CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Ichu: Repórter André Luiz presente também no Rádio:

Visando divulgar cada vez mais os fatos que acontecem em Ichu de forma imparcial e com respeito a todos, o Repórter André Luiz informa que participa todos os dias de vários programas em emissoras de rádio da região.
   Seja no Blog ou na rádio cerca de 99% das notícias divulgadas são do município de Ichu, pois procuramos valorizar você ichuense que reside nessa terra e principalmente aqueles que moram em outros municípios e querem saber o que acontece na sua terra natal.
   Você pode acompanhar as notícias de Ichu no rádio com o Repórter André Luiz. Confira as emissoras e os horários:
   Programa Jornal da Sisal - Rádio Sisal - 07:00 h  - Apresentação: Genivaldo Silva e Juciely Moreira
   Programa Jornal da Manhã - Rádio Jacuipe - 08:00 h - Apresentação: Gilberto Oliveira
   Programa Chumbo Grosso - Rádio Sisal - 11:45 - Apresentação: Valter Silva e Píter Junior
   Programas Ferraz e o Povo e Tribuna Popular - Rádio Jacuipe - 06:00 da manhã e às 13:00 h
   Programa Max Sisal Esporte e Notícias - Rádio Sisal - 12:30 - Apresentação Nilton Feliz
   Programa Independente Revista - Rádio Independente- Todo Sábado - 10:00 da manhã
Blog de andreluizichu :REPÓRTER ANDRÉ LUIZ - ICHU - BAHIA - (75) 8122-4970 - DEUS É FIEL - EMAIL: andreluizichu@hotmail.com, Ichu: Repórter André Luiz presente também no Rádio
É importante ressaltar que enviamos matérias para diversos sites e blogs da Bahia. Com a Agência Calila, responsável pelo Calila Notícias temos uma relação de aproximadamente 13 anos, desde o tempo do Jornal das 08:00, sendo atualmente um dos mais antigos correspondente da empresa.
  REPÓRTER ANDRÉ LUIZ - É ICHU SEMPRE EM EVIDÊNCIA!     Blog André Luiz

REFLEXÃO - Desfile de 7 de setembro:

Como era bom poder ver - a família reunir-se na cidade, num ambiente cívico e familiar para assistir os desfile de 7 de setembro, chamávamos de “Parada de 7 de Setembro” -  nas cidades, sejam elas de pequeno ou grande porte.


Como era bom poder ver - apesar do forte sol ou da chuva, nas calçadas muitas crianças, famílias completas, senhoras e mulheres grávidas. Como não podia deixar de ser, o patriotismo estava presente e o romance também estava no ar.

Meus pais levavam a turma toda, os menores e os maiores. Não íamos todo ano, mas íamos bastante. Eu e a molecada gostávamos muito de ver as escolas desfilando, os cavalos todos paramentados, as bicicletas enfeitadas e nós com a bandeirinha nacional nas mãos comemorando a independência do nosso país Brasil.
Como era bom poder ver - pessoas mais patrióticas ainda, vestidas com as cores da pátria. Envolto na bandeira brasileira ou com a camisa da seleção. O momento realmente é de comemoração, um momento cívico, de criar amor pela pátria, cidadania, apesar dos problemas do país. Ir às ruas faz parte do caráter do cidadão.
Como era bom poder ver - as pessoas irem ao desfile pela primeira, levar o marido ou a esposa, filhos, sobrinhos e até bebê de colo. No fim poder ver a declaração de que participar foi muito bom, foi maravilhoso, que as crianças gostaram muito e que vai voltar outras vezes.

Como era bom poder ver - as homenagens feitas aos estados da federação, com desfile de bandeiras.
Como era bom poder ver -  casais dando uns "amassos" nas praças, nos bancos e nos jardins, sem perder a atenção para o desfile. Entre uma olhada e outra, trocam beijos e carícias.
 Porque se deixou perder esse tempo, esse espírito patriótico, esse momento que também é da família?
É preciso resgatar o desfile da "Parada de 7 de Setembro", nossas crianças precisam valorizar nossos símbolos nacionais, levantar quando o Pavilhão Nacional é hasteado. Por a mão no coração enquanto ouve o Hino Nacional e não precisa dizer que saber cantar deveria ser uma obrigação.
Junto com a Secretaria de Educação e Cultura, o município de Candeal deveria repensar no resgate dessa tradição e da cidadania.
 Por Josman/Candeal em foco

Riachão do Jacuípe – Mateus Martins é o pré-candidato do PT:

Em reunião interna domingo, (04/08) no Sítio Nova Esperança, o PT de Riachão do Jacuípe, decidiu, com unanimidade, pelo nome do jovem Mateus Martins-PT para pré-candidato pelo partido.
Os petistas discutiram apenas sobre duas possibilidades de pré-candidaturas para a prefeitura de Riachão do Jacuípe. Entre os quase 40 filiados presentes, apenas os nomes de Raimundo da Caixa- PT e de Mateus Martins foram cogitados.
O encontro reuniu, além de petistas do município, o deputado federal Rui Costa-PT e  Julita, assessora da deputada estadual Neuza Cadore- PT. Na reunião, nenhum militante expressou qualquer objeção sobre o nome de Mateus, aliás, muitos que esperavam um embate entre os dois nomes, saíram do local surpresos com a aceitação em torno do nome de Mateus dentro do partido.
Josemar Carneiro, atualmente sem partido, mas, conhecido por candidatar-se em dois pleitos a vice prefeito, abriu o evento com um discurso animador a cerca de uma nova proposta para Riachão, segundo ele, é preciso uma terceira via nas eleições, e essa tem que ser representada pelo PT.
No momento em que anunciou sua desistência à pré-candidatura, Raimundo da Caixa, expressou a angústia que vinha tendo por conta de alguns comentários a seu respeito. Segundo fontes, presentes na reunião, Raimundo afirmou que muitos estavam lhe chamando de centralizador e fissurado pelo poder, e isso, também, o fez abrir para Mateus, provando o contrário do que estavam falando.

Segundo o neo-petista Raimundo Carlos, mais conhecido como Peninha, a reação de Raimundo da Caixa foi surpreendente: “não esperávamos aquela atitude, ele abriu para Mateus e admitiu que Mateus é mais jovem e está com todo  gás para  a disputa, o que achamos o correto da parte dele, pois o seu nome havia estacionado de acordo com as últimas pesquisas, o contrário de Mateus, que vem despontando como um nome promissor, opinou Peninha.

Possíveis coligações
Segundo informações do pré-candidato Mateus Martins, que também disse estar surpreso com a desistência de Raimundo, as expectativas para a sua pré-candidatura e possível candidatura será de total diálogo e de possíveis apoios a nomes que estiverem com maior possibilidade de vitória.
“Vamos construir uma candidatura renovada, dialogada e que possa agregar novos nomes, iremos construir uma frente para Riachão, e essa frente não é do PT, nem do DEM, nem do PCdoB, essa frente é a frente de Riachão”, disse.
Mateus relatou ainda que o PT já vem fazendo esse diálogo, e que, recentemente, conversou com dois possíveis candidatos e outros políticos da oposição, a exemplo de  Carlos Matos- DEM, Catarino da Loja- DEM, Fernando de Dudu, Gleide Márcia- PCdoB e Tânia Matos-PDT.
Ainda de acordo com o pré-candidato do PT, a conversa com Gleide, ex PCdoB, não tem avançado muito, já com a líder Tânia é diferente, a mesma tem demonstrado interesse em dialogar com o Partido dos Trabalhadores.
Dentre muitos nomes que o PT vem dialogando, Mateus só não citou nenhum diálogo com o grupo do atual prefeito, Lauro Falcão-PMDB.

Militantes do PT discordam de alianças com outras lideranças políticas em Riachão
Embora o próprio Rui Costa, Mateus Martins e outros petistas concordem e sigam as orientações do Governo, que é o de dialogar e construir frentes para fazer o máximo de prefeitos em todo o estado, existe os petistas mais conservadores e contrários a essa prática do partido, que já é comum em todo país.
Militantes mais antigos do PT em Riachão como; Raimundo da Caixa e José Avelange, por exemplo, têm objeções em uma possível união. Por exemplo, o não encabeçamento do PT em chapas com nomes como o de Tânia Matos. Segundo Avelange, o PT não deve fazer alianças com figuras que o Partido combateu no passado, para eles, é preciso manter um nome da própria agremiação.
“ Eu e Raimundo estamos abertos ao diálogo, contudo, não concordamos que o PT abra mão de ser a cabeça da chapa”, esclareceu o ex-vereador.
Ao contrário deles, Mateus, em declaração para o CN, afirmou: “Se Tânia estiver bem, vamos unir”, enfatizando mais adiante que em política não se impõe nada, deixando claro que ela pode ser a cabeça da chapa e que: “ não podemos passar por cima da conjuntura, seria irracional querer impor”, defendeu.
Apesar do posicionamento de ambos petistas, historicamente, nas retas finais dos pleitos em Riachão, o PT, desfez suas chapas apoiando outras. Foi assim, nas eleições de 2004 quando apoiou o então prefeito Lauro Falcão para derrotar o ex-prefeito e já falecido, Valfredo Matos.

Pré-candidatos a vereadores
De acordo com especulações no encontro de ontem a tarde, são possíveis alguns nomes para o exercício do legislativo municipal, os petistas Raimundo Carlos (Peninha) Joarez do Conselho Tutelar e o próprio Raimundo da Caixa.
Para Rui Costa é preciso fazer mais vereadores do PT, Costa disse que vai tentar trazer de volta o vereador e candidato a reeleição Ninho Moto Boy-PRB. Rui ainda lembrou que o PT de forma geral precisa trabalhar a chapa para que as pessoas acreditem, mostrando que o PT em Riachão tem força para atrair votos e credibilidade dos outros grupos e da população em geral.

Por Laura Ferreira/ fotos Eliete Cordeiro

SÃO GONÇALO DOS CAMPOS - Estudante mata colega com golpe de estilete após briga na escola:

A jovem tinha 17 anos e foi gravemente ferida pela colega de turma na praça da Bandeira, centro da cidade de São Gonçalo dos Campos.

Já está no Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana (DPT), o corpo de Suele de Oliveira Cerqueira de 17 anos, que foi assassinada com um golpe de estilete no pescoço, na tarde desta segunda-feira (5), na praça da Bandeira, centro da cidade de São Gonçalo dos Campos.

Segundo a polícia, a colega de turma dela, identificada como Ana Cláudia da Conceição Santos, 19 anos, é acusada do crime e está foragida.

Em entrevista ao ACORDA CIDADE, Izaltina Santos de Oliveira, tia da Suele, informou que a acusada agrediu a sobrinha dela por causa de uma dívida de R$ 2,00, oriundo da venda de uma calcinha.

A discussão teria iniciado no interior da Escola Municipal Antônio Carlos Pedreira. "As duas eram amigas e eu não sei que motivo maior levou Ana Cláudia a fazer isso", disse.

A outra tia, Aurelina Santos, contou outra versão do fato. Ela acredita que o crime teria sido motivado por boatos envolvendo as duas jovens.

O golpe de estilete atingiu a carótida acarretando em uma grande perda de sangue. Suele teve duas paradas cardíacas após ser socorrida para o Hospital Municipal de São Gonçalo dos Campos e não resistiu.

A vítima morava na rua Rosa Amarela, no conjunto José Sarney, na mesma cidade e tinha uma filha.

Veja outras imagens:









Fonte e fotos: Acorda Cidade/Aldo Matos