Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Em jogo truncado, Bahia empata com o Coritiba e conquista primeiro ponto fora

O Bahia somou o seu primeiro ponto fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Contra o Coritiba, no estádio Couto Pereira, o Esquadrão fez um jogo disputado com o time da casa e ficou no 0 a 0 na tarde desta quinta-feira (15), pela sétima rodada da competição nacional.
Foto: Agência Estado
Com o resultado, o Bahia agora tem dez pontos conquistados e figura momentâneamente na sexta posição. A próxima partida do tricolor será no próximo domingo (18), às 16h, contra o Palmeiras.

O JOGO
Logo no segundo minuto do jogo, o Bahia teve uma ótima oportunidade de sair na frente. Em jogada de contra-ataque, Matheus Reis recebeu na esquerda, cruzou rasteiro, Werley cortou errado e Edigar Junio, caído, tocou e a bola passou ao lado.

Na sequência, a resposta do time coxa-branca respondeu à altura. Thiago Carleto cruzou, Tiago Real ajeitou para Henrique Almeida, que girou na grande área e bateu por cima de do gol de Jean. Aos seis, mais uma chance pro Coritiba. Após cobrança 
 
de falta, Edson falhou e a bola sobrou com Alan Santos, que chutou em cima de Edigar Junio.Um minuto depois, após cruzamento na área do Bahia, Eduardo recuou com o peito e quase traiu o goleiro Jean, que teve que se esticar para fazer a defesa. Aos 15 minutos, o Bahia pediu um pênalti ao juiz Wagner Reway. Na grande área, o atacante Kleber atingiu Edson com um soco. A arbitragem, no entanto, nada marcou.
 
Aos 31, o Coritiba voltou a atacar em busca do primeiro gol. Fora da área, Matheus Galdezani recebeu passe de Henrique Almeida, avançou e chutou rasteiro, ao lado da meta de Jean. Um minuto depois, foi a vez de Henrique Almeira bater de fora da área e assustar o arqueiro tricolor.
 
Henrique Almeida perde chance incrível
Aos 41, o Coritiba teve uma grande oportunidade desperdiçada por Henrique Almeida. Dentro da área, o camisa 91 evitou a defesa e serviu para Tiago Real, que chutou para grande defesa de Jean. No rebote e com o goleiro vencido, Henrique finalizou por cima.

Segundo tempo
 
Wilson salva o Coritiba
Aos quatro minutos da segunda etapa, Edigar Junio serviu Mendoza de frente para o gol. O colombiano finalizou com categoria, mas o goleiro Wilson conseguiu evitar o gol com um leve toque.
 
Em um lance despretensioso, o Coritiba assustou. Aos 24 minutos, Henrique Almeida cruzou e a bola quase encobre o goleiro Jean, que dá um tapa para a linha de fundo.
 
Kleber e Edson tomam cartão vermelho
Antes da cobrança de escanteio, o atacante Kleber, do Coritiba, acertou uma cusparada no volante Edson, do Bahia. Após ouvir um dos árbitros adicionais, o juiz principal expulsou os dois jogadores.
 
Com 30 minutos da segunda etapa, em mais uma cobrança de escanteio do Coritiba, um bate e rebate na área quase facilitou a vida do time da casa, mas a defesa tricolor conseguiu afastar.

O Bahia chegou próximo do triunfo aos 44 minutos. De fora da área, Renê Júnior chutou com força e a bola passou ao lado da meta do goleiro Wilson. O Esquadrão quase viu a situação do jogo contra o Grêmio se repetir. Aos 48, Carleto cobrou escanteio, Matheus Galdezani desviou e a bola passou ao lado.

FICHA TÉCNICA
Coritiba x Bahia
Campeonato Brasileiro – 7ª rodada
Local: Couto Pereira, em Curitiba
Data: 15/06/2017
Horário: 16h
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (MT)
Assistentes adicionais: Alinor Silva da Paixão e Rafael Odilio Ramos dos Santos (MT)
Cartões amarelos: Tiago Real (Coritiba) / Renê Júnior, Allione, Zé Rafael e Juninho (Bahia)
Cartões vermelhos: Kleber (Coritiba)  e Edson (Bahia)
 
Coritiba: Wilson; Dodô, Werley, Márcio e Carleto; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real (Iago); Henrique Almeida (Alecsandro), Kleber e Rildo (Tomas Bastos). Técnico: Pachequinho
 
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago (Rodrigo Becão), Lucas Fonseca e Matheus Reis; Juninho (Edson), Renê Júnior e  Zé Rafael, Allione (Juninho), Mendoza e Edigar Junio (Vinícius). Técnico: Jorginho.
 
Por Ulisses Gama / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.