CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

I Feira Literária de Canudos acontece em novembro e exalta memória da histórica cidade

Canudos, a emblemática cidade do sertão baiano, por duas vezes já destruída e reconstruída, entra em 2019 no circuito de eventos gratuitos que combinam literatura com outras artes e ajudam a popularizar o acesso à cultura. 
A primeira Feira Literária de Canudos (Flican) vai acontecer de 21 a 24 de novembro e oferecerá uma programação variada para todas as idades, ocupando locais considerados icônicos, como o Parque Estadual de Canudos, o Instituto Popular Memorial de Canudos e o Mirante do Conselheiro. Outros pontos foram montados especialmente para a ocasião, a exemplo das tendas culturais e dos espaços Edivaldo Boaventura e José Calasans.

Durante a feira, haverá conferência, mesas de conversa, concerto lítero-musical, lançamento de livros, contação de histórias, oficinas pedagógicas, intervenções artísticas, visitas guiadas, teatro, exposições, filmes e shows, que terão como pano de fundo a história do lugar e a cultura sertaneja. A programação completa está disponível no site www.flican.com.br.

Como não podia ser diferente, a edição de estreia homenageará Antônio Conselheiro e Euclides da Cunha, principais personalidades conhecidas do público quando se trata da Guerra de Canudos, acontecimento que marcou a história nacional e completou, recentemente, 122 anos de seu desfecho. Dentre as atividades mais esperadas, estudiosos e autores abordarão diferentes e relevantes aspectos relacionados ao conflito, tema também presente nas ações educativas realizadas em parceria com escolas públicas da região. Outros destaques serão a Flicanzinha, com uma grade especialmente voltada para o público infantil, e as exposições de fotos e objetos da época da guerra.

“O Sertão vai virar arte” é o tema dessa Flican, uma realização do Campus Avançado de Canudos da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), que já desenvolve um longo trabalho de preservação da memória do lugar. O evento ainda conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Canudos, das secretarias estaduais de Educação, Cultura, Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, bem como da Fundação Pedro Calmon, da Universidade do Sudoeste da Bahia, entre outros.

Programação

Primeiro dia – 21/11 – quinta-feira
16h – Desfile literário
Desfile literário pela av. JK – organização Colégio Modelo Maria José Alves
Local: saída da Concha Acústica

19h – Camerata da Orquestra Neojiba
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

20h – Solenidade de abertura
Conferência: As sete faces de Antônio Conselheiro
Prof. Dr. Leopoldo Bernucci
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

22h – Show “Canudos Terra Querida”, com Bião de Canudos
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

Segundo dia – 22/11 – sexta-feira
8h às 10h – Flicanzinha
Atividade voltada para o público infanto-juvenil, realizada por autores e/ou grupos convidados que desenvolvem este tipo de experiência.
Local: Academia de Saúde

Oficina pedagógica – voltada para os vestibulandos
Prof. Marielson
Local: Prédio Central do Campus Avançado

Apresentações multiculturais das escolas – Vida e obra de Antônio Conselheiro, José Aras, escrita criativa/literária, cultura e vida sertaneja, tais como, artes, ritmos, adereços e xilogravuras:
● Colégio Modelo Profa. Maria José Alves
● Colégio Estadual Luís Cabral – Celc
● Educandário Municipal Nossa Senhora do Rosário
● Escola Municipal Profa. Regina Cardoso de Carvalho
● Educandário Municipal Nossa Senhora das Graças
● Colégio Modelo Profa. Maria José de Souza Alves
Local: Tendas Culturais

9h30 – Mesa de Conversa 1 – Evocações de Canudos
● Prof. Manoel Neto (mediador), Ceec-Uneb
● Profa. Dra.Luitigarde O. Cavalcanti Barros, UFRJ
● Prof. Dr. Sérgio Guerra, Uneb
● Antônio Olavo, Cineasta
● Prof. Dr. José Paulino da Sila, UFS
● João Batista, Guia Turístico
● Prof. João Ferreira Damião, Celc
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

14h – Mesa de Conversa 2 – Conversa entre Autores
● Prof. Dr. Leopoldo Bernucci, Universidade da Califórnia – Davis
● Eldon Canário (mediador), Escritor
● Prof. Dr. Pedro Vasconcelos, Ufal
● Oleone Coelho Fontes, Escritor UFRJ
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

16h – Mesa de Conversa 3 – Sertão: experiências e saberes
● Prof. Dr. José Carlos Santana (mediador), Uefs
● Profa. Dra. Luitgarde Barros, UFRJ
● Profa. Dra. Léa Santana, Uneb
● Profa. Dra. Lina Aras, Ufba
● Profa. MSc. Ilza Carla Reis, Uneb
● Prof. Dr. Osmar Moreira, Uneb
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

19h – Apresentação teatral – A Guerra de Canudos
Companhia de Teatro de Canudos
Local: Memorial Antônio Conselheiro

20h – Lançamento de livros e sessão coletiva de autógrafos
Local: Memorial Antônio Conselheiro – Jardim/Praça João de Regis

21h – Show “Prepare o seu coração, com Fábio Paes
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

22h – Show “Forró Maneiro”, com Robertinho Kambalacho
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

Terceiro dia – 23/11 – Sábado
8h – Flicanzinha
Contação de histórias e outras atividades voltadas para o público infanto-juvenil, realizadas pela Fundação Pedro Calmon
Local: Biblioteca Móvel da Fundação Pedro Calmon

14h – Mesa de Conversa 4 – Esquecimentos nos sertões: memória e desigualdades
● Prof. Dr. Luiz Paulo Neiva (mediador), Uneb
● Padre Wilson Andrade, Ipmc
● Zulu Araújo, FPC/Secult
● Eldon Canário, Escritor
● Profa. Dra. Teresa Sacchet, Ufba
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

16h – Mesa de Conversa 5 – Narrativas de Canudos: da história à ficção
● Prof. Dr. Luiz Otávio de Magalhães, Uesb
● Prof. Dr. Aleilton Fonseca, Uefs/Academia de Letras da Bahia
● Evandro Teixeira, Fotógrafo
● Prof. Dr. Pedro Barboza, Ucsal
● Prof. Roberto Dantas, Uneb
● Dionizio Nóbrega, Pesquisador
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

19h – Encontro multicultural – Cordel, Pífanos e Poesia
● Antônio Barreto, Cordelista
● Carlos Silva, Poeta-Cantador
● José Américo, Poeta
● José Francisco de Andrade (Zé Poeta), Poeta-Cordelista
● Bandas de Pífano de Canudos
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

21h – Show “Retrato sonoro de Canudos”, com Gereba
Local: Espaço Edivaldo Boaventura

23h – Virada cultural
Robertinho Kambalacho e Convidados
Local: Mirante do Conselheiro

Quarto dia – 24/11/2019 – Domingo
8h – Visita guiada aos pontos históricos e culturais de Canudos
● Parque Estadual de Canudos
● Mirante do Conselheiro
● Instituto Popular Memorial de Canudos
● Museu Manoel Travessa

11h – Encerramento
Orquestra Sisaleira de Conceição do Coité e desfile pela Av. JK
Local: Praça do evento

TODOS OS DIAS
Exposição Bello Monte/Canudos: A Terceira Margem
Prof. Silvio Jessé, Artista Plástico
Local: Campus Avançado – Pavilhão Central

Exposições de fotografias, gravuras e acervo material da Guerra de Canudos
● Flávio de Barros
● Antônio Olavo
● Evandro Teixeira
● Trípoli Gaudenzi
● Acervo de José Aras
Curadores: Raimundo Mundin e Antônio Olavo
Local: Museu José Calasans

Exposição Um passeio no Jardim
Exposição das espécies vegetais citadas por Euclides da Cunha no livro Os Sertões
Local: Memorial Antônio Conselheiro – Praça João de Regis

Exibição de filmes que tematizam direta ou indiretamente a história de Canudos e a vida sertaneja:
● Um sino dobra em Canudos (1962), de Carlos Gaspar
● Canudos (1976), de Ipojucã Pontes
● Paixão e guerra no sertão de Canudos (1993) de Antônio Olavo
● Guerra de Canudos (1997), de Sérgio Rezende.
● Caderneta de Campo, de Póla Ribeiro
● Utopia, de Póla Ribeiro
● Antônio Conselheiro: O taumaturgo dos sertões, de Walter Lima
● Três vezes Canudos, de Manoel Neto
● Canudos, novas trilhas, de Roberto Dantas
● José Calasans: tradutor do sertão, de Carlos Pronzato
● Canudos, de Claude Santos
● Canudos: história de meninos, Antenor Junior
● Curador: Antônio Olavo
Local: Auditório José Calasans

Do Jacuípe News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.