Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 25 de julho de 2017

Homem é preso após assaltar micro-ônibus de Bonfim de Feira na BR-116 Sul

O motorista disse que nem todos os passageiros foram saqueados, já que os bandidos ficaram nervosos e desceram do ônibus.
 Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Dois homens assaltaram o micro-ônibus de placa DJB 3440, licença de Feira de Santana, que fazia linha Feira de Santana / distrito Bonfim de Feira. O micro-ônibus transportava cerca de 23 passageiros. O assalto ocorreu por volta das 16h de segunda-feira (24) na BR-116 Sul. Após o assalto, um dos homens foi preso.

O motorista, que não quis ser identificado, disse que nem todos os passageiros foram saqueados, já que os bandidos ficaram nervosos e desceram do ônibus.

“Eles pegaram o transporte no ponto e quando chegou no posto Guimarães, sentido BR-116 Sul, indo para Bonfim, comeram a fazer a abordagem aos passageiros. Eles gritaram para não olhar pra eles, tomaram boné e pertences dos passageiros e fizeram o ônibus retornar o viaduto para voltar sentido Feira de Santana. Eles desceram do ônibus e foram andando sentido Feira IX. Foram dois homens e um deles estava armado. Eles ficaram muito nervosos”, afirmou.
Logo após o assalto, os passageiros do ônibus visualizaram uma viatura da Guarda Municipal e avisaram sobre o assalto. A Guarda perseguiu os bandidos e um deles foi preso.
“Estávamos fazendo uma ronda da Avenida Rio de Janeiro, quando fomos avisados pelo pessoal que o ônibus tinha sido assaltado. Eles disseram que foram assaltados por dois elementos e que eles teriam entrado em uma estrada. Nós perseguimos e conseguimos, na Avenida de Contorno, encontrar os dois. Um deles conseguiu fugir pelo mato e o outro, pegamos”, relatou o subinspetor Mota, da Guarda Municipal.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Ao Acorda Cidade, Jonas Silva da Conceição, que foi preso pela Guarda Municipal, disse que estava participando do assalto, por falta de trabalho. “Fui assaltar por falta de trabalho. Estava precisando. Comprei a arma na feira do rolo com dinheiro de um furto que tinha feito, mas não foi eu que estava com a arma nesse assalto ao ônibus”, disse.
 
Daniela Cardoso com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.