CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Orquestra Santo Antônio tem novo maestro para temporada 2019

Os maestros Josevaldo e Giovani garantem que muitas novidades virão neste ano de 2019, durante a reunião de assinatura do contrato artístico.
Osa passa a contar com dois maestros nesta temporada
A Orquestra Santo Antônio (OSA) recebe em 2019 o maestro Giovani Goulart, multi-instrumentista e produtor musical, que reside na Europa há 30 anos. Realizando trabalhos para mais de 180 artistas em diversos países, Giovani Goulart vem ao Brasil buscar novos desafios e já iniciou os trabalhos com a jovem orquestra coiteense.

A decisão de desenvolver um trabalho com a orquestra baiana veio após uma visita ocorrida em outubro de 2018, onde a orquestra se apresentou com o maestro Giovani e também com o contrabaixista Luciano Calazans, num espetáculo intitulado de “Concerto Atlântico”.

De acordo com o Josevaldo Nim, maestro fundador da orquestra, Goulart chega com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO através do projeto Criança Esperança, e o acordo de trabalho para 2019 inclui produções musicais, gravações em estúdio, e o desenvolvimento de oficinas de preparação musical, tanto para os componentes da OSA quanto para o público em geral. 
Foto: Robson Di Almeida
Diversos projetos já foram iniciados, com destaque para o GAMA – Grupo de Avançado de Música e Artes. Segundo Giovani, a OSA ganha uma variedade de ferramentas que lhe possibilitará desenvolver trabalhos nacionais e internacionais. Desde a implantação de uma metodologia musical trazida da Europa, aplicada aos concertos ao vivo, num conceito internacional que possibilitará o aumento da qualidade da prestação dos serviços musicais da orquestra, projetando a OSA a um nível profissional.

Giovani já está ministrando aulas diárias aos instrumentistas, focando na interpretação e execução num alto nível de exigência para obter os melhores resultados de qualidade da execução e interpretação instrumental dos músicos da orquestra.

O maestro afirma ainda que pela experiência da orquestra, o grupo já está apto a tocar com grandes artistas, e, junto com a mesma, este maestro está apto a fazer novos arranjos e a interpretar grandes obras já conhecidas.

Com os equipamentos topo de linha trazidos de Portugal por Giovani, a OSA está pronta para realizar novas gravações musicais com um resultado sonoro belíssimo, apoiados no que há de mais novo no mercado. Deste modo, fica garantido um alto nível de qualidade sonora impressionante e uma altíssima resolução de vídeo que se farão notar nas futuras produções da OSA.
Foto: Robson Di Almeida
Josevaldo Nim, diretor artístico do grupo aproveita a oportunidade para anunciar que os interessados em desenvolver trabalhos em parceria já podem procurar a orquestra, pois o estúdio de produção musical já está pronto e funcionando.

Será lançado nas próximas semanas um novo projeto chamado MPB GAMA, onde os jovens instrumentistas da OSA são convidados, em forma de desafio, a interpretar uma obra solo, tendo como base a produção musical e arranjos de Giovani Goulart.

A repercussão dessa parceria já fez eco em vários estados do brasil. A OSA já está sendo procurada por produtores culturais de outros estados brasileiros, e começa a receber convites para apresentação no exterior por conta da chegada do maestro Goulart.

Para além todas estas boas notícias, a orquestra passa agora a disponibilizar vagas para jovens percussionistas que queiram aprender um instrumento e integrar alguns projetos que a OSA este ano realizará.

“Trabalhando também para artistas e instrumentistas diversos, temos agora um leque alargado de alternativas de pré e pós produção. Giovani Goulart, para além da forma clássica de trabalhar que conhecemos, gere também um intenso fluxo de gravações online, ou seja, acabam aqui os gastos com deslocamentos, alojamentos e horas de estúdio para finalizar uma produção musical. Para conhecer essa modalidade, bastará entrar em contato conosco e, juntos encontraremos a melhor alternativa para a produção do seu trabalho musical que poderá ser com ou sem o nosso naipe de cordas. Dentre os estilos mais procurados estão: O sertanejo, o Pop. o Reggae, o Samba e o Afro”, disse Josevaldo.

Os maestros Josevaldo e Giovani garantem que muitas novidades virão neste ano de 2019, durante a reunião de assinatura do contrato artístico.

Do CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.