Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Serrinha – Um morto e quatro feridos em capotamento na BR 116

Segundo informações, os ocupantes do carro passaram o fim de semana em Araci e estava indo para Salvador.
A Policia Rodoviária Federal – PRF registrou mais uma grave acidente na BR 116 Norte,deste vez envolveu um Chevrolet Onix vermelho, placa PJC-7210, licença de Salvador, que teria saído de Araci na manhã desta segunda-feira, 11, com cinco ocupantes,quando estava próximo a cidade de Serrinha, em circunstancias desconhecidas, o carro saiu da pista capotou e só parou debaixo de uma árvore.

Tragédia aconteceu em uma pequena vila de moradores
De acordo com o Site A Voz da Campo, a vítima fatal foi identificada como Adolfo Nascimento Santana, entretanto não conseguiu levantar informações da identidade das quatro pessoas feridas, nem o estado de saúde das mesmas.

Ainda segundo informações do portal, todos os ocupantes do veículo estavam em Araci, onde passaram o feriado no povoado de Bela Vista. O corpo de Adolfo foi removido pela equipe do DPT de Serrinha, a vítima deixou 06 filhos.

Rodovia Federais matou em média 18 pessoas por dia em 2016 
Uma média de 18 mortes por dia foi registrada nas rodovias federais em todo o país no ano passado – segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o equivalente a queda de 16 aeronaves cheias. O dado consta de levantamento feito pela automobilística Volvo. De acordo com a pesquisa, apesar do número elevado, o Brasil vem apresentando uma tendência de redução de acidentes desde 2014.

Três estados lideram o ranking em número absoluto de acidentes no ano passado, com quantidade superior a 10 mil: Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. A Bahia, assim como São Paulo e Rio Grande do Sul estão na faixa imediatamente inferior, tendo registrado entre 5.000 e 10 mil casos. Em número de mortes, a Bahia sobe para a faixa superior (acima de 600 óbitos), acompanhada do Paraná e Minas Gerais.

Em números relativos, a Bahia está entre os estados com acidentes mais letais (acima de cem por mil habitantes); nesse grupo ainda estão Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas. Entre as causas, “ultrapassagem indevida” responde pelo maior número de casos mais graves, seguida de ingestão de álcool, desobediência à sinalização, sono ao volante e excesso de velocidade.

O tipo de acidente que mais causa mortes é colisão frontal. Na sequência vem atropelamento, saída de pista, colisão traseira e colisão lateral, nesta ordem. Entre Belém (PR) e Maceió (AL), a BR-316 é a rodovia que mais registrou acidentes no ano passado (3.370 casos). O segundo e o terceiro lugar são da BR-116 (3.348) e da BR-324 (1.428).

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.