Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 14 de janeiro de 2017

Ichu: Diretorias do SINTRAPI que atuaram nos mandatos referentes aos biênios 2013 – 2016 fazem um balanço das ações desenvolvidas

Na última segunda–feira, 09 de janeiro de 2017, aconteceram a eleição e a posse da nova Diretoria Geral do SINTRAPI, responsável por conduzir os trabalhos da entidade durante os próximos três anos – 2017 a 2020.
Foto: Arquivo AL Notícias
Vale destacar que, devido à alteração do estatuto social do sindicato, a diretoria, de agora por diante, será presidencialista (antes era coordenação). Ademais, a duração mandato fora ampliada, passando de dois, para três anos.

A coordenadora geral, a professora Marcia Cedraz, que esteve à frente da Diretoria Executiva do SINTRAPI durante esses dois mandatos (2013 – 2014 e 2015 - 2016), e também respondeu pela coordenação jurídica, afirma que concluiu os trabalhos sentindo-se bastante satisfeita e com a consciência tranquila de que cumpriu seu papel. Em tempo, agradece a toda classe trabalhadora pela confiança depositada às diretorias, especialmente, aos diretores que cumpriram dois mandatos democraticamente reeleitos pelos companheiros e companheiras.

Avaliação
No decorrer dos dois mandatos, as duas diretorias se empenharam bastante para dinamizar os trabalhos do sindicato e torná-lo mais forte, atuante e mais próximo da classe trabalhadora do serviço público municipal, onde se empenhou em promover um trabalho de base, mobilizando todas as categorias por meio de assembleias, reuniões, seminários, paralisações, greves, eventos comemorativos, além de uma aproximação maior do nosso sindicato com a CUT e a FETRAMEB, eis que contamos com a participação de seus dirigentes em várias atividades e demandas jurídicas, políticas e administrativas. Destacamos ainda, as inúmeras filiações novas de várias categorias, a guarda municipal, garis, margaridas, ACS e ACEs. 

Da valorização dos trabalhadores da base, ocorreram muitas negociações entre o sindicato e a gestão municipal, das quais podemos pontuar: a instalação da Mesa Permanente de Negociação; o estabelecimento do mês de janeiro como data base de reajuste salarial de todas as categorias; reajuste salarial e pagamento de retroativo, avanços nas negociações para o magistério; pagamento da gratificação de insalubridade e periculosidade aos trabalhadores de direitos; negociações para elaborar e implantar plano de carreira da administração e da saúde e revisão da educação.  

Visando o cumprimento do plano de carreira da educação, a valorização e o respeito aos demais trabalhadores, fizemos várias intervenções na administração municipal, propomos e participamos da Comissão Especial para analisar os recursos da educação, fazemos representação ao Ministério Público, denunciando as contratações precárias no serviço público e remoções de trabalhadores sem motivação. Tal denúncia, que se tornou objeto de inquérito administrativo, culminou com a notificação da gestão municipal para realização de concurso público.

Da atuação nos espaços políticos, sociais e nos conselhos municipais: tivemos representações na saúde, na educação, no COMDEMA e no colegiado do CEACO. Participamos de muitas atividades realizadas na comunidade desenvolvidas pelo SINTRAFI, pelas secretarias de educação e ação social e atividades recreativas e esportivas em comemoração ao 1º de maio na Associação do Educativo e das sessões da Câmara de Vereadores.  

Realizamos Ainda, o debate político com os candidatos a prefeito, momento em que os candidatos assinaram a carta compromisso com a plataforma de reivindicações apresentadas pelo SINTRAPI, associada ao tema “Município para as pessoas” e pautada nos questionamentos: “Qual município queremos? Que desenvolvimento precisamos?” A intenção é que, o candidato eleito estabeleça meios de gestão participativa, que implemente no seu planejamento como PPA, LDO e LOA, avanços nas ações para mudar nosso lugar. Entendemos que as entidades representativas dos servidores municipais têm um papel importante: o de apresentar e defender propostas para os trabalhadores e trabalhadoras e toda a sociedade. Neste sentido, as nossas propostas foram voltadas a eixos prioritários que envolvem a educação, saúde, a questão de gênero, meio ambiente, juventude, geração de emprego e renda e política de valorização dos servidores municipais.

Do campo jurídico, financeiro e da estrutura física: contamos com a atuação da nossa assessoria jurídica, que nos orientou e acompanhou em diversas ações, com a assessoria do escritório de contabilidade, que nos assessorou mediante as novas exigências das leis referentes à contabilidade no tocante às prestações de contas da entidade. Quanto à estrutura física da sede do sindicato, demos continuidade à construção da obra, ampliando-a, com a construção da diretoria, cozinha e refeitório, ambos em andamento. Fizemos a compra de equipamentos diversos, a exemplo da caixa de som, mesas, fogão, liquidificador e do banco de dados para informatizar as informações cadastrais e financeiras do sindicato. Tivemos o cuidado com os recursos financeiros, deixando em caixa um saldo em torno de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e de fazer a reunião de transição com a nova diretoria para deixar os novos diretores cientes da situação atual do sindicato e facilitar a continuidade dos trabalhos.  

Ainda no campo jurídico, destacamos como prioridade nossa, o registro do SINTRAPI no Ministério do Trabalho e Emprego. Esse processo teve início no mandato do companheiro Adailton e não foi concluído por conta do cumprimento de prazos. Empenhamo-nos bastante com o apoio da FETRAMEB, na pessoa do Presidente Calixto.  Toda documentação foi encaminhada ao órgão competente e se encontra hoje esperando análise e publicação do registro. Fizemos contatos com Dr Almir na tentativa de buscar informações sobre os processos judiciais antigos que tramitam na justiça e se encontram em processo de execução. 

Tivemos a preocupação de cumprir com as metas dos planos de ação de cada ano que foram elaborados e deliberados em assembleias.

A nova Diretoria, denominada “Avançar nas Conquistas”, não vai apenas dar continuidade aos trabalhos, mas avançará nas lutas e nas conquistas, assim, disse o presidente da FETRAMEB, que avaliou os trabalhos das diretorias anteriores de forma positiva, afirmando em sua fala no ato da posse da nova diretoria: “o SINTRAPI, é um dos poucos sindicatos municipais que avançou nas lutas e na organização da base, venho acompanhando todas as ações e o empenho da entidade, concluiu destacando a atuação das diretoras Marcia e Enilda, dizendo, será uma perda muito grande para o movimento sindical, o retorno das duas diretoras para a sala de aula, proponho levar pelo menos uma para a FETRAMEB, não sendo possível as duas, Marcia será indicada para fazer parte da diretoria da federação e irá representá-la na região”. 

Essas palavras de reconhecimento do presidente Calixto, nos motiva a continuar na luta. Por fim, merecemos dizer, que todo o trabalho desenvolvido esteve pautado nos princípios da participação democrática, transparência, compromisso e responsabilidade e todo empenho foi motivado pelo amor. “Amo fazer tudo isso”. A todos os companheiros e companheiras, nossa profunda gratidão e a nossa mensagem: “Resistir com firmeza e reagir com coragem sempre, à favor da Democracia, dos direitos sociais e trabalhistas.”   

Redação do AL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.