CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Com gols de Élber e Zeca, Bahia vira sobre o Coritiba e quebra tabu no Couto Pereira

Mais um tabu foi espantado pelo Bahia. De virada, o Tricolor venceu o Coritiba por 2 a 1 na noite desta segunda-feira (16), pelo Brasileirão, e encerrou uma escrita de 35 anos sem vencer o alviverde no estádio Couto Pereira. Giovanni Augusto colocou o Coxa na frente, mas Élber e Zeca marcaram para o Esquadrão de Aço. 

O Bahia chega ao seu terceiro triunfo seguido no Brasileirão e avançou aos 28 ponto, se isolando na nona posição. Os comandados de Mano Menezes voltam a entrar em campo na próxima sexta-feira (20), contra o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid. 

O JOGO

Giovanni Augusto abre o placar 

O jogo mal começou e o Esquadrão saiu atrás do placar. No terceiro minuto, William Matheus avançou em velocidade no espaço aberto por Nino Paraíba e cruzou rasteiro para a área. Sem ser contestado pelos zagueiros, Giovanni Augusto apareceu e completou para o fundo do gol.

Quase o Coritiba fez o segundo aos oito. Após cruzamento na área, a bola sobrou para Matheus Sales, que chutou rasteiro e a bola passou ao lado da meta. Com onze, Mattheus bateu falta, a bola explodiu na barreira e ele mesmo finalizou na sobra. A bola passou ao lado.

O Bahia começou a sair em busca dos gols. Aos 23, Élber recebeu na esquerda, passou pelo defensor e chutou forte para defesa firme do goleiro Wilson. Com 29, Nino cruzou na medida para Fessin, que cabeceou para fora.  

Giovanni Augusto marca, mas VAR anula 

Aos 35 minutos, Giovanni Augusto aproveitou sobra de uma dividida, invadiu a área em velocidade e tocou na saída de Douglas. A bola bateu na trave antes de atingir a rede. A comemoração do Coxa, porém, não durou muito. O árbitro de vídeo anulou o lance porque a pelota bateu no braço de Neilton na origem da jogada. 

Élber empata 

Logo após ao lance do VAR, o Bahia chegou ao empate com Élber, que recebeu na grande área, driblou a defesa e bateu forte e rasteiro, sem dar chance para Wilson.

Antes do apito que decretou o fim da primeira etapa, Gregore recebeu de Fessin na grande área e finalizou prensado. Seria o lance do gol da virada.

Segundo tempo

Aos onze minutos, Fessin recebeu na grande área, passou fácil por Sabino, que cortou para perna esquerda e chutou colocado. A bola passou por cima. Quando o relógio marcava 15, Fessin cruzou na área e Ronaldo cabeceou pra fora. 

O Coritiba quase chegou um minuto depois. De fora da área, Neilton bateu colocado e o goleiro Douglas fez uma grande defesa. Com 23, após escanteio na área, a bola sobrou limpa para Robson, que perdeu a chance de colocar o Coritiba na liderança do placar. 

Em retorno, Zeca coloca o Bahia na frente 

O Bahia virou o jogo com um gol de Zeca. Aos 26 minutos, o lateral-esquerdo cruzou para a área e a bola acabou tomando o rumo das redes. O jogador, que se emocionou ao comemorar, foi abraçado por toda a equipe.

Atrás do placar, o Coritiba partiu para o abafa. Aos 37, após sobrea de cruzamento na área, Matheus Sales bateu de fora da área e a bola passou por cima.

FICHA TÉCNICA
Coritiba 1 x 2 Bahia
Campeonato Brasileiro - 21ª rodada

Local: Couto Pereira, em Curitiba
Data: 16/11/2020 (segunda-feira)
Horário: 18h
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Felipe Alan Costa de Oliveira e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho, com Thiago Duarte Peixoto e Gustavo Rodrigues de Oliveira (todos de SP)

Cartões amarelos: Robson, Mailton, Giovanni Augusto (Coritiba) / Daniel, Rodriguinho, Ronaldo, Gregore (Bahia)

Gols: Giovanni Augusto (Coritiba) / Élber, Zeca (Bahia) 

Coritiba: Wilson; Maílton, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Matheus Sales (Pablo Thomaz), Mattheus (Sarrafiore) e Giovanni Augusto; Neilton (Rodrigo Muniz) e Robson. Técnico: Pachequinho. 

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Anderson Martins (Juninho) e Matheus Bahia (Zeca); Gregore, Ronaldo e Daniel (Rodriguinho); Fessin (Rossi), Élber (Marco Antônio) e Gilberto. Técnico: Mano Menezes.

Por Ulisses Gama | Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.