CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

MP investiga suposta irregularidade na aquisição de combustível pela prefeitura de Ichu

O Núcleo de Crimes Atribuído a Prefeitos (CAP), do Ministério Público da Bahia, investiga uma suposta irregularidade na aquisição de combustível- diesel e gasolina -para abastecimento de veículos leiloado, emprestado e sucateado no exercício de 2017 e 2018 na prefeitura de Ichu, localizado a cerca de 200 km de Salvador.
A representação foi protocolada no MP no dia 6 de dezembro pelo vereador Edivaldo Apolonio da Silva (PROS), conhecido como Arraia, contra o prefeito Carlos Santiago de Almeida (PHS), que negou as acusações ao BNews

A prefeitura teria gasto R$ 64.546 mil, de acordo com dados do sistema do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em combustível usado em três veículos, sendo que um é uma ambulância que está encostada desde agosto do ano passado; outro veículo que foi leiloado em 2016 e uma caçamba que, segundo o vereador, foi emprestada ao município de Lamarão entre final de 2017 e início de 2018.
Segundo a denúncia, com a ambulância, em 2017, foram gastos R$ 9.474 entre os meses de agosto, outubro e dezembro e, em 2018, foram gastos R$ 17.595 em janeiro, março, abril, maio, junho e setembro. Já com o veículo leiloado em 2016, a prefeitura incluiu no sistema do TCM um gasto de R$ R$ 6.284 nos meses de outubro e novembro de 2017 e R$ 19.861 entre os meses de janeiro a junho e setembro de 2018.

Já a caçamba emprestada a outro município, a prefeitura de Ichu teve um gasto de R$ 4.909 em dezembro e de R$ 6.420 entre janeiro e março de 2018, período em que o vereador afirma que o veículo estava em outro município.

Ao BNews, o edil explicou que fez a denúncia na tribuna da Câmara, mas nenhum vereador se pronunciou sobre o assunto, assim, resolveu protocolar a representação no MP. 

"Fazendo meus trabalhos de fiscalização como vereador descobri umas irregularidades absurdas na administração pública de Ichu de gastos de combustível em veículos fantasmas [...] A gente vê o desmando do município, paciente precisando de remédio contínuo, que custa R$ 9 e o paciente precisa de cinco caixas no mês e tendo crise porque está sem o remédio há três meses e a gente descobre um gasto assim, absurdo.”, explicou Arraia.
O vereador reclamou dos gastos com essas "irregularidades" pela prefeitura enquanto a população sobre com os serviços públicos: “A gente vê laboratórios que não funcionam há dois anos, passamos um período muito turbulento sem médico e, hoje, médico no hospital só tem das 16h até a manhã do outro dia durante a semana e plantão de 24 h só no final de semana, não funciona corretamente carros para marcação de consulta em outra cidade e vê o gasto desnecessário de combustíveis".

Procurado pela reportagem, o prefeito de Ichu afirmou que ainda não tomou conhecimento sobre essa investigação e disse que esse valor [R$ 64 mil] é o gasto mensal da prefeitura com combustíveis para todas as secretarias. Ele falou, ainda, que a pessoa que alimentou o sistema pode ter cometido algum erro. “Estou tomando conhecimento desse fato agora, só cadastrei carros [no TCM] que foram adquiridos, nós não cadastramos nenhum carro a menos ou a mais, se não deram baixa em algum, vamos verificar e se o carro não estiver sendo utilizado mais, vamos dar baixa. Se foi leiloado [um dos veículos] a pessoa deveria ter dado baixa em 2016, isso que tenho que verificar”.

O prefeito explicou, ainda, que a caçamba ficou apenas 15 dias emprestada ao município de Lamarão e não vários meses como denunciou o vereador. Santiago afirmou que estava fora do município para uma reunião e, hoje, quando voltasse para Ichu iria verificar a situação. “Vou verificar porque não quero que essas coisas aconteçam, se alguém alimentou [o sistema do TCM] errado então é outra história, o carro que foi leiloado não era para estar no sistema, como não foi agora em 2017 e 2018, a gente não ia ficar olhando tudo, não tem como verificar a cidade toda. Agora que você está me dizendo, vou verificar para poder regularizar essa situação para evitar esse tipo de problema”.

Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.