CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Setor público tem superávit primário de R$ 9,4 bi em outubro

O setor público brasileiro fechou o mês de outubro com superávit primário de R$ 9,4 bilhões, dado melhor que o esperado e ajudado pelo resultado entregue por estados e municípios.
Em pesquisa Reuters com analistas, a expectativa era de um superávit de R$ 8 bilhões para o mês, que é sazonalmente positivo.

No período, estados e municípios tiveram déficit de R$ 216 milhões, bem abaixo do rombo de R$ 3,089 bilhões registrado um ano antes.

Já o governo central (governo federal, BC e Previdência) apresentou superávit de R$ 8,545 bilhões no período, inferior ao saldo positivo de R$ 10,197 bilhões de igual mês de 2018.

Na véspera, o Tesouro apontou que houve queda nas receitas recolhidas pela União na comparação com o mesmo mês do ano passado, citando por exemplo, reduções na arrecadação com Cofins, concessões e exploração de recursos naturais.

Fechando o dado do setor público, as empresas estatais ficaram no azul em R$ 1,115 bilhão, alta de 61,6% sobre outubro de 2018.

No acumulado dos dez primeiros meses do ano, o déficit do setor público consolidado foi de R$ 33,047 bilhões, numa melhoria frente ao patamar de R$ 51,523 bilhões de igual etapa do ano passado.

Em 12 meses, ele alcançou R$ 89,782 bilhões, equivalente a 1,27% do PIB (Produto Interno Bruto), distante da meta estabelecida para o ano de um rombo primário de R$ 132 bilhões.

Segundo o Tesouro informou na quinta-feira (28), o resultado consolidado do ano do setor público consolidado deve ficar por volta de R$ 80 bilhões neste ano, o que implicará um crescimento menor da dívida pública.

Em outubro, a dívida bruta caiu a 78,3% do PIB, sobre 79% em setembro. Já a dívida líquida avançou a 55,9% do PIB, ante patamar de 55,3% no mês anterior.

Por Folhapress / Do BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.