Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Nas redes sociais, Alex da Piatã repudia cenas do programa Big Brother Brasil

O deputado estadual Alex da Piatã (PSD), presidente da Comissão da Saúde na Assembleia Legislativa da Bahia, através de uma postagem em suas redes sociais, condenou o programa Big Brother Brasil da TV Globo. 
Foto: Reprodução / Facebook
De acordo com o parlamentar estadual, recentes cenas divulgadas nas redes sociais sobre o programa mostra o baixo nível do conteúdo da atração televisiva. 
 
“Amigos, até onde vai à ambição das pessoas? Amigos, até onde vai à ganância da Rede Globo em busca da audiência? Amigos, o que será da família?”, questionou. 

A cena que consternou o político foi a de uma participante fazendo sexo oral debaixo do edredom.  “Uma das participantes, embaixo dos edredons com outro encarcerado, esquecida que está monitorada 24hs pela produção da emissora, sussurra para seu amante: “Goze na minha boca...”.  Neste instante, o mundo todo divide com o casal, tal intimidade”, publicou. 

Alex se colocou no papel de pai para justificar o desconforto sobre o caso. “Eu, como deputado estadual, eleito pela confiança de milhares de votos não posso assistir a isso sentado e calado. Não posso ignorar tamanho abuso e violência contra a família brasileira. Desta vez esta emissora ultrapassou todos os limites da imoralidade”, afirma.

”Vamos todos dar um basta nos abusos e exigir respeito a nossos lares”, conclui ao conclamar movimentos e igrejas contra o BBB.
 
Informações da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.