relatar o que estava acontecendo.

“Há um helicóptero dando razantes nos céus de Abbottabad a 1h da manhã. Isso é um evento raro”, postou Athar, que logo acrescentou: “Escutei agora um grande estrondo que balançou as janelas… Espero que isso não seja o início de alguma coisa desagradável”.
Sem querer, o consultor de TI estava registrando, in loco, a operação do governo americano que culminou na morte do homem mais procurado do mundo, Osama bin Laden, que estava escondido em uma casa muito próxima a de Shaib.
Após a confirmação da morte do líder da rede terrorista al-Qaeda, o perfil do paquistanês recebeu uma enxurrada de seguidores, entre curiosos, jornalistas e até mesmo membros do governo Barack Obama. Shaib passou sete horas relatando a movimentação de policiais no entorno da fortaleza montada por Bin Laden na cidade paquistanesa, até que, cansado, postou: “Eu não matei Osama. Me deixem dormir”.
Enquanto ele ia para a cama, o termo #osama já alcançava o topo dos Trending Topics, a lista de assuntos mais comentados do Twitter. Além deste, os demais marcadores do site também estavam relacionados à morte de bin Laden no Paquistão.
Na manhã desta segunda-feira, o termo Osama era repetido cerca de 15.000 vezes por hora nas redes sociais, como mostra o site Tweetreach.
(Blog do Noblat)

Presidente Barack Obama assistiu ao vivo à operação que matou Bin Laden:

image Obama e sua equipe de governo acompanham a caçada a Bin
A operação dos militares americanos que terminou com a morte do líder da rede terrorista Al-Qaeda, Osama Bin Laden, foi assistida pelo presidente dos EUA, Barack Obama, e por mais membros do governo da Casa Branca, informa o canal CNN nesta segunda-feira, 2.


A ação foi transmitida para uma sala na sede do governo americano, a mais de 11 mil quilômetros de onde foi realizada.

De acordo com John Brennan, um dos principais conselheiros de segurança antiterror do presidente, Obama "assistiu ao progresso da operação em tempo real, do início ao recolhimento dos restos". "Conseguimos ter atualizações regulares para assegurar que víamos tudo como estava acontecendo", disse Brennan.

A Casa Branca e a CIA (Agência Central de Inteligência, responsável pela operação) não tiveram acesso ao áudio do que ocorria, mas foi possível acompanhar as imagens da ação em Abbottabad, no norte do Paquistão, de acordo com oficiais americanos. Mais detalhes não foram fornecidos pelas autoridades.

Segundo Brennan, a CIA estava confiante de o líder da Al-Qaeda estava em Abbottabad. Ele ainda descreveu o momento em que Obama e sua equipe assistiam à operação. "Provavelmente foi um dos períodos de maior ansiedade nas vidas das pessoas que estavam ali. Os minutos passaram como dias, e o presidente estava muito preocupado com a segurança do nosso pessoal", relatou Brennan.

Bin Laden era o homem mais procurado pelo governo americano, que oferecia uma recompensa de US$ 25 milhões por sua captura. Ele é considerado um dos responsáveis pelos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 contra o World Trade Center, que mataram mais de 3 mil pessoas. A morte do saudita foi anunciada por Obama no fim da noite do domingo (1º).

Do Interior da Bahia com Informações do Estadão.

Saiba os passos da "caçada" do exército norte-americano para fuzilar Bin Laden:

image Investigação partiu do encalço ao mensageiro de Bin Laden
Investigação partiu do encalço ao mensageiro de Bin Laden, que levou os norte-americanos ao esconderijo do terrorista, em Abbottabad no Paquistão, saiba como foi a caçada e a pista.


O nome
Segundo versão do governo americano, detentos de Guantánamo confessam um pseudônimo de quem seria o mensageiro mais próximo a Osama Bin Laden. Essa pessoa seria protegida por Khalid Sheikh Mohammed, um dos arquitetos do 11 de Setembro.


Localização
Em agosto de 2010, espiões americanos localizam o mensageiro em uma residência cerca de 56 km ao norte de Islamabad, no Paquistão. Os espiões desconfiaram que uma propriedade tão grande, com muros de 5 metros de altura, não serviria para proteger apenas um mensageiro.

Investigação
Ao longo dos oito meses seguintes, a inteligência americana analisou imagens de satélite para tentar descobrir os habitantes do local. Chegou-se à conclusão de que haveria "forte possibilidade" de que Osama Bin Laden estivesse escondido ali.

A decisão
Em 14 de março, Obama faz a primeira reunião para discutir o ataque. Outras quatro reuniões sobre o assunto seriam realizadas antes da autorização. Na sexta-feira, 29 de abril, Obama dá sinal verde para a ação - sem o conhecimento do Paquistão.

O araque
Uma pequena equipe americana invadiu o esconderijo com a ajuda de helicópteros. O tiroteio durou 40 minutos e, além de Bin Laden, outros três homens foram mortos. Bin Laden teria "resistido" e foi alvejado.

O “enterro”
Do Paquistão, o corpo de Bin Laden teria sido transportado ao Afeganistão e, em seguida, enterrado no mar.

Do Interior da Bahia com Informações do Estadão.

Coronel Castro assume comando-geral da Polícia Militar da Bahia:

Coronel Castro assume comando-geral da PM
Toma posse na próxima sexta-feira (6), às 8h30, o novo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Braga de Castro. Coordenador de Missões Especiais da PM, ele é o responsável pela área de inteligência da instituição.

Coronel Castro, 51 anos, substitui o coronel Nilton Régis Mascarenhas, que ficou no comando por dois anos e oito meses. A solenidade de transmissão de cargo acontece na Vila Policial Militar do Bonfim, na avenida Dendezeiros.
O governador Jaques Wagner decidiu pela mudança, com o objetivo de promover uma renovação nos quadros da PM. O coronel Mascarenhas conclui um ciclo na Polícia Militar, onde iniciou a carreira como soldado e chegou ao cargo máximo como comandante-geral, período em que  realizou operações importantes, dentro do Plano de Proteção ao Cidadão (2010) e do Pacto Pela Vida, com destaque para as deflagradas recentemente no Nordeste de Amaralina e no Calabar. Além disso, foi o principal articulador para implantação da primeira Base Comunitária de Segurança, em Salvador.
Além de Castro, assumem ainda os coronéis Carlos Eleutério, no subcomando da PM, no lugar do coronel Jairo Cunha, e Rivaldo Ribeiro dos Santos, como chefe da Casa Militar do Governador, em substituição ao coronel Expedito Barbosa Souza.
Breves currículos:
Coronel Alfredo Castro
Com 51 anos e casado, o coronel Castro é o atual coordenador da Coordenadoria de Missões Especiais (CME). Ele ingressou na PM em 1978 e, de lá pra cá, ocupou, dentre outras funções, o de instrutor dos cursos de Especialização em Gestão Estratégica em Segurança Pública e de Formação de Oficiais. Foi ainda comandante (por duas vezes) do 12º BPM/Camaçari  e do Batalhão de Polícia de Choque. Em 2009, fez o curso superior de Inteligência Estratégica, na Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro.
Coronel Rivaldo dos Santos
Casado e pai de um filho, coronel Rivaldo, 57 anos, ingressou na PM em 1972. Dentre outras funções desempenhadas na corporação, foi comandante do 7º Batalhão (Barbalho) e do Corpo de Alunos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, subcomandante do Esquadrão de Motocicletas e diretor da Academia de Polícia Militar. Pós-graduado em Política e Estratégia, pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, ele também tem o curso de Aperfeiçoamento de Oficiais, na Escola Superior de Polícia Militar do Rio de Janeiro.
Coronel Carlos Eleutério Filho
Nascido no Piauí, o coronel Eleutério, que tem 56 anos e foi admitido na PM em 1972, é casado e pai de dois filhos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Salvador, possui especialização em Direitos Humanos pela Fundação Escola do Ministério Público/ Faculdade 2 de Julho. Na PM, já foi comandante do Policiamento Regional da Capital – Atlântico e diretor do Departamento de Apoio Logístico.  Atualmente, é auditor chefe.

As informações são do site oficial da SSP-BA /Autor:Augecom

Mais um ônibus é assaltado no Interior da Bahia:

Assalto a ônibus já virou rotina no interior da Bahia, segundo informações do portal a voz do Jacuipe na madrugada desta terça-feira 03 de Maio mais um assalto aconteceu, desta feita um ônibus da Empresa Penha que trafegava na BR-324 no Povoado de São João em Candeal foi o alvo dos bandidos.
Segundo informação da polícia, um veículo Fiat Doblô se aproximou do ônibus e homens começaram atirar fazendo com que o motorista parasse. Cerca de 19 passageiros foram saqueados e mais 5 mil reais foi levado pelos assaltantes. Ainda segundo a polícia, seis homens fizeram parte da ação e o carro utilizado foi tomado de assalto em Feira de Santana. A polícia está montando barreiras para capturar os elementos.

As informações são do portal A voz do Jacuipe.

HOMEM É SEQUESTRADO NA ZONA RURAL DE PÉ DE SERRA:



Dois homens em uma D-10 verde, portando uma espingarda e um revolver calibre 38, na noite desta segunda-feira (02/05) por volta das 19:00h, seqüestraram Gilvan dos Santos de Jesus, quando ele estava em um Bar na Fazenda Caldeirão Grande, zona rural de Pé de Serra.


Segundo informações os elementos chegaram ao local e já foram em direção Gilvan, começaram a espancá-lo e o colocaram dentro da caminhonete D-10, cuja placa não foi anotada.


O caso foi denunciado à polícia, mas, até agora, não há informações sobre o paradeiro da vítima. Ninguém entrou em contato com os parentes de Gilvan, suspeita-se que tenha sido um acerto de contas. Informações da Policia Militar.
Fonte: Voz do Jacuipe