CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 29 de junho de 2020

3 pacientes fugiram do Hospital de Campanha de Feira e 30% já receberam alta

Os dados foram apresentados pelo prefeito Colbert Martins Filho durante coletiva online, na manhã desta segunda-feira (29).
Foto: Secom
Desde que foi aberto para funcionamento, no dia 4 de junho, o Hospital de Campanha de Feira de Santana recebeu 75 pacientes, sendo 18 para internamento em UTI e 57 em enfermarias clínicas. Deste total, 23 já tiveram alta hospitalar, ou seja, 30% do total. Atualmente a unidade conta com 24 pacientes, sendo 8 na UTI e 15 na Enfermaria. Os dados foram apresentados pelo prefeito Colbert Martins Filho durante coletiva online, na manhã desta segunda-feira (29). 

Outro dado apresentado pela coordenação do Hospital de Campanha é em relação ao contato com familiares. Neste período foram realizadas 720 ligações e 530 chamadas de vídeo para os parentes de pacientes internados.

"Esse contato das pessoas internadas com suas famílias tem um papel fundamental na recuperação, bem como no bem estar psicológico tanto para quem está internado, como para as famílias que tem seus entes queridos sendo cuidados na unidade", explica o prefeito Colbert Martins, que também é médico por formação.


OUTROS NÚMEROS

O relatório também apresenta 10 óbitos, três evasões (pacientes que fugiram da unidade) e uma transferência. Uma dessas evasões aconteceu no dia 11 de junho (Relembre aqui). Sobre os outros dois casos, o prefeito não deu detalhes. 

A unidade também realizou neste período 3.730 exames de imagem e laboratorial. Foram utilizados 8.170 itens de medicamentos e 6.739 de material hospitalar. Até então foram servidas 4.470 refeições.

O Hospital de Campanha de Feira de Santana é gerido pela S3 Estratégias e Soluções, empresa vencedora de licitação pública realizada pela Prefeitura. A unidade tem 190 funcionários, entre médicos, equipe de enfermagem, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, administrativos, bem como as empresas terceirizadas.

Do Acorda Cidade 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.