CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 15 de junho de 2019

Com volta da camisa branca, Brasil vence Bolívia na estreia da Copa América

Jogando de branco, o Brasil estreou com vitória na Copa América ao bater a Bolívia por 3 a 0, na noite desta sexta-feira (14), no Morumbi. Coutinho duas vezes, um deles de pênalti após o árbitro consultar o VAR, e Everton, com um golaço, fizeram para o time de Tite. 
A utilização do uniforme é uma homenagem aos 100 anos do título da Seleção no Sul-Americano de 1919, considerada a primeira edição da competição. A última vez que o time Canarinho utilizou uma vestimenta desta cor foi em 2004 contra a França, em amistoso comemorativo do centenário da Fifa.

Apesar do resultado positivo, o torcedor que compareceu ao Morumbi não aprovou o desempenho da seleção brasileira e vaiou o time em diversos momentos da partida, principalmente na primeira etapa.

Com o triunfo, o Brasil chega aos três pontos e assume a liderança do Grupo A. O próximo desafio brasileiro será contra a Venezuela, na terça-feira (18), às 21h30, na Arena Fonte Nova.

O JOGO
O Brasil assustou logo aos quatro minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, Richarlison desviou na primeira trave e a bola chegou em Roberto Firmino. O centroavante bateu de primeira, obrigando Lampe a fazer grande defesa. Forte na jogada aérea, o Brasil chegou mais uma vez pelo alto. Em outra cobrança de escanteio, Thiago Silva subiu livre na pequena área, mas jogou para fora.

Após o belo início de jogo, tentando colocar pressão, o Brasil diminuiu o ritmo e não conseguiu mais furar o bloqueio boliviano na primeira etapa. Já os adversários chegaram em rápido contra-ataque aos 41, mas o chute de Saucedo saiu longe do gol de Alisson.

Após o juiz apitar o final do primeiro tempo, a seleção brasileira saiu de campo vaiada pelos torcedores que compareceram ao Morumbi.

Segundo tempo
O Brasil começou com tudo na segunda etapa. Logo aos 2 minutos, Richarlison tentou o cruzamento e o defensor da Bolívia cortou com a mão. Após a jogador ter sido parada, o árbitro consultou o VAR e marcou a penalidade máxima. Coutinho cobrou no cantinho e abriu o placar para a Seleção.

Três minutos depois, Richarlison abriu na direita para Roberto Firmino, o centroavante levantou na medida para Coutinho, que apareceu de surpresa para ampliar o placar de cabeça. Aos 31, Coutinho cobrou escanteio, e Marquinhos subiu mais alto que todo mundo para cabecear forte no peito do goleiro boliviano.

Aos 39, Everton recebeu na esquerda e foi cortando para dentro até achar ângulo, para fuzilar o goleiro Lampe e fazer o terceiro do Brasil.

FICHA TÉCNICA
Brasil x Bolívia
Copa América - 1ª rodada
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 14/06/2019 (sexta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Hernán Maidana e Juan Belatti (ambos da Argentina)
VAR: Patricio Loustau, auxiliado por Fernando Rapallini e Ezequiel Brailovsky, e observados por Pablo Silva (todos da Argentina)
Cartões amarelo: Coutinho (Brasil) / Saucedo (Bolívia)
Gols: Coutinho (2x) e Everton (Brasil) 

Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro e Fernandinho; David Neres (Everton), Coutinho e Richarlison (Willian); Firmino (Gabriel Jesus). Técnico: Tite 

Bolívia: Lampe, Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo (Wayar), Castro (Ramiro Vaca) e Saavedra (Vaca); Chumacero e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Por Gabriel Rios / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.