Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Estatística: Feira registrou redução no número de homicídios em março

De acordo com a estatística do blog Central de Polícia, a Polícia Civil registrou 32 homicídios no mês de março de 2017 em Feira de Santana, contra 43, ocorridos no mesmo período do ano passado.
No mês passado também foram registrados dois autos de resistência (troca de tiros de policiais e bandidos), gerando um total de dez no ano, além de um latrocínio em março e outro em fevereiro (roubo seguido de morte) gerando um total de 35 mortes violentas no mês de março. No trimestre, a polícia registrou 99 mortes violentas no município de Feira de Santana.

De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), a maioria das vítimas era do sexo masculino, sendo que duas mulheres foram assassinadas, no caso a sexta no ano. Uma delas foi encontrada morta por espancamento, e a outra com golpes de barra de ferro.

Também houve nove mortes envolvendo adolescentes, elevando para 15 no trimestre. Pelo menos oito dos crimes foram praticados por homens em moto. A maioria dos crimes foi cometida com o uso de arma de fogo, segundo dados da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

HOMICÍDIOS REGISTRADOS NO MÊS DE MARÇO NOS ÚLTIMOS ANOS
2016 - 43 homicídios.
2015 – 27
2014 – 32
2013 - 21
2012 - 46
2011 - 43
2010 - 31
2009 - 25
2008 - 30

No primeiro trimestre do ano passado, foram registrados 111 homicídios, 10 autos de resistência, 2 excludentes e 2 latrocínios, gerando um total de 125 mortes violentas. 

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa (Ronda Policial).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.