CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Feira de Santana mobilizada contra a corrupção:

Ney Silva
O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), em Feira de Santana, Osvaldo Torres Neto disse que essa mobilização apesar de nascer pequena tende a crescer por ser um movimento espontâneo.

O combate a corrupção com a punição de políticos e pessoas que praticam esse tipo de crime. Essa foi a finalidade principal da marcha realizada na manhã desta terça-feira (15), com a participação de dirigentes de entidades de classe da cidade. A concentração ocorreu por volta das 9h na Praça de Alimentação, centro comercial de Feira de Santana. 

A mobilização foi organizada pela Maçonaria, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Rotary, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Centro das Indústrias. O evento não contou com um número expressivo de pessoas na caminhada, mas era notável a satisfação dos participantes em chamar a atenção da comunidade para os atos de corrupção e o enfrentamento do problema que é muito grave e traz consequências para o Brasil.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial, Armando Sampaio, informou que essa mobilização mostra que as instituições e a comunidade estão insatisfeitas com os atos de corrupção. “Isso aqui é uma semente. É uma primeira mobilização", disse.  Ele lembra que não é possível atribuir a corrupção apenas a classe política. Na opinião do empresário existem duas pontas dessa história: O corrupto e o corruptor. “O político é mais assediado porque facilmente conta com verbas públicas para atender os subornadores. Nós precisamos acabar com isso", afirma Armando. Além da ação corrupta de políticos, ele cita como exemplos de atos de corrupção, o suborno a um guarda de trânsito e a alguém que está numa fila.

O servidor municipal aposentado Valdir Vieira Costa destaca ser importante esse tipo de manifestação, mas defende que é necessário fazer uma campanha para eliminar a imunidade parlamentar de deputados, senadores e governadores. Ele acredita que dessa forma o cidadão também ficará receoso em praticar um ato de corrupção.  

Vestida com uma blusa simbolizando a bandeira do Brasil, a comerciária Janaína Sousa Santos estava bastante entusiasmada com a manifestação contra a corrupção. “Esse movimento nasce pequeno, mas depois vai crescer e melhorar muito", ressalta. Ela disse ainda que o país é forte e rico e não é possível mais continuar com tantos corruptos. 

 Presidente do Conselho dos Veneráveis, que reúne as 11 lojas maçônicas de Feira de Santana, Marcos Antonio de São Pedro, que é também venerável mestre da loja maçônica 16 de junho, informou que a iniciativa da manifestação na data de 15 de novembro quando se comemora a Proclamação da República, tem por objetivo chamar a atenção do povo brasileiro para parar com a corrupção no Brasil. Ele ressalta que os atos de corrupção trás prejuízos incalculáveis para a nação. “Você vê a fraqueza na educação, saúde, segurança e infraestrutura do Brasil por causa disso”, Afirma Marcos. 

O presidente da OAB em Feira de Santana, Osvaldo Torres Neto, disse que essa mobilização apesar de nascer pequena tende a crescer por ser um movimento espontâneo. “Esse sentimento contrário a corrupção é verdadeiro, sólido e forte", afirma.  O advogado ressalta que a população brasileira não suporta mais a palavra corrupção, mas reconhece que infelizmente não se criou mecanismos para que se possa frear esses atos de corruptos de forma mais ágil e severa.  Depois de percorrem a Avenida Getúlio Vargas, os manifestantes voltaram a se concentrar na Praça de Alimentação. A proposta é que outras manifestações desse tipo voltem a ser organizadas. 

Fotos: Ney Silva / Fonte: Acorda Cidade 

IBOTIRAMA - Criança de dois anos é baleada e homem é morto dentro de bar em Ibotirama:

Pai da criança também foi atingido na cabeça e nas costas, segundo a delegacia local

Uma discussão terminou com o pai e o filho de dois anos baleados e um homem morto em Ibotirama, a 650 km de Salvador.
Erivelton Alves Rodrigues e José Carlos Moreira de Souza encontraram-se no bar Estrela da Terra, no bairro São Francisco, e iniciaram a discussão na noite do último domingo (13). Durante a briga, o primeiro sacou uma arma calibre 32 e atirou contra José, que estava com o filho no colo.

José foi atingido na cabeça e nas costas e R.L.B., de 2 anos, foi baleado de raspão no braço. Segundo informações da delegacia local, Antonio Moreira de Souza, irmão de José, entrou em luta corporal com Erivelton, tomou-lhe a arma e disparou um tiro contra o peito dele. Erivelton morreu no local. 

José e o filho foram socorridos ao Hospital Regional de Ibotirama, onde foram medicados e receberam alta no mesmo dia. Antonio foi preso em flagrante. 

Ainda de acordo com a delegacia, a atual mulher de José e mãe da criança é ex-namorada de Erivelton, o que teria motivado a discussão.
As informações são do Correio

Ex-vereador que morreu durante pouso tinha medo de viajar de avião:


Assustado com a dificuldade da aterrissagem, Agnaldo teria se jogado da aeronave antes da conclusão

O ex-vereador do município de Condeúba, no sudoeste da Bahia, que morreu depois de pular de um avião monomotor, tinha medo de viajar de avião, segundo informações dos irmãos da vítima. 

Agnaldo José Pereira, 44 anos, viajava em companhia de um primo e de um irmão, que pilotava a aeronave, quando o avião fez um pouso forçado por volta das 21h desta segunda-feira (14). 
O avião modelo PR ZCM-RV 10 apresentou uma pane no momento do pouso em uma pista particular, que fica em uma fazenda do ex-vereador. Segundo a 80ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Cândido Sales), assustado com a dificuldade da aterrissagem, Agnaldo teria se jogado da aeronave antes da conclusão do procedimento de pouso e foi atingido por uma das hélices do monomotor. Ele morreu na hora. 
Os outros dois familiares da vítima não sofreram ferimentos durante o pouso. Eles ficaram em choque com a morte do ex-vereador. A aeronave sofreu pequenos danos. Agnaldo era membro da ONG Voluntários do Sertão, que prestava assistência a famílias no interior baiano. 
O corpo dele foi velado na Câmara Municipal de Condeúba e sepultado no início da noite desta terça-feira (15) no distrito de Alegre, na zona rural da cidade. 
Segundo informações da delegacia local, a aeronave passará por avaliação técnica de investigadores da Aeronáutica, que devem chegar ao município ainda nesta terça-feira. O caso também será investigado pela Polícia Civil. As informações são do Correio.

FSA - Agente de trânsito é atropelado durante passeata contra a corrupção em Feira de Santana:

Um agente de trânsito foi atropelado na manhã desta terça-feira (15) durante “Passeata contra a corrupção” em Feira de Santana no interior da Bahia. O agente da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) José Carlos foi vítima de atropelamento enquanto fazia o ordenamento do trânsito na passeata.


A moto em que estava José Carlos foi atropelada por um veículo Siena de placa JSL 7674 com licença de Feira de Santana. O motociclista foi atendido por uma ambulância do SAMU, reclamava de dores, mas não teve ferimentos graves. O documento encontrado no veículo estava em nome de Erivaldo Falcão de Brito Neto.

O motorista contou que acompanhava a passeata quando a moto do agente atravessou de repente na frente do veículo e o mesmo, como falava com alguém ao lado, acabou tombando no veículo. Segundo agentes do SMT, o veículo foi encaminhado para o pátio do SMT e o condutor foi levado a 2ª delegacia para interrogatório.

Portal Bk2/Extraído do blog Central de Polícia

SALVADOR - Por onde anda? O herói tratorista que se recusou a demolir casas e emocionou o Brasil:

Amilton dos Santos ficou conhecido, em 2003, pela atitude heroica

Para a maioria dos brasileiros, a manhã de dois de maio de 2003 poderia ser somente uma daquelas datas do calendário renegadas ao esquecimento. Nenhum grande feito histórico, nenhuma decisão de Estado considerável, nenhuma morte de uma personalidade importante. Aquele dia, entretanto, ficaria marcado pela simplicidade e pela força estrondosa dos pequenos gestos e pela rebeldia singela dos heróis anônimos do cotidiano.

Um baiano de 53 anos, pai de família, sem muita formação escolar, de conversa simples e afável nos tratos, enfrentou a ordem dos patrões, desafiou a decisão da justiça e seguiu aquilo que acreditava ser o mais importante entre os seres humanos - a solidariedade. Amilton Santos, no comando de um trator, foi contra tudo e todos e se tornou um herói e exemplo para os brasileiros. 

Obrigado a demolir duas casas que abrigavam quinze pessoas no bairro da Palestina, ele desceu do trator, chorou, foi ameaçado e pressionado a cumprir uma determinação judicial. Acuado, tentou mais uma vez, mas não conseguiu passar por cima da própria crença e dos seus sentimentos.

A historia do operador de máquinas Amilton, hoje com 61 anos, ganhou repercussão em diversos meios de comunicação e emocionou o Brasil. Despertou a curiosidade, foi tema de entrevistas, de debates sobre as ordens judiciais, inspirou autores de novela e trouxe de volta a sensação de que o mundo ainda tem muito espaço para a honestidade, fraternidade e para a compaixão. "Foi um dia que mudou tudo para mim e eu faria exatamente tudo de novo. Eu tenho casa, tenho família, e com que direito eu poderia chegar e passar o trator por cima da casa dos outros deixando todo mundo sem ter onde dormir? Sem ter um abrigo? Esse tipo de serviço nunca fiz e não me chamem. Primeiro de tudo, o coração e o bem das pessoas", relembrou o tratorista. 

Oito anos depois do episódio, Amilton continua trabalhando na mesma empresa, fazendo serviços de terraplanagem. Em uma dessas ironias do destino, a atividade principal dele, desenvolvida durante às 8h diárias de trabalho, é preparar o terreno para a construção das obras do projeto "Minha Casa, Minha Vida". "A casa da gente é o lugar onde você descansa, se alimenta, vive com sua mulher, com seus filhos, com seus parentes. Ficar sem isso é a mesma coisa que tirarem um pouco de sua vida ou não é?", pergunta.

O herói tratorista que mora no bairro da Fazenda Grande do Retiro com a mulher e dois filhos, diz que é ainda é lembrado e admirado pelo feito que marcou a sua vida e a vida dos moradores da Palestina. No ano de 2004, foi candidato a vereador, mas perdeu a vaga. A rápida passagem pela política não deixou nada de tão memorável: "É uma coisa que não me meto mais. Para o futuro, eu só quero saber de saúde, de viver bem mesmo e de trabalhar". O tempo que sobra também é dedicado aos dez filhos que tem. Embora a maioria já possua mais de 18 anos, o operário faz questão de estar por perto, conversando, acompanhando e, quando possível, ajudando: "Eles tem uma grande admiração por mim, acham que sou o herói deles, que tenho o coração bom", explica.

As lembranças do dia

Apesar de não ter nenhum material de jornal, nenhum vídeo ou algum documento que relate com precisão os fatos daquele dia, Amilton lembra de praticamente toda a sequência com detalhes. Ele conta que havia tido um sonho ruim e estava um pouco confuso antes de sair para a empresa. Logo que chegou ao trabalho, o operário recebeu do patrão a ordem de derrubar casas velhas e vazias que estariam prestes a desabar.

No local, já se encontravam os dois oficiais de justiça designados pelo Fórum de Salvador para cumprir o mandado de demolição das casas de Telma Sueli dos Santos Sena  e de Ana Célia Gomes Conceição e para garantir a reintegração de posse do terreno. Para garantir a tranquilidade da operação, seis viaturas da 31ª. Companhia da Polícia Militar e cerca de 20 soldados armados com revólveres, escopetas e fuzis, comandados pelo Major Castro, acompanhavam os trâmites para assegurar a execução da ordem emitida pelo juiz Cláudio Fernandes de Oliveira, na época titular da 12ª. Vara de Feitos Cíveis.

A chegada dele ao local, com a retroescavadeira, iniciou os preparos para desalojar as famílias. Os oficiais ratificaram a determinação judicial e Amilton chegou a ligar a ignição. Nervoso, com as mãos trêmulas, diante de dezenas de vizinhos e principalmente com o desespero das duas famílias, o operário se recusou a prosseguir. A família, segundo ele, repetia aos gritos súplicas a Deus. Em seguida, começaram os pedidos afoitos de "Pare, pare, pare!".

Amilton, sem saber ao certo das consequências que o ato poderia ter, desabafou aos prantos: "Não posso fazer uma coisa dessas. Não posso fazer isso". E repetia ininterruptamente  para os oficiais: "Isso não é direito! Não é direito! Não posso derrubar a casa de um pai de família e de um trabalhador como eu. Isso poderia estar acontecendo comigo e eu não acho certo. Não é direito!"

Ameaçado de prisão, ele ainda tentou uma segunda vez, mas não conseguiu cumprir a ordem. Esclareceu que sofria de problemas no coração e que tinha pressão alta. Com disposição voraz para cumprir o estabelecido, outro operador de máquinas foi chamado para fazer o serviço. Novamente, a recusa. Com a mobilização, a comoção, o próprio desgaste de horas de tensão entre moradores e policiais, além da própria repercussão, a empresa mandou recolher a retroescavadeira.

"Hoje eu olho aquilo e vejo que foi Deus quem me ajudou a tomar aquela decisão. Nunca me esqueço, não posso me esquecer. E sempre que posso ainda visito Dona Telma e a casa", diz.

 Herói ou apenas um homem justo?
A pergunta que costuma se repetir para o operário é se ele considera que a atitude foi digna de um herói. Ainda que tenha algumas reservas, ele não esconde que seu gesto foi corajoso: "Eu podia ter sido preso, demitido e nada disso aconteceu. Eu sei que muita gente na mesma situação não faria a mesma coisa. Mas não podia deixar aquilo acontecer, fazer aquilo. Eu acho que a justiça não estava certa naquela hora. Então, se você pensar assim, naquela pressão total, eu acho que fui um herói".
Inevitavelmente, por trabalhar no mesmo ramo, as memórias do caso estão sempre presentes. "Quase todos os dias, quando subo no trator, lembro um pouco. Quando vi o prédio que caiu em Massaranduba, lembrei das pessoas que poderiam perder suas casas naquela situação. A mesma coisa com Holyfield. Meus olhos ficaram cheios de lágrimas. Isso só mostra que tem muita gente boa fazendo bem. E é isso que a gente, quando pode, deve fazer".
Por: Gilvan Reis / Fonte: iBahia

BARREIRAS - Suspeito de assassinar PM é morto em Barreiras:


Vítima de latrocínio - roubo seguido de morte -, o corpo do soldado da Polícia Militar (PM) Washington Pereira da Silva, 32 anos, será enterrado às 18 horas desta terça-feira(15), no cemitério São Sebastião, no bairro de Barreirinhas, em Barreiras, 858 km de Salvador. Ele foi morto ontem à noite ao reagir a um assalto à uma imobiliária. Hoje, por volta das 6h, um dos suspeitos de praticar o crime foi morto em confronto com prepostos da Companhia Independente de Policiamento Especial – Cipe Cerrado, nos arredores do povoado da Nanica, a cerca de 3 km de onde ocorreu o latrocínio.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Complexo Policial de Barreiras, porém, ainda não foi identificado, pois estava sem documentos pessoais. Com ele os policiais encontraram objetos da vítima. Um outro suspeito está foragido.

As informações são do A Tarde / Miriam Hermes | Sucursal de Barreiras

Agassiz Almeida e Francisco Julião, nomes emblemáticos da história das lutas camponesas, serão homenageados pelas Câmaras de Vereadores de Sapé, Mari


Jorge Brito

jorgebritods@gmail.com

“Defendemos uma Comissão Nacional da Verdade que revolva os porões da Ditadura Militar.” Agassiz Almeida.

“As Ligas Camponesas romperam quatro séculos de opressão do latifúndio.” Francisco Julião.

Articuladas ao projeto nacional de Memória Histórica e Resgate de personalidades que se destacaram na luta e resistência à Ditadura Militar de 64, ao qual estão integradas entidades e órgãos de defesa dos direitos humanos, como a Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, a Associação Brasileira de Imprensa, ABI, o CNBB, Congresso Nacional dos Bispos do Brasil, “Grupo Tortura Nunca Mais” e Centro de Referência dos Direitos Humanos, as Câmaras de Vereadores de Sapé, Mari e Guarabira realizaram nos próximos dias 22, 23 e 25 do corrente mês, às 19,30 horas, sessões em homenagens aos escritores e ex-deputados federais Agassiz Almeida e Francisco Julião, este “in memoriam”, com comendas e nomes de logradores públicos a eles concedidos através de proposituras dos vereadores Walter Filho, Vânia Monteiro e Beto Meireles . Pela relevante história da luta democrática na resistência ao regime militar de 64 dos homenageados, os vereadores justificaram a iniciativa de suas ações.

Francisco Julião e Agassiz Almeida, com o desfecho do Golpe Militar, foram presos e perderam os seus mandatos de deputado e amargaram longo exílio.

Com decisões deste teor, as Câmaras de Vereadores resgatam ao reconhecimento público nomes emblemáticos da nossa contemporânea história, no momento em que o país aguarda a criação da Comissão Nacional da Verdade destinada a revolver um passado de tirania que asfixiou a nação por 21 anos.

A cerca de 50 anos passados, Agassiz Almeida e Francisco Julião, jovens deputados à época, defendiam a reforma agrária através das Ligas Camponesas, e apontavam ao país os verdadeiros responsáveis pelas mortes de lideres camponeses, entre os quais João Pedro Teixeira, Pedro Inácio de Araújo, (Pedro Fazendeiro), e João Alfredo.

Foi Francisco Julião que mobilizou a primeira greve de camponeses na história do país,em 1960. Em 1962, Agassiz Almeida requereu à Assembléia Legislativa da Paraíba a constituição de uma CPI, Comissão Parlamentar de Inquérito, para apurar os responsáveis pelo assassinato de João Pedro Teixeira, e também apontou os criminosos desta tipologia delinqüente, o assassinato e desaparecimento de Pedro Fazendeiro.

Centro de Referência de Direitos Humanos

Feira de Santana - Homens armados assalta ônibus da Contijo na BR-116 Norte na entrada do Distrito de Maria Quitéria:


Foto Ilustração
Cinco homens armados assaltaram, na madrugada desta terça (15), um ônibus da empresa Gontijo. A informação foi publicada pelo G1 Bahia.
O crime aconteceu na BR-116 Norte, trecho próximo à cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 Km de Salvador. 
Segundo registro da Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando o veículo passava por um quebra-molas no Km-411 da rodovia, foi parado por cinco homens armados, que obrigaram o motorista a seguir até uma estrada vicinal. 
De acordo com o G1, os criminosos estavam escondidos em um ponto de ônibus. O coletivo saiu de patos (PB), com destino a São Paulo. Todos os passageiros foram saqueados, mas ninguém ficou ferido. 
A PRF não soube confirmar o número de vítimas que estavam no veículo. Bagagens e outros objetos pessoais foram levados. O crime aconteceu por volta das 2h da madrugada, próximo ao distrito de Maria Quitéria, onde segundo a polícia, a instalação de um quebra-molas na tentativa de evitar acidentes, tem facilitado a ação de assaltantes. Com informações do G1 Bahia.

Coité – Hospital Almir Passos deverá ser reaberto em dezembro:

A reforma vem sendo feita toda conforme as exigências da SESAB e Ministério da Saúde

Após uma auditoria da Secretaria de Saúde da Bahia que constatou, dentre tantas irregularidades, ausência de programa de higienização do reservatório de água potável, equipamentos sem funcionar por falta de manutenção, não conformidades relativas á estrutura física, mobiliários hospitalar com desgaste, o Hospital Almir Passos, uma entidade privada de natureza beneficente sem fins lucrativos, mantida pela Santa Casa de Misericórdia de Conceição do Coité e está cadastrado no SCNES como hospital geral e prestava serviço ao SUS, sob gestão estadual, em regime ambulatorial e internação em caráter de urgência e eletivo, nas especialidades de clínica médica, cirurgia e obstetrícia, deverá ser reaberto no final do mês de dezembro e segundo o provedor Abenilson Lopes, será o hospital referencia da região.

O CN esteve  na unidade hospitalar e conheceu as novas instalações, após uma ampla reforma. “Não mais vai acontecer o cruzamento do paciente enfermo com aquele que tenha recebido alta médica”, afirmou Abenilson Lopes, enquanto mostrava as novas dependências.  

Foi construída uma nova portaria de acessos para emergência e  três novos consultórios médicos. Um corredor foi criado para separar as enfermarias musculina e feminina, duas enfermarias pós-operatória, sala pré-parto, neonatal e um centro de esterelização, problemas detectados pela auditoria. “Estamos com 90% dos problemas identificados pela auditoria resolvido e vamos fazer muito mais ao contratar especialistas e melhorar nossas ofertas de serviços com atendimento especializados em diversos setores”, contou “Bem”, como é conhecido o provedor.

 Ele disse também que foram adquiridos novos equipamentos dentre eles um aparelho de Raios-X com capacidade de 300MA amperes.  

Antes de ser interditado, em 2010, o Hospital Almir Passos, informou ao sistema do SUS que 36,5%, ou seja, 819 pessoas foram atendidas em clinica médica, 84 %, 465 pessoas foram submetidas a um tipo de cirurgia e 71,32 %, 455 pessoas, atendidos em obstetrícia.  

O problema que se arrasta há sete anos, pois anualmente é necessário que seja revalidado o alvará de funcionamento do Hospital e todos eles foram liberados com ressalvas e eram notificados os problemas encontrados pelos técnicos da diretoria de saúde que constatavam que eram resolvidos ao visitar a unidade no ano seguinte, o que resultou na interdição e na decisão  pelo fechamento para reforma.

Após cinco meses  fechado, o Hospital deverá reabrir com ampliação de mais 270 metros de área construída, novos equipamentos, totalmente reformado e segundo Abenilson Lopes, todo recursos proveniente de ajuda da comunidade, a exemplo da campanha realizada pelas associações comunitárias onde foram arrecadados R$ 7 mil e da campanha “sua nota é um show”. “No caso da “sua nota é um show”, tínhamos recebido antes do fechamento a 16ª etapa e já estávamos na 19ª o que nos ajudou com o recebimento das três etapas e usamos os recursos na obra”, contou.  

Ele disse ainda que recebe ajuda de pessoas que não querem se identificar e deixam créditos nas lojas de materiais de construção de até R$ 2.mil. “Nós não sabemos que são estas pessoas, mais somos gratos”, falou Bem.
“Os pedreiros são doados por três construtoras e a Prefeitura entra com o apoio logístico de transporte quando necessário para transportar material. Até agora gastamos R$ 90 mil  na ampliação e aproximadamente R$ 200 mil em toda obra até o final”, afirmou o provedor.  

Trabalham no Hospital Almir Passos 34 funcionários, que estão sem receber salários desde o dia que a unidade foi fechada. Atualmente 54 “irmãos” fazem parte da sociedade e eles devem ser convocados pelo provedor para discutir o funcionamento a partir de dezembro. “Adquirimos novos equipamentos, vamos treinar os funcionários, contratar especialistas e fazer do Hospital Almir Passos um Hospital referência”, concluiu.  

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas / Fonte: Calila Notícias.

Eleição para diretores de escolas estaduais começam nesta quarta-feira.


O processo de escolha para os novos diretores das escolas da rede estadual, na Bahia, começa nesta quarta-feira (16). Neste primeiro dia de votação, professores, servidores, alunos acima de 12 anos,  pais ou responsáveis das cidades de Santo Antônio de Jesus, Valença, Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Serrinha, Itapetinga, Amargosa, Santo Amaro e  Cruz das Almas deverão escolher a chapa que assumirá a direção da instituição pelo próximos três anos. Em Salvador, a eleição deverá acontecer na quinta-feira (17). O último dia de votação acontece na próxima segunda-feira (21) em 16 cidades do interior baiano. O resultado deverá sair nos dias subsequentes à votação. A nova direção deverá tomar posse em janeiro de 2012. O Estado conta hoje com mais de 1750 escolas estaduais. Os dias e o calendário completo de votação está disponível no próprio site do Portal da Educação para mais informações acesse www.educacao.ba.br

BARREIRAS - Policial Militar é assassinado ao reagir a assalto em Barreiras:

O assaltante também foi morto na madrugada desta terça-feira em confronto com agentes da Companhia Independente de Policiamento Especial



O policial militar Washington Pereira da Silva, 31 anos, foi morto a tiros ao reagir a um assalto na noite desta segunda-feira (14) no município de Barreiras, no oeste da Bahia. O crime aconteceu por volta das 19h na central de vendas do Loteamento Cidade Nova. Segundo informações do delegado titular da Delegacia de Barreiras, Joaquim Rodrigues, um assaltante invadiu a central de vendas, enquanto outro ladrão ficou esperando do lado de fora, em uma moto.
"O PM estava trabalhando no local à paisana quando o assalto aconteceu", informou o delegado Joaquim. "O bandido pegou vários pertences dos trabalhadores da empresa, inclusive a pochete de Washington. Ele também tentou levar a motocicleta do policial", continua.
Ainda conforme o titular, os funcionários da empresa disseram que o policial pegou a arma, que estava dentro de uma gaveta, e saiu em perseguição ao bandido.
De acordo com o delegado, o policial estava com um revólver calibre 40 e disparou nove vezes. Ele errou todos os tiros. O ladrão, que não foi identificado pela polícia, estava com uma arma e disparou uma só vez contra o PM, atingindo Washington no peito. Os bandidos fugiram do local em uma motocicleta Dafra Speed, que foi abandonada logo depois.
O policial ainda chegou a ser encaminhado ao Hospital do Oeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Assaltante foi morto poucas horas depois

O assaltante que disparou contra o PM também foi morto na madrugada desta terça-feira (15) em um confronto horas depois com agentes Companhia Independente de Policiamento Especial (CIPE- Cerrado).

"O bandido estava com a mesma arma que ele praticou o roubo e atirou contra o PM", disse o delegado Joaquim. "Ele ainda estava com os pertences que ele havia roubado das vítimas durante o assalto", finaliza. 

O segundo homem que participou do assalto continua foragido e ainda não foi identificado pela polícia. O corpo de Washington foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Barreiras, onde deve passar por um exame cadavérico antes de ser liberado para a família. (As informações foram extraída do correio, Por: Louise Lobato
Louise.Lobato@redebahia.com.br ).

BARRA DO ROCHA - Agência dos Correios é assaltada em Barra do Rocha:


A agência dos Correios de Barra do Rocha, município localizado na região Sul da Bahia, foi assaltada nesta segunda-feira (14). As primeiras informações dão conta de que três homens encapuzados invadiram o local e outro ficou aguardando em um carro. Os criminosos estavam fortemente armados e levaram o dinheiro guardado no cofre. 

No momento do assalto havia apenas um cliente na agência. O sistema de segurança da unidade não registrou a imagem, pois o computador está quebrado. Ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado na delegacia do município.



L. Eduardo Magalhães - Briga de trânsito pode ter provocado em assassinato em Luís E. Magalhães:


Damião Vieira da Costa, de 34 anos, foi morto a tiros na noite deste domingo (13), na rua Bom Jesus da Lapa, no bairro Mimoso II, em Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia.

O suspeito de cometer o homicídio, João Moraes, teria fugido em uma motocicleta. M.A.M., de 17 anos, neto de João Moraes, foi acusado de dar fuga ao avô, sendo apreendido pela Cipe Cerrado. O menor precisou de escolta policial para deixar sua residência no Mimoso II.

De acordo com informações, uma discórdia teria ocasionado posteriormente o assassinato. Damião e João Moraes teriam se desentendido durante um acidente de trânsito envolvendo os dois, ocorrido na tarde de domingo.

O crime  
Segundo relatos, pouco antes do crime, a vítima caminhava para casa, cortando caminho por um terreno baldio quando cinco pessoas que estavam na esquina correram ao encontro dele, efetuando cerca de quatro disparos. Entre eles estava João Moraes.

O menor M.A.M. foi detido e acusado de dar fuga a João Moraes. O menor disse que chegou em casa quando o crime já havia ocorrido.

“Quando cheguei, já havia uma multidão em frente de casa, perguntei o que aconteceu e entrei. Ao sair, um policial disse que eu não poderia deixar o local”, contou o menor que teve dificuldades para deixar sua casa numa viatura da Cipe Cerrado.

Parentes e vizinhos João Moraes, além de várias pessoas revoltadas, foram para a frente da residência do acusado. O local teve que ter escolta redobrada das polícias Militar e Cipe Cerrado.

Fonte: Blog do Sigi Vilares/Extraído do Interior Da Bahia

Itiúba - Adolescente e homem de 33 anos atacados com facão na zona rural:


Na madrugada desta segunda-feira (14) um adolescente de 17 anos e o senhor Pascoal Dias de Souza, de 33 anos, foram vítimas de tentativa de homicídio, na zona rural de Itiúba, na região nordeste da Bahia.

Informações dão conta que os dois se encontravam num bar, na localidade da Fazenda Urubu, quando um rapaz, identificado apenas como Sérgio, de posse de um facão, desferiu vários golpes atingindo o menor na orelha e ferindo ainda o pescoço. Já o senhor Pascoal foi ferido na cabeça e no punho esquerdo.
O acusado já é conhecido por ser agressivo e inclusive teria tentado contra a vida do pai e da mãe. As vítimas também aguardavam transferência na manhã desta segunda-feira (14) para outro hospital, em Juazeiro. Informações e foto do Maravilha Notícias.

Feira de Santana - Polícia Civil estuda a criação de central para queixas e prisões em flagrante:

A Polícia Civil de Feira de Santana estuda a possibilidade de mudanças nos plantões das delegacias do município. O Departamento de Polícia do Interior (Depin) está analisando a possibilidade de concentrar os registros de queixas e prisões em flagrante em um único espaço: o Complexo Policial Investigador Bandeira.


Atualmente, os plantões funcionam, além da 1ª DP localizada no Complexo (Jomafa), na 2ª Delegacia (Queimadinha), Decarga (Kalilândia) e Delegacia da Mulher (Brasília). Se a mudança se concretizar, as unidades policiais passariam a se dedicar apenas à investigação dos crimes e aos serviços administrativos.

A proposta, que foi levantada pelo então Coordenador Regional, Fábio Lordello, pode ser aplicada na gestão do seu substituto, o delegado Ricardo Brito. Ele já se reuniu com o diretor do Depin, Edenir Gonçalves e delegados titulares das unidades policiais de Feira para tratar do assunto.

Embora facilite o trabalho da polícia, a mudança pode gerar reclamação por parte da população em função da distância do Complexo Policial de vários bairros da cidade.

Blog Central de Polícia, com informações de Kleiton Costa (De Olho na Cidade).

JEQUIÉ - Dezesseis presos fazem corda de lençois e fogem de Conjunto Penal de Jequié:

Segundo o Sinspeb, a unidade tem capacidade para 410 presos, mas abriga atualmente mais de 600 internos. Nenhum fugitivo foi recapturado

Dezesseis detentos fugiram do Conjunto Penal de Jequié,  na madrugada de segunda-feira (14). Segundo informações de Ailton Ferreira, coordenador do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), os presos utilizaram uma corda feita de lençóis, conhecida como "tereza", para pular o muro da instituição.  

"O Conjunto Penal de Jequié, que tem a capacidade para 410 presos, está, hoje, com mais de 600 internos. A estrutura deficitária acaba facilitando a fuga, de certa forma", explicou o coordenador do Sinspeb.  

Durante os plantões na unidade, apenas oito servidores trabalham nas madrugadas. "Somados a todos os outros problemas, o efetivos dos agentes tem uma disparidade muito grande com relação ao dos internos", afirmou Ailton.  

Até o momento nenhum dos 16 fugitivos foi recapturado. A 9ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Jequié, foi procurada pelo Correio24horas para comentar a fuga, mas não foi encontrada. As informações são do Correio.

CONDEÚBA - Ex-vereador morre ao se jogar de avião durante pane em Condeúba:

Assustado com a dificuldade da aterrisagem, Agnaldo teria se jogado da aeronave antes do pouso

Um ex-vereador do município de Condeúba, a 150 km de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, morreu depois de pular de um avião monomotor que fazia um pouso forçado por volta das 21h desta segunda-feira (14). Agnaldo José Pereira viajava com dois irmãos, um deles era o piloto da aeronave.  

De acordo com informações da 80ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Cândido Sales), o avião modelo PR VCM-RV 10 apresentou uma pane no momento do pouso em uma pista particular, que fica em uma fazenda do ex-vereador. Assustado com a dificuldade da aterrisagem, Agnaldo teria se jogado da aeronave antes da conclusão do procedimento de pouso.  

De acordo com informações preliminares, Agnaldo teria sido atingido por uma das hélices do monomotor. Ele morreu na hora. A informação não foi confirmada pelos peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista, que foram enviados ao local.  

Os outros dois irmãos da vítima não sofreram ferimentos durante o pouso. Eles- ficaram em choque com a morte do ex-vereador. 

 Agnaldo era membro da ONG Voluntários do Sertão, que prestava assistencia de famílias no interior baiano. Ainda não há informações sobre o sepultamento do ex-vereador. (Correio).

Feira de Santana - Homem é preso com moto roubada:


Policiais militares da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) prenderam na tarde desta segunda-feira (14), Cícero da Silva Lucena, 27 anos, que reside no bairro Baraúnas. Ele é acusado de roubo.

De acordo com a polícia, havia a informação de que a motocicleta Honda Fan 125, preta, de placa NZD-0883, roubada no último domingo, estava em uma residência localizada na rua Manoel Alves Pereira, no bairro Capuchinhos. Chegando no local, os PMs flagraram Cícero com o veículo.

O acusado foi encaminhado ao Complexo Policial Investigador Bandeira. A polícia informou que a moto pertence a Andréia Alves da Silva.

Blog Central de Polícia, com informações da 64ª CIPM.