CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 27 de maio de 2018

Bahia volta a aplicar três no Vasco e deixa o Z-4 do Brasileirão

O Bahia voltou a sentir o gosto do triunfo no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (27), o Tricolor repetiu o que fez com o Vasco na Copa do Brasil e venceu por 3 a 0 na Arena Fonte Nova, pela sétima rodada da competição nacional. Os gols do jogo foram de Élber, que enfim chegou ao seu primeiro tento com a camisa do Esquadrão de Aço, Zé Rafael e Régis.
Com o resultado, o time foi aos oito pontos conquistados e deixou a zona de rebaixamento, ocupando o 15º lugar. Na próxima quinta-feira (31), o Bahia volta a jogar contra o Flamengo, às 16h, no Maracanã.

O JOGO
A partida começou com velocidade e com uma boa chance para o Vasco da Gama aos 47 segundos. No lance, Caio Monteiro recebeu passe por elevação na grande área, finalizou, mas terminou bloqueado pelo zagueiro Lucas Fonseca. Aos três minutos, o cruz-maltino tentou com Rafael Galhardo, que chutou de longe e viu a bola passar ao lado do gol.

Os primeiros dez minutos foram de dificuldades para a equipe tricolor, que não conseguia ficar com a bola e encaixar as jogadas ofensivas. A primeira finalização do time foi um fraco chute de Tiago, em cobrança de falta. Fernando Miguel não teve problema para defender.

Com 21 minutos, Élber recebeu um belo lançamento de Vinícius. Na hora de finalizar, o atacante acabou travado pela defesa vascaína. Aos 37, após cobrança de escanteio, Lucas Fonseca toca de cabeça, Elton finalizou mal e a bola sobrou limpa com Júnior Brumado. O atacante, porém estava impedido e a arbitragem acusou.

Aos 40 minutos, o Bahia teve uma grande oportunidade. Após dividida entre Mena e Fernando Miguel, a bola sobrou com Elton,
que tocou por cobertura para o gol vazio, mas a bola passou por cima.

Segundo tempo
Sem mudar peças para o segundo tempo, o Bahia começou a parte final do jogo com maior posse, mas demorou a criar boas chances de gol. Aos 12 minutos, João Pedro invadiu a área e bateu rasteiro com a perna esquerda, sem causar problemas para o goleiro Fernando Miguel.

Élber marca o seu primeiro gol pelo Bahia
Aos 21 minutos, o que era apreensão virou alegria na Arena Fonte Nova. Pela direita do ataque, João Pedro fez grande jogada e tocou para Élber completar da pequena área. Foi o primeiro gol do camisa 7 no Esquadrão de Aço.

O Bahia queria o segundo gol e teve chances para chegar lá. Aos 28, Gregore ficou com a bola na intermediária, mas finalizou sem força e facilitou o trabalho do goleiro Fernando Miguel.

Zé Rafael acerta o travessão
Atrás dos contragolpes, o Tricolor ficou muito próximo do segundo gol. Após belo passe de Régis, Zé Rafael ficou de frente para Fernando Miguel, bateu colocado e a bola bateu no travessão sem ultrapassar a linha.

Zé Rafael marca o segundo
A aposta nos contra-ataques deu certo. Aos 41 minutos, Zé Rafael ficou de frente para o arqueiro vascaíno, conseguiu o drible e tocou com o pé esquerdo para o fundo das redes.

Régis define o jogo
Ainda deu tempo do Bahia fazer o terceiro. Em mais um ataque com a defesa do Vasco fragilizada, Allione tocou para Régis, que tocou para o fundo do gol.

FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 0 Vasco
Campeonato Brasileiro - 7ª rodada
 
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador  
Data: 27/05/2018 (domingo)  
Horário: 16h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (FIFA-PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos do PR)  
Adicionais: Leonardo Sígari Zanon e Fabio Filipus (ambos do PR)
Cartões amarelos: Júnior Brumado (Bahia) / Galhardo, Fabrício, Ricardo e Desabato (duas vezes), Wagner e Giovanni Augusto (Vasco)
Cartão vermelho: Desabato (Vasco)
Gol: Élber, Zé Rafael e Régis (Bahia)

Bahia: Anderson; João Pedro, Tiago, Lucas Fonseca e Mena; Elton; Élber, Gregore, Vinícius (Flávio) e Zé Rafael (Allione); Júnior Brumado (Régis). Técnico: Guto Ferreira.

Vasco: Fernando Miguel, Rafael Galhardo, Erazo, Ricardo e Fabrício; Desábato, Bruno Silva (Giovanni Augusto) e Wagner; Yago Pikachu, Kelvin (Paulo Vitor) e Caio Monteiro (Moresche). Técnico: Zé Ricardo.

Por Ulisses Gama / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.