CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 15 de julho de 2018

Coité – Homem é esfaqueado e morre ao dar entrada no hospital

Uma discussão por causa de um litro de conhaque teria sido o motivo
O pedreiro Leonidio Oliveira Sena, 47 anos, não resistiu ao ferimento de golpe de faca e foi a óbito na noite deste sábado, 14, ao dar entrada na emergência do Hospital Português – Unidade Regional de Conceição do Coité.
Leonidio deixou Salvador para se despedir de uma irmã que está indo morar
em São Paulo e acabou sendo assassinado
O fato aconteceu no Povoado Tabuleiro de Amorosa, zona rural de Coité quando o autor conhecido vulgarmente por “Tinta”, desferiu um golpe de faca que atingiu a região das costelas da vítima após um desentendimento em um bar. A guarnição realizou diligências no povoado e nas regiões próximas na tentativa de localizar o autor, mas até o fechamento desta reportagem não havia localizado o mesmo.  

O Calila Noticias esteve no hospital onde conversou com José Sena, conhecido por Zé de Lazinho irmão da vítima. Ele contou que Leonidio residia há muito tempo em Salvador e veio se despedir de uma irmã que está indo morar em São Paulo. ”Foi feito um churrasco e reuniu várias pessoas da família e amigos, inclusive estava na festa aquele que mais tarde tiraria a vida de meu irmão. Formaram uma banda e Tinta tocou triângulo a tarde inteira, estava todo mudo bem, se divertindo, até que sumiu um litro de Dreher (conhaque) e disseram a meu irmão que foi ele (Tinta) que tinha pegado.Meu irmão saiu a procura dele para tirar satisfação e acabou sendo esfaqueado na Praça do Povoado”, contou José.
Tinta participou do churrasco na casa dos pais da vítima, cantou, dançou e
o que menos se esperava ele matou
Zé de Lauzinho na companhia de um amigo foi que prestou socorro a Leonidio, segundo ele desde o momento que recebeu o golpe não conversou mais, porém respirou até o momento que passou a ser atendido pelos médicos, mas infelizmente não resistiu.  

Tinta que também é chamado de “Neguinho da Vaquejada” já que é cantor, participaria de uma festa no Povoado de Canta Galo na mesma região onde ocorreu o crime, mas foi cancelada.  

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.