Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Argentina bate o Brasil em partida amistosa e Tite conhece sua primeira derrota

Marcação forte, toque de bola refinado e ataques em velocidade. Essa foi a tônica do bom jogo entre Brasil e Argentina no amistoso desta manhã de sexta-feira (9), no Estádio de Melbourne Cricket Ground, em Melbourne (AUS). 
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Sem sete titulares, o técnico Tite conheceu a sua primeira derrota à frente da Seleção Brasileira, depois nove vitórias em nove jogos. O estreante da noite australiana, o comandante Jorge Sampaoli viu sua equipe derrotar o rival sul-americano por 1 a 0. O zagueiro Mercado fez o gol da vitória aos 44 minutos do primeiro tempo.

Na próxima terça-feira (13), as duas equipes voltam à campo, novamente para disputar jogos amistosos. O Brasil encara a Austrália, também em Melbourne, às 7h05 no horário de Brasília. Já os hermanos, visitam a seleção de Singapura.

Pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018, o Brasil é o líder com 33 pontos e já carimbou o passaporte para a Rússia. Já a Argentina vive um drama. Faltando quatro jogos para o final, a equipe é a quinta colocada com 22 pontos e na situação atual teria que disputar a repescagem para ganhar uma vaga no Mundial. A 15ª rodada acontecerá no dia 31 de agosto. O Brasil recebe o Equador e os argentinos jogam o clássico com o Uruguai, fora de casa.

JOGO
Antes de rolar a bola, foi feito um minuto de silência em homenagem às vítimas do atentado de Londres. Haviam duas mulheres australianas entre as oito vítimas do ataque. Quando o juiz apitou o início da partida, o Argentina tentava pressionar, mas a boa e forte marcação brasileira impedia que qualquer perigo fosse levado para o gol de Weverton.

O primeiro susto veio do ataque argentino. No contra-ataque, Di María tabelou e recebeu em velocidade pela esquerda, deixando o marcador para trás. Ele chutou firme, mas a bola bateu na trave e saiu.

Aos 15 minutos, Philippe Coutinho escapuliu em velocidade pela direita, viu Willian dentro da grande área e cruzou. Mas a zaga argentina conseguiu fazer o desvio. Dois minutos depois, Coutinho tabelou e fechou pelo meio. Ele tocou para Paulinho, que bateu colocado, mas a bola foi para fora, passando perto da trave de Romero.

O Brasil esteve perto de abrir o placar no minuto 21. Willian desceu bem pela esquerda, invadiu a área e tocou para Coutinho. O craque do Liverpool tentou driblar Romero, mas o goleiro conseguiu travar o chute.

Com 38 minutos de jogo, Di María recebeu pela esquerda e bateu pro gol. Gil cortou de cabeça, a bola voltou para o camisa 11 da Argentina, que bateu de primeira e Weverton espalmou para fora. O Brasil respondeu dois minutos depois. Willian carregou a bola pela esquerda e tocou para o meio. Coutinho não ia alcançar, mas Fágner chegou pela direita, dominou e fez o cruzamento, mas a defesa da Argentina cortou.

A Argentina quase abre o placar com uma jogada armada pelo trio Di María, Messi e Dybala aos 42. O craque do Barcelona abriu com o camisa 11, que cruzou para trás. Dybala bateu colocado, só que a bola foi para fora. Mas faltando um minuto para o final da etapa incial, a equipe de Sampaoli inaugurou o marcador. Na cobrança de escanteio, Banega tocou curto para Messi que rolou para Di María. Ele fez o cruzamento na cabeça de Otamendi que testou firme, a bola bateu na trave e, no rebote, Mercado empurrou para o gol.

Segundo Tempo
Na volta do vestiário, Sampaoli tirou Higuaín e colocou Correa. Logos no quarto minuto, Willian carregou a bola pelo meio e abriu com Fagner que chegava em velocidade pela direita. Mas o lateral brasileiro caiu no choque com a marcação e a bola saiu pela linha de fundo.

O Brasil quase chegou ao empate aos 14. Coutinho recebeu na esquerda, invadiu a grande área e driblou dois marcadores. Ele chutou firme, mas a bola bateu em Paulinho, que estava mal colocado à frente do goleiro Romero. A pressão continuou. No minuto seguinte, Willian levantou a bola na área em cobrança de falta. Gabriel Jesus bateu, mas ela balançou a rede pelo lado de fora. Gabriel Jesus recebe boa enfiada, passou por Romero, mas na hora de marcar chutou na trave. No rebote, Willian mandou a bomba e a bola explodiu novamente na trave. Paulinho ainda tentou dominar, mas foi roubado pela marcação.

FICHA TÉCNICA
Brasil 0x1 Argentina
Amistoso Internacional
Local:
 Estádio de Melbourne Cricket Ground, em Melbourne (AUS)
Data: 09/06/2017
Horário: 7h05 no horário de Brasília
Árbitro: Chris Beath (AUS)
Assistentes: Nathan MacDonald e Paul Cetrangolo (ambos da AUS)
Cartões amarelos: Paulinho (Brasil), Rafinha (Brasil) / Maidana (Argentina)
Gol: Mercado (Argentina)

Brasil: Weverton; Fagner (Rafinha), Thiago Silva, Gil e Filipe Luís; Fernandinho; Paulinho (Giuliano), Renato Augusto (Douglas Costa), Philippe Coutinho e Willian; Gabriel Jesus (Taison). Técnico: Tite

Argentina: Romero; Otamendi, Maidana e Mercado (Mammana); José Luis Gómez (Tagliafico), Biglia e Banega (Lanzini); Messi, Dybala (Guido Rodríguez) e Di María; Higuaín (Correa). Técnico: Jorge Sampaoli

Por Leandro Aragão / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.