CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Jovem é morto a tiros após ter porta arrombada; crime aconteceu em frente a base da Cipe Nordeste

No momento do crime não havia policiais na base de apoio
Jefferson Lima de Souza, 21 anos, foi assassinado a tiros no inicio da madrugada deste domingo, 16, quando se encontrava em sua residencia na Rua Duque de Caxias, centro de Conceição do Coité. Ele estava acompanhado da esposa quando por volta das 0h40 acordaram com chutes na porta da casa que fica em frente a base de apoio da CIPE Nordeste, que neste horário nunca está por lá, segundo informou um morador.

“Aqui eles (policiais) ficam até umas onze horas, depois sai e só retorna ás quatro da manhã do dia seguinte depois fazer rondas em Coité e cidades da região, os criminosos devem ter se aproveitado disso para agirem”, contou um morador da rua que pediu para não ser identificado.
Casa onde aconteceu o crime fica em frente a base de apoio da CIPE Nordeste que
geralmente no horário a guarnição está em rondas
O crime 
O Calila Noticias foi até a residencia do casal na manhã deste domingo, e o corpo já havia sido recolhido pelo Departamento de Policia Tecnica – DPT de Serrinha e ouviu da companheira de Jefferson, Ivonete Silva de Nascimento Morais, que chegaram dois homens encapuzados dando chutes na porta e ela acordou o marido que levantou junto com ela e foram para perto da porta, “já aberta, mas só um pouco, porque tinha um sofá que impedia a entrada e de fora mesmo apontaram a arma dizendo: mão pro alto que é policia, venha logo. Ai ele (Jefferson) falou oxe e em seguida começou a receber os tiros. Eu falei: vocês estão atirando na pessoa errada, ele é Inho, ai eles disseram: é inho mesmo que queremos, esse vagabundo”, contou a esposa.
Residencia não chegou a ser invadida, os criminosos dispararam pela porta
da frente que estava entreaberta | Foto: Raimundo Mascarenhas
Ainda de acordo com Ivonete os disparos foram todos na direção do companheiro, “eu botava a mão na frente pra tentar impedir os tiros, mas eles tiravam e apontava só pro lado de Inho, foram muitos tiros”, afirma a dona de casa.

Ivonente disse que o marido trabalhava em um distribuidor de cereais, não tinha passagem pela delegacia e que não tinha conhecimento se era envolvido com droga.

A investigação deverá ser feita pela Policia Civil de Coité.

Na madrugada de sábado, 15, um crime da mesma forma aconteceu na vizinha cidade de Retirolândia quando homens chegaram chamando por Juninho, a esposa abriu a porta, eles invadiram e executaram o companheiro.

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.