Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Polícia registra 30 homicídios em julho deste ano em Feira de Santana

Entre as vítimas de homicídios de julho deste ano estão dois menores de 18 anos e duas mulheres.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Com 30 homicídios e um latrocínio (roubo seguido de morte), o mês de julho apresentou um aumento no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), em comparação ao mesmo período no ano passado, quando foram registrados 24 homicídios e quatro latrocínios.

Conforme levantamento feito pelo repórter Aldo Matos do Acorda Cidade, entre as vítimas de homicídios de julho deste ano estão dois menores de 18 anos e duas mulheres – uma foi morta a facadas e outra a tiros. Todas as vítimas do sexo masculino foram mortas a tiros. No mês de julho também foi registrada uma morte em decorrência de ação policial e, os bairros com maiores índices de CVLIs foram Tomba e George Américo. Veja a seguir:
 
Tomba: 05 CVLIs
 
George Américo: 04
 
Jardim Acácia: 03
 
Mangabeira, Feira X, Barroquinha, Santo Antônio dos Prazeres: 02 CVLIs cada bairro
 
Conceição; Jussara; Parque Ipê; Campo Limpo; Novo Horizonte; Papagaio; Gabriela e Limoeiro: 01 CVLI em cada bairro.
Distrito de Matinha: 02 CVLIs.
 
Crimes Violentos Letais registrados em áreas das Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs):

64ª CIPM: 03 CVLIs
65ªCIPM: 07 CVLIs
66ª CIPM: 10 CVLIs
67ª CIPM: 12 CVLIs
 
Combate aos homicídios
O número de homicídios em Feira de Santana voltou a crescer na penúltima semana de julho, quando foram registrados 14 homicídios, e para combater o índice de violência o Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL) realizou a operação denominada Feira Segura.

A ação especial foi iniciada na última quinta-feira (27) e os resultados obtidos foram três dias consecutivos sem registro de assassinatos na cidade. Participaram da operação as guarnições da Rondesp Leste, das quatro Companhias Independentes (64ª, 65ª, 66ª e 67ª CIPM), com o apoio das equipes Polo, Cael Nordeste e Central.(Leia mais). 
 
Andrea Trindade com informações e dados levantados pelo repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.