CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Incêndio destrói loja de veículos usados em Feira de Santana

Um incêndio de grandes proporções destruiu uma loja de veículos usados na madrugada desta quinta-feira (30), na Avenida de Canal, próximo ao Posto Moura, em Feira de Santana. Diversos carros foram destruídos e um dos responsáveis estima um prejuízo em torno de um milhão de reais.
Foto: Leitor/Acorda Cidade/ @zero75comunicacaovisual
Com dois veículos, o Corpo de Bombeiros trabalhou durante toda a madrugada para controlar as chamas e evitar que o fogo atingisse outros imóveis. De acordo com o Sargento Cotias, da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (66ª CIPM), o incêndio começou nas primeiras horas de hoje e existe a suspeita de que furtaram a loja.
Foto: Polícia Militar
“Fomos dar apoio ao Corpo de Bombeiros e fizemos a interdição da via. O que percebemos é que há uma possibilidade de ter sido alguém que tentou violar a loja para furtar e possivelmente acendeu alguma vela, algum fósforo. Subtraiu o que tinha. Segundo um dos responsáveis, o prejuízo é em torno de um milhão de reais, ele compra carros de leilão para desmanchar e havia muito material inflamável. O que ficou apurado até agora é isso. Já havia acontecendo vários furtos no local e o pessoal deixava vestígios lá de cigarro, de vela, então é uma possibilidade. Só a perícia vai identificar a causa real do incêndio”, relatou o policial ao Acorda Cidade.
Fotos: Paulo José/Acorda Cidade
Andrea Trindade com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.