Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Ichu: Realizada Reunião do CMDS com Associações e membros do poder público municipal

O objetivo da reunião foi mobilizar as associações comunitárias para orientar a participação na próxima chamada pública para aquisição de produtos da Agricultura Familiar, através do PNAE
Foi realizada na tarde de ontem (13) uma importante reunião idealizada pelo CMDS, com a participação das associações representando os agricultores/as e do poder público municipal na pessoa de Givanildo Santos (comissão de licitação) e da nutricionista Calila Santiago.

O encontro buscou o fortalecimento da Agricultura Familiar por meio de uma discussão entre os agricultores e poder público municipal visando uma maior participação deles no processo de elaboração ou revisão da lista  dos produtos da agricultura familiar para aquisição pelo PENAE.
Depois de uma breve explanação feita por Adailton Conceição sobre a lei 11.947/2009, que rege sobre a alimentação escolar na rede pública de ensino, foram discutidos pontos importantes, principalmente após os representantes do poder público se mostrar sensível à causa.
Após ser pontuado algumas alternativas e dificuldades, sobretudo, na questão do fator climático que assola a região já a algum tempo, foi tomado alguns encaminhamentos, a exemplo de uma nova reunião para o dia 22 deste mês, às 9:00 horas, no SINTRAFI, para as associações trazerem as contribuições para a lista dos itens da agricultura familiar para aquisição pelo PNAE.

Cada associação ficou de socializar a discussão em suas comunidades e levantar a relação de quem tem DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) e que deseja comercializar para a alimentação escolar e já relacionar o que os agricultores/as podem ofertar para que seja analisado pela Nutricionista e a Comissão de Licitação.

Vale ressaltar que além do fator climático surgiram outras preocupações, sendo uma delas em relação aos valores que são pagos pelos produtos, porém tudo isso devem ser debatidos com os técnicos responsáveis.

Foi ressaltada a importância da organização cooperativista que já existe no município, no entanto a Lei é abrangente a todos os agricultores e agricultoras que se encontram aptos/as a comercializarem, via pessoa jurídica ou pessoa física.

Redação Ichu Notícias // Fotos: Cristiana Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.