Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Riachão: Crime contra professora Ienata Rios continua insolúvel; amanhã terá nova manifestação

Nesta segunda-feira (03), completa um ano da morte da professora Ienata Pedreira Rios. Ela foi assassinada barbaramente entre a madrugada e a manhã daquele domingo, no bairro São José, em Riachão João do Jacuípe. Professora do CETEP João Campos, Ienata foi encontrada morta com facadas em várias partes do corpo.

O crime bárbaro, até hoje sem ser elucidado, continua cercado de mistérios. Inicialmente, o namorado de Ienata, Cassio Fabricio Carneiro Almeida, foi acusado de ser o principal suspeito, por isso, dias depois, ele foi preso na cidade de Serrinha e trazido para a Delegacia de Riachão do Jacuípe. Contudo, por medida de segurança, Cássio foi transferido para o Complexo de Teofilândia, próximo a Serrinha.
Sem provas concretas e com as investigações se arrastando, logo Cássio foi posto em liberdade. De lá para cá, a família, colegas professores e alunos de Ienata acompanham o caso, mas não se conformam com as investigações. Em novembro do ano passado, para pressionar as autoridades, foi feita uma manifestação pelas ruas da cidade. A manifestação saiu da casa onde Ienata residia até a Câmara Municipal.

Mãe fala
 
Na última sexta-feira (30/06), a senhora Maria Pedreira Rios, mãe da vítima, concedeu entrevista ao Jornal da Manhã, na Rádio Jacuípe, para falar sobe o caso. Bastante emocionada, ela revelou que a filha tinha planos de viajar para a Argentina e para isso vinha juntando um dinheiro. “Ela estava juntando dinheiro para essa viagem, um cruzeiro, mas esse dinheiro sumiu. Só uma pessoa sabia onde esse dinheiro estava guardado”, disse, insinuando o autor.

Amanhã, uma nova manifestação está marcada na cidade. A manifestação mais uma vez vai sair da casa onde Ienata Rios morava, no bairro São José, em Riachão do Jacuípe. Os organizadores não adiantaram, mas nossa reportagem colheu informações de que o ato terá forte repercussão.

Do Interior Da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.