CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Resgate da tradição da Queima de Judas leva diversão e lota o Parque Santo Antônio em Tanquinho

Após 22 anos a tradicional Malhação de Judas em Tanquinho proporcionou alegria e diversão a centenas de pessoas que compareceram ao Parque  Santo Antonio. A queima de Judas que foi realizada após a celebração  da Missa na Igreja Matriz pelo Padre Leomário Gonçalves dos Santos,  superou as expectativas da administração municipal devido à quantidade  do público presente. 
Tudo começa com a leitura do testamento, elaborado por colaboradores  da Secretaria de Educação, depois lido com muito humor, onde levantou  risos do público presente, ao trazer a público o que o “Judas” deixou  de herança para cada tanquinhense citado no testamento. 

Dezenas de  moradores entraram no testamento, uns gostam da brincadeira, outros  não, mas faz parte do espetáculo. E por fim o tanquinhense e  experiente fogueteiro Raimundo Edson Santos “Coquita” se encarregou de  tocar fogo no “Judas” que já estava pendurado e só esperando a chegada  do momento mais esperado pela população. Ao termino girândolas foram  disparadas dando mais brilho ainda ao evento. 

A Prefeitura Municipal patrocinou o evento que sempre trouxe muita  alegria e diversão durante décadas na Cidade, e estava esquecida. Um  dos pontos principais do Governo Construindo Um Novo Tempo é o resgate  das tradições esquecidas. 

A secretária de Educação, Glória Marluce acompanhou toda apresentação,  segundo ela “é uma cultura de várias décadas em Tanquinho, que  infelizmente estava esquecida e foi resgatada”, e já garantiu  juntamente com o prefeito Luedson Soares a realização no próximo ano. 

História Malhação de Judas ou Queima de Judas – É uma tradição vigente em  diversas comunidades católicas e ortodoxas que foi introduzida na  América Latina pelos espanhóis e portugueses. É também realizada em  diversos outros países, sempre no Sábado de Aleluia, simbolizando a  morte de Judas Iscariotes. Cada país realiza a tradição de um modo, alguns queimam os bonecos em  frente a cemitérios ou perto de igrejas.  

Fonte: ASCOM/PMT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.