CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

ICHU- Cerca de 40 pessoas participam da abertura do grupo Hiperdia na USF Helena Santiago.

Na última quarta feira, 12 de setembro de 2018, a Equipe de Saúde da Família que compõe a Unidade do Helena Santiago deu inicio a formação do Grupo Hiperdia com os pacientes que são cadastrados nela e que tem problema de Hipertensão ou Diabetes.

A Enfermeira Elis Gonçalves deu as boas vindas ao público presente e falou sobre a importância de se estar trabalhando este tema com as pessoas.

Francisco Moysés, Educador Físico  realizou exercícios de relaxamento para que o encontro pudesse fluir melhor.

Calila Santiago, Nutricionista do NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família) explicou  como será o grupo  e aproveitou o momento para realizar a escuta dos pacientes e trocar informações.

Calila reforçou ao grupo que durante os encontros a equipe  estará fazendo a avaliação nutricional do paciente, dando  orientações  do plano alimentar e fazendo oficinas prática.

Serão abertas  mais essas ações para esse grupo  como as oficinas práticas de farinhas hipoglicemiantes, a biomassa da banana verde que ajuda a baixar o índice glicêmico dos alimentos visando sempre trazer a forma mais lúdica de trabalhar na prática com o tema. 

"A hipertensão arterial sistêmica (HAS) ou pressão alta é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados da pressão arterial (PA). Considerando-se valores de pressão arterial maiores ou iguais a 140 / 90mmHg. Já o diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue. O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada (resistência à insulina). A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar dentro das células, para ser utilizado como fonte de energia. Portanto, se houver falta desse hormônio, ou mesmo se ele não agir corretamente, haverá aumento de glicose no sangue e, consequentemente, o diabetes". (www.minhavida.com.br)

O próximo encontro será no dia 26 de setembro onde acontecerá uma exposição falando sobre os alimentos que contém composição de açúcar e sal e que as vezes as pessoas acham que não tem. Será feito também  a comparação da dosagem diária recomendada  de açúcar e de sal como também de cada alimento que eles fazem uso no dia a dia. 

Por Cida Carneiro com informações e fotos de Calila Santiago/Nutricionista.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.