Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Coité – Juiz reuni imprensa para informar que está havendo correria desnecessária para recadastramento biométrico

Repórteres da Radio Sisal, Site Informe Bahia, Baiana FM e Vitória FM 
estiveram na coletiva Foto: Raimundo Mascarenhas
Nos últimos dias vêm ocorrendo uma verdadeira correria de eleitores coiteenses com objetivo de se recadastrarem na urna biométrica, e isto tem causado verdadeiro tumulto tanto no Cartório Eleitoral quando na Secretaria de Assistência Social.  

Segundo o juiz da Comarca de Conceição do Coité Gerivaldo Alves Neiva, tudo começou quando alguém publicou em rede social que as pessoas cadastradas em programas sociais deveriam procurar o cartório até o dia 31 de julho, outros divulgaram que seria encerrado em 31 de dezembro 2017, outro 31 de janeiro de 2018, para realizar o recadastramento e quem não fizesse teria o Bolsa Escola suspenso. "Foi um tumulto tão grande na secretaria que chamei a Policia duas vezes”, disse o juiz. 
Juiz disse que é obrigatório o recadastramento, mas aquele que não fizer
terá ‘prejuízo’ apenas com a Justiça Eleitoral, quando aos programas
sociais não serão afetados | Foto: Raimundo Mascarenhas
O magistrado na condição de juiz eleitoral de Coité e Ichu reuniu na tarde desta quarta-feira, 12, alguns órgãos de imprensa da cidade para uma entrevista coletiva a fim de explicar a situação. Segundo ele, por enquanto em Coité não existe prazo para recadastramento, e se não for realizado não afetará cadastrados em programas sociais, o que pode acontecer é o beneficiário ficar sem votar.  

“Existem municípios que o Tribunal Regional Eleitoral – TRE já estabeleceu prazo para recadastramento biométrico, citamos aqui próximo da gente Tucano, Ribeira do Pombal, Feira de Santana, Ipirá e Pintadas que têm até 31 de julho de 2018, mas Conceição do Coité não existe esse prazo. Isso o TRE deverá definir no ano que vem se Coité terá eleição cem por cento biométrica ou não, podendo ter até uma eleição mista, ou seja, da forma tradicional e aqueles que já estiverem cadastrados votam pela biometria”, explicou Doutor Gerivaldo.  

Segundo o juiz a demanda na procura está muito grande, reconhece que o recadastramento é obrigatório mas não precisa acordar de madrugada , pois, está distribuindo 100 senhas/dia para apenas quatro máquinas, que vêm atendendo eleitores de Coité e Ichu.  

Para o recadastramento está sendo exigido todos os documentos necessários como se o eleitor estivesse se alistando pela primeira vez. Documento com foto e comprovante de endereço.  

Vale lembrar que o voto após o recadastramento biométrico será da mesma forma como já se usa os terminais de auto atendimento dos bancos para realizar saques e outras transações.  

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.