CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 28 de maio de 2011

Bahia enfrenta o Flamengo em busca do primeiro triunfo na Série A:


Jobson é a principal arma do Bahia para a partida

Após a derrota na estreia, o Bahia conta com o apoio da sua torcida neste domingo, 29, para buscar a primeira vitória na Série A do Campeonato Brasileiro. O adversário é o Flamengo, às 16h, pela segunda rodada da competição.
Isso porque os mais de 32 mil ingressos para a partida já foram vendidos. E para não decepcionar seu torcedor, o Esquadrão treinou forte durante a semana.
"Fizemos uma boa semana de treinos. Estamos muito confiantes em fazer uma grande partida. A torcida vai ser fundamental para conquistarmos uma vitória", comentou o zagueiro Titi, capitão da equipe.
Em relação ao time da primeira partida, René Simões realizou duas modificações. Por força contratual, Marcelo Lomba e Camacho estão fora da partida, já que são atletas do Flamengo. Com isso, Omar retorna ao gol e Hélder entra no meio de campo.
O atacante Gabriel venceu a disputa com Marcos e permanece como titular na lateral direita. O jovem atleta terá a missão de marcar o craque Ronaldinho Gaúcho, que aparece constantemente no lado esquerdo de ataque do Rubro-negro.
Time de estrelas – O adversário do Bahia é uma das equipes mais perigosas da Série A. Além de Ronaldinho, o Flamengo conta com o meia-atacante Thiago Neves, convocado por Mano Menezes para os próximos amistosos da Seleção Brasileira.
Após vencer o Avaí por 4 a 0 na primeira rodada, o time do experiente treinador Vanderlei Luxemburgo quer manter a liderança da competição. Para isso, contará ainda com o retorno de Willians.
Isso porque o volante – que estava afastado do grupo por agressão ao companheiro de time Negueba – pediu desculpas pelo erro e foi liberado por Luxemburgo para o jogo.
Bahia x Flamengo – 2ª  rodada da Série A 2011
Local: Pituaçu, em Salvador (BA).
Data: 29/05/2011.
Horário: 16h.
Bahia: Omar; Gabriel, Thiego, Titi e Ávine; Fahel, Marcone, Hélder e Lulinha; Jobson e Souza. Técnico: René Simões.
Flamengo: Felipe; Galhardo, Welinton, David Braz e Egídio; Willians, Renato, Bottinelli e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Árbitro: Cleber Welington Abade (SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP).

As informações são de A tarde

Contra o Icasa, Vitória sofre primeira derrota na Série B:


Após boa largada na Serie B, o Vitória sofreu sua primeira derrota neste sábado, 28, na segunda rodada da competição. Isso porque o Leão perdeu por 3 a 1 para o Icasa, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, no Ceará.

O meia Ribinha foi o nome do jogo Na primeira etapa, o jogador marcou dois belos gols de fora da área. No segundo tempo, o Rubro-negro melhorou e descontou com Geovanni, mas Ribinha cruzou da direita e contou com um desvio de Reniê para sacramentar o triunfo do Verdão do Cariri.

Agora, o Vitória - que tem três pontos - volta a jogar na próxima sexta-feira, 3, quando busca a reabilitação na Série B diante do Guarani, às 21h, no Barradão. Já o Icasa jogará no próximo sábado, 4, contra a Ponte Preta, na cidade de Campinas.


O jogo – O Vitória teve maior posse de bola desde o início da partida. Porém, o Leão não contava com a boa pontaria de Ribinha, que aproveitou falha na defesa advesária para chutar de fora da área e abrir o placar, aos seis minutos do primeiro tempo.
Para chegar ao empate, o Leão usou a bola parada. Aos 10, Geovanni cobrou falta na cabeça de Maurício, mas o zagueiro cabeceou à esquerda do gol de Pitol. Três minutos depois, o Vitória quase marcou. Geovanni cobrou escanteio na área e a bola bateu na trave duas vezes após cabeçadas de Léo Fortunato e Neto Baiano.
Mas Ribinha apareceu em mais uma oportunidade para atrapalhar o time de Geninho. Aos 38, o atleta arriscou chute de longa distância e acertou o ângulo esquerdo de Douglas. Um golaço do camisa 10 do Verdão do Cariri.


Vitória volta melhor, mas não evita derrota – Para ganhar mais criatividade no meio-campo, o técnico Geninho tirou o zagueiro Maurício e colocou o meia Jerson.
A substituição deu certo, e o Leão diminuiu no primeiro minuto da segunda etapa. Após cruzamento de Nino, Neto Baiano chutou na defesa. Na sobra, Geovanni mandou para as redes.
Após o gol, o Rubro-negro era só ataque em busca do empate. Aos 11, Geovanni cruzou na área e Neto Baiano mergulhou de cabeça. A bola passou perto, mas foi para fora.
Com a pressão do Vitória, Dado Cavalcanti colocou Diego Palhinha no lugar de Fábio Lopes para povoar o setor de meio-campo. Após a mudança, o Icasa melhorou na partida, mas o Leão conseguiu chegar com perigo aos 32. Em cobrança de falta, Geovanni mandou no canto esquerdo de Pitol, que fez bela defesa.
O Rubro-negro ainda tentou com cruzamentos na área, mas foi o Icasa que ampliou o placar. Aos 37, Ribinha arrancou pela direita e cruzou na área. O zagueiro Reniê tentou afastar o perigo e marcou contra.
Aos 41, Suelson Medeiros marcou pênalti em Rildo. No lance, o jogador foi empurrado por Pitol quando já estava fora de campo. Com isso, o árbitro voltou atrás e anulou a marcação. Os jogadores do Vitória ficaram irritados com a atitude da arbitragem, mas a reclamação não adiantou e o jogo terminou mesmo 3 a 1 para o Icasa.
Icasa 3 x 1 Vitória – 2ª rodada da Série B 2011
Local: Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).
Árbitro: Suelson França Medeiros (RN).
Assistentes: José da Silva Sobrinho (RN) e Flávio Gomes Barroca (RN).
Gols: Ribinha (aos seis e aos 38 do 1º tempo) e Reniê (contra, aos 37 da 2ª etapa) para o Icasa. Geovanni (1 minuto da 2ª etapa) para o Vitória.
Cartões amarelos: Vinícius, Ramon e Marcelo Pitol (Icasa); Xuxa (Vitória).
Icasa: Marcelo Pitol; Everaldo, Diogo e Ramon; Cafu, Vinícius, Eliélton, Ribinha (Marino) e Janilson; Fábio Lopes (Diego Palhinha) e Marciano (Almir). Técnico: Dado Cavalcanti.
Vitória: Douglas; Reniê, Léo Fortunato e Maurício (Jerson); Nino Paraíba, Uelliton, Geovanni, Xuxa (Marcelo) e Léo; Rildo e Neto Baiano. Técnico: Geninho.

As informações são de A tarde

Aposentada é encontrada morta dentro de casa em Capim Grosso:

Uma mulher de 64 anos foi encontrada na manhã desta sexta-feira, 27, sem vida, dentro de casa, na Rua Teodoro de Ferreira, no bairro Sacramento, em Capim Grosso, a 138 km de Serrinha, depois de já não ser vista desde a noite do dia anterior.

Alertados pelos vizinhos, os policiais militares e civis forçaram a entrada na casa da mulher e encontraram o corpo de Raimunda Francisca de Oliveira em cima de uma cama em um dos quartos da casa, por volta das 10h00m.

A aposentada vivia sozinha e, segundo informações de vizinhos mais próximos, horas antes de desaparecer ela estava reclamando de fortes dores no estômago. O corpo não apresentava qualquer indício de violência. As causas da morte continuam sendo apuradas.

A aposentada foi encontrada morta em cima da cama onde dormia

Por Cleriston Silva/Foto: FR Noticias

Tucano: Homem morre após ser atropelado por carreta na BR 116:

Um trabalhador rural foi atropelado no início da manhã desta sexta-feira (27), por volta das 7h20m, na BR 116/Norte, município de Tucano, próximo ao povoado do Cajueiro, distante 83 quilômetros de Serrinha.

A vítima, identificada como Faustino Jesus dos Santos, 67 anos, morreu na hora. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no momento do acidente o homem estava montado em um jegue às margens da rodovia quando o animal se assustou, atravessou a pista e foi colhido pela carreta bi trem, placa NFJ-6517 de Rio Verde-GO.

O motorista do veículo, Gleidson Henrique Mateus da Silva, 29 anos, parou para prestar socorro, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. Ele foi ouvido pela delegada Isabel Cristina, titular da DP de Tucano e liberado. "Eu ainda tentei parar, buzinei, mas o animal continuou na pista. Joguei a carreta no canteiro, mas não tive tempo", explicou.

O acidente aconteceu a cerca de 300 metros do local onde Faustino morava. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML - de Euclides da Cunha.

Veja outras imagens

O acidente aconteceu na região do Cajueiro, na BR-116 em TucanoO animal atravessou a pista e foi colhido pela carreta bi trem de Rio Verde-GOO animal também morreu

Por Cleriston Silva/Foto: tucanobr.com

Icasa X Vitória no Romeirão neste sábado pela segundona:


Vitória joga com três zagueiros contra o Icasa, no 
sábado  (Foto: Agência Estado)

Na sua estreia o verdão do Cariri perdeu pelo discreto placar 1X0 para o Sport, já o Vitória conseguiu o Trinfo diante do Vila nova pelo mesmo placar. 
Rumo à tão sonhada vaga na elite do Campeonato Brasileiro, Vitória e Icasa duelam neste sábado, às 16h20, no estádio Romeirão, no Ceará. Visitante, o Leão entra em campo um pouco mais motivado. Em seu último confronto na Segundona, venceu o Vila Nova pelo discreto placar de 1 a 0. Já o Verdão do Cariri não fez uma boa estreia: perdeu pelo mesmo resultado diante do Sport. 
Com a saída de Elkeson para o Botafogo, Rildo terá a chance de mostrar o bom futebol do primeiro semestre. O técnico Geninho vai colar o atacante ao lado de Neto Baiano, no sábado. Há pouco tempo, o jogador amargurava o banco de reservas. Bastaram algumas oportunidades para Rildo mostrar sua importância para o sucesso do grupo. Na primeira rodada da Série B, contra o Vila Nova, o atacante mostrou que merece um lugar ao sol. Quando o jogo caminhava para o empate sem gols, ele entrou, aumentou o poder ofensivo do time e agradou Geninho: deu o passe para Neto Baiano marcar.
Mais uma vez, o Leão não vai contar com o zagueiro Alison. O pai do jogador, que estava internado em um hospital no Rio Grande do Norte, faleceu na última terça-feira. Em seu lugar, permanece Reniê, que forma o trio de zaga com o recém-chegado Maurício e Léo Fortunato.
Geninho vai poder contar também com o meio-campo Xuxa, que, assim como Maurício, teve a documentação regularizada nesta semana. Assim, neste sábado, o Vitória joga com: Douglas; Maurício, Reniê e Léo Fortunato; Nino Paraíba, Uelliton, Xuxa, Geovanni e Léo; Rildo e Neto Baiano.
Verdão do Cariri contra-ataca
A principal arma do Icasa será o atacante Marciano, que marcou 13 gols no Campeonato Cearense. Jogar em casa também é uma bela vantagem para o time de Juazeiro do Norte. A última derrota do Verdão do Cariri no Romeirão foi em 24 de março, quando perdeu para o Guarani-CE por 4 a 0, pelo torneio estudual.
Para o duelo deste sábado, o técnico Dado Cavalcanti optou por  Fábio Lopes no ataque, no lugar de Ribinha, que vai jogar como meia. Com uma característica mais ofensiva, Lopes fez cinco gols pelo estadual e está mais entrosado com o artilheiro do time, Marciano. 
Na última segunda-feira, o clube anunciou os meias Vinícius Ramos, do Corinthians, além de Diego Palhinha, ex-Horizonte-CE. Palhinha foi regularizado na sexta e pode ficar no banco, na partida deste sábado.
O Icasa deve jogar com: Marcelo Pitol; Diogo, Everaldo e Rômulo;  Cafu, Vinícius, Ribinha, Eliélton e Janilson;  Fábio Lopes e Marciano.
Fonte: bloboesporte.com

Era Geninho começa com um Vitória de cara nova:


Neto Baiano atacante do Vitória (Foto: Reprodução)

Time do estadual já estava na memória do torcedor, já a equipe que enfrenta o Icasa marca um momento de reformulação.


Há pouco mais de um mês, o torcedor do Vitória tinha na ponta da língua a escalação do time. Não havia rubro-negro que não soubesse que Viáfara, Nino, Leo Fortunato, Alison e Eduardo; Uelliton, Esdras e Mineiro; Nikão, Elkeson e Geovanni, formavam o esquadrão do Delegado Antônio Lopes. Porém, retome a pergunta na véspera da partida contra o Icasa, pela segunda rodada da Série B.

As caras novas apontam que o desmanche foi feito. O Delegado já não manda por aqui. Líder da equipe e ídolo da torcida, o goleiro Viáfara já não é visto nos arredores da Toca do Leão. Outros dois titulares absolutos do time, Elkeson e Nikão, pegaram a ponte aérea para a Série A e agora defendem Botafogo e Bahia, respectivamente.
No entanto, o bombeiro Geninho já tratou de colocar panos quentes na situação. Os reforços chegaram e já vão para o jogo. O zagueiro Maurício e o meio-campo Xuxa estão escalados. Os outros recém-chegados, Fernando e Jérson, estão à disposição, enquanto Zé Luis e Fernandinho seguem em recondicionamento físico.
Além dos novatos, o time tem novidades caseiras, que deixaram o banco de reservas e assumiram o papel principal. O goleiro Douglas é um deles. Apesar da chegada de um goleiro entre os reforços, o jogador que está na Toca desde o começo do ano está mantido. Reniê é outro que vai para jogo, porém, deve perder a posição em breve, já que o titular e capitão Alison está no Rio Grande do Norte, devido ao falecimento do pai.
Na lateral esquerda, a novidade é Leo. Ele será improvisado na vaga do machucado Eduardo Neto. Vaga que, em breve, deve ser ocupada por Fernandinho. Esdras e Mineiro, machucados, são dois dos titulares absolutos na Era Lopes que também não começam a Era Geninho. No ataque, Rildo e Neto Baiano, reservas no estadual, formam a dupla de frente. Além disso, é bom lembrar que o esquema tático também mudou. Em vez do 4-3-3 de Lopes, agora é hora do 3-5-2. O torcedor espera que a reformulação seja suficiente para fazer o Vitória retornar à Série A.
Fonte: globoesporte.com