Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 17 de setembro de 2017

Defesa cochila e o Vitória sofre revés diante do São Paulo em 'jogo de seis pontos'

O jogo era de seis pontos, já que se tratava de um adversário direto na briga contra o rebaixamento. A torcida rubro-negra compareceu no estádio do Barradão, na tarde deste domingo (17), mas o Vitória não fez a sua parte. 
Em duas falhas da defesa, o Leão foi derrotado por 2 a 1 para o São Paulo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Éder Militão e Cueva para os visitantes e Santiago Tréllez descontou para os mandantes.

O revés complicou ainda mais a vida do Vitória, que agora caiu para a 19ª colocação com 26 pontos. O São Paulo segue na zona de rebaixamento, mas subiu para a 17ª com 27.

O próximo compromisso do Leão, no campeonato, será contra o Atlético-MG, fora de casa, no próximo domingo (24), às 19h, no estádio do Independência. Enquanto que o São Paulo fará o clássico paulistano com o rival Corinthians, no mesmo dia, mas um pouco mais às 11h, no estádio do Morumbi.

O JOGO
O jogo começou morno, os dois times não conseguiram criar chances de muito perigo. Aos oito minutos a defesa do São Paulo rebateu mal e a bola ficou com Ramon. Ele tocou para Neilton na meia lua da grande área, ele tentou invadir e bateu mal, mas a bola saiu sem levar perigo à meta de Sidão.

O Leão deixava o São Paulo ter mais posse de bola para jogar nos contra-ataques, no entanto, o ataque rubbro-negro não conseguiu encaixar nenhuma boa jogada ofensiva para surpreender a defesa adversária. Ainda no primeiro tempo, no minuto 29, o técnico Vagner Mancini foi obrigado a fazer uma alteração. Caíque Sá deixou o gramado lesionado e Fillipe Soutto foi para o jogo.

O São Paulo chegou bem no ataque faltando dez minutos para o final. Arboleda subiu e tocou de cabeça para Marcos Guilherme, que desceu pela direita. Ele tocou para o meio na risca da pequena área na chegada de Lucas Pratto, mas a defesa baiana chegou primeiro e tirou para escanteio. Na cobrança do tiro esquinado, Lucas Fernandes levantou na área e Éder Militão cabeceou, a bola passou perto do gol de Fernando Miguel indo para fora.

Antes do apito final do árbitro, o Leão carimbou a trave do adversário. Na cobrança de falta ensaiada, Fillipe Soutto rolou para Uillian Correia, que soltou a bomba de direita e a bola estourou no pé da trave de Sidão. Neilton pegou a sobra e tocou para Fillipe Soutto, que levantou a bola para a área, mas o goleiro do tricolor paulista se esticou e conseguiu afastar o perigo.

Segundo Tempo
O São Paulo voltou do vestiário com uma alteração. Cueva entrou no lugar de Jonatan Gomez, indicando que o clube paulista vinha para cima do Vitória. E a primeira jogada ofensiva foi dos paulistas. Marcos Guilherme recebeu passe do peruano, que acabara de entrar, e tentou bateu por cima de Fernando Miguel, mas o arqueiro fez a defesa. No rebote, Lucas Pratto chutou em cima de Wallace. Mas o Leão respondeu obrigando Sidão a fazer duas defesas. Primeiro foi Neilton que chutou e o goleiro espalmou. Patric aproveitou a sobra e bateu, mas Sidão desviou com o pé.

O gol do São Paulo saiu num cochilo da defesa do Leão, aos sete minutos. Depois, novo ataque paulista. Hernanes fez belo passe paea Cueva, que invadiu a área, mas tentou a finta e perdeu a bola. Ela sobrou para Pratto que finalizou, mas mas desviou na defesa. Marcos Guilherme cobrou o escanteio pela direita, os defensores rubro-negro não subiram, Tréllez falhou na marcação e Éder Militão subiu para abrir o placar.

Com a desvantagem no placar, Mancini sacou Ullian Correa e colocou Carlos Eduardo. Mas o Leão não conseguia reagir. Neilton quase marcou, mas numa jogada irregular, sinalizada pelo bandeirinha. Depois, o comandante rubro-negro voltou a mexer na equipe, desta vez tirando o camisa 10 no time baiano e colocando Cleiton Xavier em seu lugar.

O Vitória diminiu o placar. A bola levantada para a área, Cleiton Xavier se esforça, alcança a bola e a chuta no travessão. No rebote, Tréllez completa para a rede e diminui a diferença.

FICHA TÉCNICA
Vitória x São Paulo
Campeonato Brasileiro – 24ª rodada
Data: 17/09/2017
Horário: 16h
Local: Barradão, em Salvador
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR/Fifa)
Assistentes: Bruno Boschilla (PR/Fifa) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Assistentes adicionais: Paulo Roberto Alves Júnior  (PR) e Fabio Filipus (PR)
Cartões amarelos: Uillian Correa, Patric, Cleiton Xavier (Vitória) / Jonatan Gomez, Arboleda (São Paulo)
Gols: Éder Militão (São Paulo)

Vitória:  Fernando Miguel; Caíque Sá (Fillipe Soutto), Kanu, Wallace e Patric; Ramon, Uillian Correia (Carlos Eduardo) e Yago; Neilton (Cleiton Xavier), Kieza e Santiago Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros, Jonatan Gomez (Cueva), Hernanes, Marcos Guilherme e Lucas Fernandes (Thomaz); Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

Por Leandro Aragão // Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.