CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Coité – Projeto Batuque Social criado por Ramon Silva completa 10 anos

O Município de Conceição do Coité é destaque na região sisaleira pela quantidade de projetos sociais existentes e reconhecidos pela relevância em promover o conhecimento e afastar crianças e pré-adolescentes do álcool e da droga.
Um desses projetos está completando 10 anos, o Projeto Batuque Social criado pelo consagrado percussionista Ramon Silva, que segundo ele sonhava reunir um número máximo de crianças e adolescentes tocando juntos em praças públicas.
Foto registrada no primeiro ano de fundação
De acordo com Ramon, na teoria o projeto está completando 19 anos, já que teve inicio entre 2000 a 2001 quando deu aulas de percussão em uma pequena casa de aluguel em que morava com a sua esposa, casa esta com três cômodos e os alunos colaboravam com R$ 10 mensais, mas em 2001 ele foi convidado pelo também percussionista coiteense Tité para realizar uma audição, ou seja, um teste na banda Di Maçã, encabeçada pelo cantor André Lellis, irmão de Durval do Asa de Águia, banda essa que o Tité integrava. Ao passar no teste o projeto social teve que ser interrompido.
Ramon Silva aprendeu tocar muito cedo e ainda criança tocava em trios elétricos
“Fiquei em Salvador por quase 15 anos tocando com André Lellis e viajando todos os finais de semana por todo o Brasil, mas sempre pensando em retomar o projeto. Durante esse período, subir aos palcos e trios elétricos em carnavais de Salvador e outros pré-carnavais de todo o país, além de ter ido à Bolívia e Paraguai, feito shows com Carlinhos Brown, Asa de Águia,Tomate, Marcos & Belutti, Pierre ex-Olodum, Saulo Fernandes, Armandinho de Dodô e Osmar, Ninha ex-Timbalada, Márcio Brasil percussionista de Ivete Sangalo.Ele gravou com grupo de ex-integrantes da banda internacional de Rock U2 e outros”, revelou Ramon.
Ramon afirma que encontra motivação e apoio da esposa e filho para continuar firme no projeto
Ainda segundo o músico, "depois de aproximadamente 8 anos,começou a dividir as atenções entre a capital baiana e Coité quando retomou o seu sonho no ano de 2009, reativando o projeto Batuque Social. Algumas pessoas diziam que não iria dar certo, inclusive colegas de música”, lembrou.

Nesses dez anos que o projeto completou agora em Outubro de 2019, foram várias apresentações em Coité e região sisaleira e outras cidades da Bahia. O percussionista destaca também apresentações no Rio de Janeiro (Rede Globo) e PETROBRAS. Ele estima que durante esses 10 anos já ministrou aulas práticas de percussão para mais de mil alunos.
Atualmente o Batuque Social trabalha em parceria com o Projeto Saúde com Prazer, projeto idealizado pela secretária de Educação de Coité, Perpétua Sampaio atuando em vários povoados e distritos do município. Vale ressaltar que existe um convenio firmando com Prefeitura de Conceição do Coité.

Portanto, quem desejar ter uma apresentação do projeto Batuque Social no evento cultural da sua cidade, em colégios, teatros, centros de cultura ou outros espaços pode ligar para (75) 99165-7217.

Redação CN | Ascom Batuque Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.