Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Riachão: empresário tem oficina arrombada; menores estão envolvidos no crime

Por volta das 09h da manhã desta quarta-feira (18), foi apresentado à delegacia de polícia civil de Riachão do Jacuípe, o menor de iniciais J.J.R., 14 anos, residente no bairro Bela Vista. Foram os próprios pais que o levaram até a delegacia. J. estava sendo acusado de participar de um furto no último domingo. 
Em depoimento, ele confessou que, além deste crime, estaria envolvido em outros arrombamentos na cidade. Segundo o menor, um outro elemento também participou do delito.

A Polícia Militar preferiu não identificar o nome do outro envolvido, pois atrapalharia a prisão do mesmo. De acordo J., eles planejaram arrombar a Oficina do Val, propriedade de Edvaldo Souza da Silva (Val Mecânico). A oficina fica às margens da BR 324, na Rodovia Lomanto Júnior, em Riachão do Jacuípe. O menor não entrou em detalhes sobre o fato. Mas segundo Val Mecânico, eles invadiram sua empresa no último domingo (15), enquanto assistia o jogo do Jacuipense, no estádio Arena Valfredão. Val disse que vasculharam todo 1º andar do prédio, onde fica um escritório e conseguiram levar a quantia de R$ 8.700,00 (oito mil e setecentos reais) em espécie e um relógio.

Ainda de acordo com a vítima, ele só percebeu que havia algo errado, por volta das 19h, quando retornou à oficina para tomar banho. “Tava tudo bagunçado. Fui até o local onde guardava o dinheiro e notei que não estava lá. Só eu sabia onde estava”, disse o mecânico.

Outro menor
Ao ser interrogado sobre qual seria a “parte” de J., ele respondeu que ficou com R$ 2 mil; sendo que gastou parte do montante na compra de uma arma, no pagamento de R$ 300,00 (trezentos reais) para um terceiro envolvido, restando R$ 320,00 (trezentos e vinte reais), que será devolvido à vítima. O menor de iniciais Y.S.O., 17 anos, residente no bairro Alto do Cemitério, teria recebido o dinheiro para esconder a arma.
De acordo J., o outro participante no arrombamento ficou com a quantia de R$ 6.700,00 (seis mil e setecentos reais). Ele não soube informar o paradeiro do relógio.

Após serem ouvidos pelo delegado Dr Danilo Andrade, os jovens foram liberados. A PM está à procura do outro elemento. Há suspeita que, além de participar diretamente do crime, ele teria facilitado a entrada do menor.

Mais um assalto
Ainda na manhã desta quarta-feira (18), Natanael da Silva Freitas, 29 anos, residente no bairro Bela Vista, prestou queixa junto à delegacia de polícia civil. Segundo Tal, como é conhecido, ele foi abordado por dois elementos armados, por volta das 10h, próximo ao Colégio Osvaldo Cruz. Ele contou que os homens estavam numa moto modelo Fan, de cor preto, demais dados ignorados, e anunciaram o assalto. Os elementos levaram a quantia de R$ 2 mil reais em espécie, um tablet e um aparelho celular pertencente a vítima. Tal teve a arma apontada para sua cabeça pelo elemento que estava no banco carona. De acordo com a vítima, o criminoso pediu que ele entregasse o celular e uma sacola, onde estavam o tablet e o dinheiro. Após o assalto Natanael foi até ao pelotão da Polícia Militar, na tentativa de prestar uma queixa, o que só foi possível na delegacia de polícia civil. Tal disse que o dinheiro e o tablet não o pertencia.

Fonte: Denoticia por Mario Amaral. Com informações das Polícias Civil e Militar.// Extraída do Interior Da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.