CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 28 de outubro de 2018

Eleitor é detido por boca de urna e desordem em Santaluz

Um homem de 23 anos foi preso, por volta das 8h30 deste domingo (28), fazendo boca de urna no Centro Educacional Nilton Oliveira Santos (CENOS) em Santaluz, no Território do Sisal, prática considerada crime eleitoral.
De acordo com informações colhidas pelo PCS, o homem estava no local de votação tentando convencer os demais eleitores para votar em um candidato específico e causando desordem. Fiscais de um partido viu a prática de boca de urna e acionou uma guarnição do 1º Pelotão da 5ª Companhia do 16º Batalhão de Polícia Militar. Ao chegar no local, os agentes constataram o crime e deram voz de prisão ao suspeito.

Uma testemunha reconheceu o suspeito como o autor da boca de urna. O homem foi conduzido para a delegacia do município, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e em seguida foi liberado.

Boca de urna é crime - O cidadão que for flagrado fazendo boca de urna pode sofrer detenção de 6 meses a 1 ano, prestação de serviços à comunidade e multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 15 mil, além de ter o título de eleitor suspenso, dificuldades para obter a aposentadoria e não poder tirar passaporte e outros documentos.

A boca de urna é caracterizada pelo ato de convencer ou induzir um eleitor a mudar o voto. No dia das eleições, é proibido a distribuição de panfletos, santinhos, o uso de alto-falantes, ou qualquer espécie de propaganda partidária ou de candidatos ao parlamento.

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.