Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Estiagem insiste em castigar o município de Ichu e toda a região

A situação vivida pelo município de Ichu e outros municípios da região, torna-se cada vez mais preocupante em virtude da longa estiagem que persiste em castigar principalmente os moradores da zona rural.  
O Nordeste está entrando no sexto ano consecutivo da pior seca dos últimos
100 anos, segundo avaliação dos principais pesquisadores do tema.
Em todo território ichuense a paisagem é desoladora, pois o capim está seco, o chão esturricado e os mananciais secando chegando a deixar muitos agricultores desesperados.  

No final do mês passado por meio do Decreto 020/2017, o Prefeito Municipal de Ichu, Carlos Santiago, declarou Situação de Emergência por 180 dias nas áreas do município contidas no Formulário de Informações do Desastre – FIDE e demais documentos anexos a este Decreto, em virtude do desastre classificado e codificado como Seca - 1.4.1.2.0.   
Estiagem persiste no município de Ichu
A situação em Ichu não está pior pelo fato de várias comunidades já serem contempladas com água encanada, e na medida do possível o Poder Público vem mantendo o abastecimento através de carro-pipa.   

A redação do AL Notícias foi informada de que estão sendo feitas várias tentativas para que o Governo Federal volte a liberar recursos para serem direcionados a amenizar o sofrimento em virtude da seca. Outra informação é que uma reunião urgente será marcada com os integrantes da Comissão Municipal de Defesa Civil.  

Redação do AL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.