CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Copa do Mundo: Com boa atuação de Neymar, Brasil vence México por 2 a 0 e agora espera rival das quartas da Copa

O Brasil venceu o México por 2 a 0 nesta segunda-feira (2), pelas oitavas de final da Copa da Rússia 2018. Os gols foram de Neymar e Firmino. O jogo foi disputado na Arena Kazan, em Kazan. 
Foto: Reprodução
Pelas quartas de final, o próximo adversário será o vencedor de Bélgica x Japão, que jogam nesta segunda-feira (2) às 15h. O duelo será disputado na próxima sexta-feira (6), na Arena Kazan, em Kazan.

Primeiro tempo
O México começou o jogo com marcação alta, tentando roubar a bola do Brasil  no campo ofensivo. Logo aos 2', em uma dessas bolas recuperadas, Guardado cruzou da esquerda, e Lozano arrematou para o gol. Miranda bloqueou para escanteio. 

Aos 5', a seleção chutou pela primeira vez ao gol mexicano. Neymar experimentou de fora da área. Ochoa rebateu. Mas foi um ataque solitário. Aos poucos, o México começou a comandar as ações no meio de campo, utilizando a chamada "marcação alta", no campo de defesa do Brasil.

O México, no entanto, não conseguia traduzir em chances de gol o domínio da posse de bola. Aos 9', após cobrança de escanteio, Chicharito Hernández recebeu boa bola na pequena área e finalizou cara a cara com Alisson. Mas a arbitragem marcou impedimento. 

Vela, aos 22', fez boa jogada pela esquerda. O atacante rolou a bola para Herrera, que driblou Miranda, mas foi travado por Thiago Silva quando tentou o chute ao gol. 

Aos 33', o Brasil voltou a fazer boa triangulação pela esquerda do ataque. Gabriel Jesus invadiu a área e chutou forte. Ochoa espalmou. Na sobra, os brasileiros não conseguiram finalizar.

No primeiro lance mais violento do jogo, Álvarez recebeu o cartão amarelo após valta em Neymar pela esquerda. Na cobrança da infração, aos 40', o próprio Neymar chutou por sobre o gol mexicano.

Segundo tempo
Para deixar o time ainda mais ofensivo, o técnico Juan Carlos Osorio tirou Rafa Márquez, que atuava de volante, para colocar Layún no intervalo. 

Logo a 3', Philippe Coutinho invadiu a área após cobrança de escanteio e chutou forte, no canto direito de Ochoa, que espalmou para escanteio. 

O México respondeu aos 5', em contra-ataque puxado por Gallardo. O lateral-esquerdo chutou de fora da área por cima do gol de Alisson.

Mais insistente no ataque, o Brasil finalmente chegou ao seu gol aos 6'. Willian invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. Neymar colocou para o fundo da rede. Foi o primeiro gol do craque do PSG em mata-matas de Copa do Mundo. 

O México esboçou uma reação, subindo mais ao ataque, mas sem conseguir passar pela defesa brasileira, bem postada. Aos 14', o Brasil teve uma boa chance. Após cruzamento de Fagner, Paulinho finalizou para ótima defesa de Ochoa. 

Aos 23', Willian puxou contra-ataque pela esquerda. O meia cruzou rasteiro para Neymar, que chutou no canto de Ochoa. A bola foi desviada pela zaga e passou muito perto do poste direito do gol mexicano.

Em jogada pela lateral de campo, aos 26', Layún dá um pisão em Neymar, que já estava caído fora de campo. O árbitro preferiu fazer vistas grossas. 

Para melhorar a marcação no meio de campo, Tite promoveu a primeira alteração aos 35' do 2º tempo, tirando Paulinho e colocando Fernandinho. Pouco depois, aos 41', o treinador sacou Philippe Coutinho, colocando Firmino no seu lugar. A ideia do treinador foi dar mais velocidade ao contra-ataque, característica do atacante do Liverpool.

E foi justamente dele o segundo gol do Brasil. Neymar escapou pela esquerda e tocou para o meio da área. Ochoa ainda desviou a gola, que sobrou para Firmino completar para o gol.

O México ainda insistiu no final do jogo. Mas o Brasil estava bem postado na defesa, especialmente após a saída de Willian para a entrada de Marquinhos, aos 46' do 2º tempo. 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 x 0 MÉXICO
Local: Arena Samara, em Samara (RUS)
Data: 2 de julho de 2017, segunda-feira
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Gianluca Rocchi (ITA)
Assistentes: Elenito Di Liberatore (ITA) e Mauro Tonolini (ITA)
Público: 41. 970 pessoas
Cartões amarelos: Filipe Luis e Casemiro (BRA); Alvarez, Herrera, Salcedo e Guardado (MEX)
 
Gols:
BRASIL: Neymar, aos 5 minutos do 2º Tempo, e Firmino, aos 42 minutos do 2º Tempo

BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Willian (Marquinhos), Paulinho (Fernandinho), Coutinho (Firmino) e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite

MÉXICO: Ochoa; Alvarez (Jonathan dos Santos), Ayala, Salcedo e Gallardo; Rafael Marquez (Layun), Herrera e Guardado; Vela, Chicharito Hernandez (Gimenez) e Lozano. Técnico: Juan Carlos Osorio.

Do Galáticos Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.