Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ichu: Sindicato Rural começa a coletar assinaturas para a Campanha Nacional pela anulação da Reforma Trabalhista

A Reforma Trabalhista entrará em vigor no dia 11 de novembro e, para impedir que a lei passe a valer, a CUT lançou a Campanha Nacional pela Anulação da Reforma, cujo principal instrumento é um abaixo-assinado em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP). 
No município de Ichu está acontecendo uma mobilização por parte do Sindicato dos Trabalhadores e Agricultore Familaires de Ichu - SINTRAFI que se encontra no Barracão Municipal colhendo assinaturas para que seja atingido no mínimo 1% do eleitorado local.

Apesar de ter um percentual mínimo, o SINTRAFI está buscando a parceria com outras entidades para que o maior número possível de assinaturas sejam recolhidas, é tanto que houve uma reunião nesta segunda-feira, 09, para definir a mobilização, como datas específicas para as comunidades rurais.
Será divulgado posteriormente o cronograma para o recolhimento de
assinaturas nas comunidades rurais
Com essa mobilização, a CUT espera recolher mais de 1,3 milhão de assinaturas (1% do eleitorado brasileiro, de todas as regiões) para podermos protocolar na Câmara Federal um Projeto de Lei de Iniciativa Popular que anule (revogue) a lei da Reforma Trabalhista.
 
A CUT afirma que no Brasil, já foram revogadas 11 (onze) leis por meio de Projetos de Lei de Iniciativa Popular. A Constituição Federal permite que a sociedade apresente um projeto de lei à Câmara dos Deputados, desde que a proposta seja assinada por um número mínimo de cidadãos distribuídos por pelo menos cinco Estados brasileiros.
 
Redação do AL Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.