Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 18 de novembro de 2017

Assaltantes continuam “tocando” terror no trecho Nova Fátima/Capim Grosso. Médica foi mais uma vitima

Na noite anterior um empresário, também de Capim Grosso, conhecido por Katanika, da empresa Katanika Tur, foi alvo de bandidos e, segundo ele, ficou duas horas dentro de uma fazenda na mira de uma pistola. 
Mesmo com a ampla divulgação pela impressa, parece que os assaltantes que atuam na BR 324, trecho entre Nova Fátima e Capim Grosso, não temem e continuam agindo com muita “tranqüilidade e liberdade”. O desespero dos motoristas veiculado pelo CN e divulgado nas redes sociais se repetiu na noite de sexta-feira, dia 17, com a médica Andréia Andrade de Souza, residente em Capim Grosso.

Andréia Andrade, esposa do ex-prefeito Itamar Rios e candidata a prefeita pelo DEM na eleição de 2016 em Capim Grosso, retornava a cidade no inicio da noite de sexta-feira, por volta das 18h30 quando percebeu aproximação de um veículo lhe seguindo entre a cidade de Gavião e o Distrito de Itatiaia. Ele contou ao repórter Arnaldo Silva, do site repórter Bahia, que o condutor do veiculo tentou interceptar seu carro sinalizando e fazendo uso do jogo de luz, levando a médica conduzir o carro para o acostamento e depois sair da pista. “Foi um momento muito difícil, mas conseguir controlar o carro e acelerar em busca de um livramento e graças a Deus conseguir chegar ao Posto de Antônio Carlos, onde pedi socorro” descreveu a médica.

Sem condição de dirigir, a médica recebeu o apoio do funcionário público, motorista de ambulância da Prefeitura de São José do Jacuípe conhecido por Kel, morador do distrito de Itatiaia, o mesmo que socorreu um motorista na noite anterior, que a conduziu até a UPA 24h e diante do seu estado emocional foi atendida. Ainda na UPA, Andréia Andrade contou aos policiais o que ocorreu.

Na noite anterior um empresário, também de Capim Grosso, conhecido por Katanika, da empresa Katanika Tur, foi alvo de bandidos e, segundo ele, ficou duas horas dentro de uma fazenda na mira de uma pistola.

Katanika retornava de Feira de Santana pela BR 324, quando passava pelas Cabaças, comunidade localizada no município de Nova Fátima, entroncamento com a BA que dar acesso a cidade Valente, quando foi surpreendido por se deparou com um carro de faróis apagados “e duas lanternas iluminando meu carro, ao diminuir a velocidade, achando que seria a polícia, os caras já foram dizendo: encosta, encosta”, lembrou.

Ele contou que era um veículo preto, onde estavam quatro homens armados, sendo que dois entraram no seu Eco Sport preto, p/p OKN – 1872 licença de Feira de Santana. “Me levaram para uma estrada de terra a 2 km do local, lá eu fiquei acompanhado de um dos elementos armado durante 2h, chegando ainda a me amarrar com uma fita, em determinado momento pedi para tirar as mãos da cabeça, por estar me sentido cansado, foi quando ouvi o cara dizer, baixe e coloque entre as pernas. Mais tarde os caras voltaram eu pedi para liberar meus documentos, eles liberaram, disseram ainda que não era para registrar queixa que iam tirar minha foto e foram embora com a luz em minha direção, foi quando o foco de luz desapareceu e eu comecei através de uma cerca de arame a cortar a fita, com uso também dos dentes. Solto, sair em direção a Nova Fátima, assustado, com medo dos caras retornarem fui para a pista e comecei a chamar atenção das pessoas, até que surgiu uma ambulância, por muito insistir o motorista parou, fui em direção ao carro, era Kel de Itatiaia, foi aí que o coração aliviou. Quando cheguei em casa era meia noite, cansado e agradecido a Deus por estar vivo, porque na hora que eu fiquei no mato de costas para o cara, eu só pensava que ele ia me atirar”, afirmou.



Fonte: Calila Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.