CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Pedreiro é executado quando trabalhava em obra em Coité

O pedreiro Geovane Silva de Oliveira, 27 anos, foi morto a tiros no fim da manhã desta sexta-feira, 09, quando trabalhava numa obra de uma casa situada à Rua Alfeu Araújo, cerca de 200 metros da antiga sede da 26ª Ciretran de Conceição do Coité.   
Vítima estava rebocando uma parede quando recebeu os tiros
Segundo a Polícia o crime tem características de execução, já que a vítima trabalhava rebocando uma parede, desceram dois indivíduos de um carro (não divulgado) se aproximaram da vítima pediram para que o ajudante se afastasse e iniciaram os disparos a queima-roupa acertando principalmente a cabeça e o rosto do pedreiro que morreu no local.
Estima-se que a vítima morreu com mais de 10 tiros | Foto: Raimundo Mascarenhas
Um morador de uma rua ao lado disse que estava em casa no momento dos disparos e afirma que aconteceram exatamente às 11h25, “foram mais ou menos 20 tiros”, contou o morador.  

Geovane é natural da região da Fazenda Corrêa, mas estava residindo com a esposa na Fazenda Queimadinha na região do Distrito de Aroeira, município de Coité.  

O corpo se encontra no local onde está presente uma guarnição da PM aguardando a chegada da Polícia Civil e equipe do Departamento de Polícia Técnica – DPT de Serrinha.  

Até a publicação desta reportagem não havia nenhuma informação se a vítima tinha algum tipo de envolvimento em atos ilícitos.

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.