CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Ichu: Com muita emoção, familiares e amigos fazem carreata para recepcionarem a garota Ianna Cedraz após tratamento contra um câncer no ovário.

Desde Novembro do ano passado que a garota Ianna Cedraz, 14 anos, filha do casal Abenivaldo Carneiro e Idália Cedraz vinha enfrentando um Câncer no Ovário em um diagnóstico de Linfoma de Burkitt que abalou não só seus familiares, amigos, e até pessoas que não tinham aproximação, mas que se sensibilizaram com a notícia.
Após três meses de tratamento no Hospital da Criança em Feira de Santana, muita perseverança e fé de Ianna e familiares, orações, muita energia positiva e com a sabedoria dos médicos, o resultado que todos esperavam foi dado que Ianna estava curada.

Na quinta-feira, 21 de Fevereiro, quando teve alta, Ianna postou em seu perfil do Facebook a gratidão a Deus e a todos que torceram por sua recuperação.
Nesta sexta-feira, 22, foi mobilizada uma carreata para recepciona-la em Ichu e assim dar boas vindas a garota que volta a sua cidade natal renovada e pronta seguir em frente na busca pelos seus sonhos.
Ao chegar em frente a residência dos seus avós, foi perceptível a emoção das pessoas que faziam questão de abraçar Ianna e muitos não seguraram às lágrimas.
Em poucas palavras, porém sinceras, Abenivaldo disse que só tinha a agradecer a Deus e a todos pela cura de sua filha.
Em seguida, todos seguiram para frente da Igreja do Sagrado Coração de Jesus onde pousaram para uma foto, e Ianna fez questão de segurar a imagem de Nossa Senhora Aparecida. 

Momento marcante.

Por fim, os agradecimentos foram dentro da Igreja quando todos rezaram o Pai Nosso e Ave Maria pela cura alcançada.
Conforme Abenivaldo Carneiro o Linfoma de Burkitt é um tipo de Lifoma que é agressivo, mas altamente curável com as primeiras quimioterapias. Ele conta que Ianna se curou com quatro sessões, segundo a oncologista Dr Doloures e sua equipe. Esse tumor se espalhou no intestino. Foi retirado um pedaço do intestino grosso e ovário esquerdo. 

"Graças a Deus, Ianna sempre mostrou fé tranquilidade pela sua recuperação. Agora em diante, terá acompanhamento de uma vez por mês durante esse primeiro semestre, depois de dois em dois meses realizando hemograma," finalizou Abenivaldo.

Redação do AL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.