CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 23 de fevereiro de 2019

As Bejuzeiras de Areia Branca homenageiam mulheres que criaram filhos produzindo beiju

Mulheres que criaram os filhos produzindo e comercializando beijus na localidade de Ipitanga, atual Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), são as grandes homenageadas do grupo As Bejuzeiras de Areia Branca no Fuzuê, que acontece neste sábado (23) e marca o início do pré-Carnaval de Salvador (leia aqui). O grupo afirma que o objetivo é levar para a avenida o "resgate da memória cultural do povo de Ipitanga".
Foto: Lara Teixeira / Bahia Notícias
"Na região tinham muitas casas de farinha e acontecia, com toda família reunida, a produção do beiju. E a história dessas mulheres pra gente é muito importante. Porque hoje somos o que somos graças ao trabalho delas. Então resgatar e homenagear a história dessas mulheres, que muitas não estão mais com a gente, é muito importante", explicou Gildete Melo, coordenadora do projeto Grão de Areia, responsável pelo grupo As Bejuzeiras de Areia Branca.

Por Lara Teixeira / Jade Coelho / Do BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.