Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Ichu: STJ indefere recurso da câmara de vereadores contra Carlos Santiago

Se existia alguma chance para o grupo político do atual prefeito Antônio George Ferreira Carneiro de impedir o mandato do prefeito eleito Carlos Santiago de Almeida no município de Ichu a partir de 2017 pelo fato do mesmo ter as contas do exercício 2008 rejeitadas pela câmara municipal de vereadores no ano de 2010, esta ficou definitivamente enterrada após a decisão do STJ em BRASÍLIA que julgou e INDEFERIU o pedido de Suspensão da Liminar que Carlos Santiago possui anulando a sessão da câmara a qual julgou e reprovou suas contas em 2010, onde o ex prefeito não teve o direito de defesa na casa legislativa.

A Ministra Laurita Vaz, Presidente do Superior Tribunal de Justiça - STJ, indeferiu na manhã de hoje (20/10) o pedido de Suspensão formulado pela câmara de vereadores através de seu advogado Bruno Xavier Gomes. Agora este assunto está encerrado já que o processo percorreu em todas as instâncias e em todas elas foram favorável ao ex prefeito e agora prefeito eleito com 54,39% dos votos válidos na última eleição ocorrido no dia 02 de outubro.

Carlos Santiago que está de férias em Salvador, disse por telefone a reportagem do Ichu Notícias que já esperava pela decisão favorável, pois de acordo com ele, a forma como a câmara procedeu no processo que julgou suas contas em 2010 não foi correta, já que a ele não foi dada o direto de se defender. Ele relata inclusive que a decisão poderia até ser outra, por exemplo, pela aprovação de suas contas se tivesse tido este direito na época.    

Redação Ichu Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.