CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Saída temporária: 8 detentos ainda não retornaram para o Conjunto Penal de Feira

Entre os presos estão três de São Paulo, um do Ceará e outros quatro de cidades da Bahia
Oito dos 79 detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana que foram beneficiados com a saída temporária de Natal ainda não retornaram para o presídio. Eles saíram no dia 20 de dezembro e deveriam retornar na última quarta-feira (27). Por conta disso, eles são considerados foragidos pela Justiça e a direção da unidade penal já comunicou às polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal.
 
“Eles responderão por esse atraso. Caso não retornem, eles serão considerados foragidos e podem ser recapturados a qualquer momento. Com esse comportamento, eles perdem a condição de semiaberto, e com certeza ocorre também o agravamento da pena”, informou o capitão Allan Araújo, diretor do Conjunto Penal.

Em entrevista ao Acorda Cidade, Allan Araújo informou ainda que entre os presos estão três de São Paulo, um do Ceará e outros quatro de cidades da Bahia. Segundo o capitão, é grande o número de pessoas que vem de outros estados e cometem crimes na cidade.

“Esses presos oriundos de outros estados, muitas vezes, ficam custodiados aqui no Conjunto Penal de Feira de Santana, porque eles cometem crimes aqui. Então a Justiça obedece o critério da territorialidade. E Feira de Santana por ser um grande entroncamento interestadual, nós percebemos aqui muitos cometimentos de crimes de pessoas de outros estados”, afirmou.
 
Laiane Cruz / Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.