CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 14 de abril de 2020

Serrinha registra transmissão comunitária de Covid-19 e prefeitura estende fechamento do comércio

A Secretaria Municipal de Saúde de Serrinha declarou que os casos de novo coronavírus já entraram na fase de transmissão comunitária na cidade, quando não há como saber a origem da contaminação. A situação foi informada nesta segunda-feira, 13. Segundo a Secretaria, o cenário foi constatado após teste com uma mulher de 28 anos, que contraiu a enfermidade no município.
Conforme explicou o titular da pasta, Alexandre Taim, a transmissão comunitária é uma modalidade de circulação na qual as autoridades de saúde não conseguem mais rastrear o primeiro paciente que originou a cadeia de infecção. Ela difere dos casos importados (quando uma pessoa adquire o vírus em viagens ao exterior) e da transmissão local (quando alguém é contaminado por contato com alguém infectado em outra região). A situação de transmissão comunitária significa que o vírus está mais disseminado, demandando cuidados mais efetivos.

Quando há transmissão comunitária, a orientação é de isolamento por duas semanas das pessoas que moram no mesmo espaço de quem apresentou a infecção. Isso implica ficar definitivamente em casa e evitar a todo custo não apenas aglomerações, como a circulação fora de casa. "A gente toma os mesmos cuidados quando a pessoa testa positivo e isola. Isolamos aqueles que tiveram contato com ela [mulher de 28 anos], mas quem passou para ela agente não conseguiu identificar", disse Alexandre.

Decreto prorroga fechamento de comércio - Como medida para retardar a propagação do coronavírus, o comércio seguirá com as portas fechadas por, pelo menos, mais uma semana. Nesta segunda-feira, 13, a prefeitura do município publicou no Diário Oficial um decreto que prevê que lojas, bares e restaurantes deverão continuar sem funcionar por mais sete dias, exceto para serviço de entrega em casa (delivery).

Academias e a feira livre de confecções também são atingidos pelo decreto, que inclui ainda clínicas de estética, salões de beleza e templos religiosos. O município também prorrogou a suspensão das aulas em escolas da rede pública e privada e faculdades. As instituições devem permanecer sem funcionar até o fim de maio, prevê o prefeito Adriano Lima (PP). O mesmo vale para cinemas, parques infantis e centros esportivos.

Atividades comerciais de natureza essencial, como supermercados, frigoríficos, hortifrutigranjeiros, lojas de rações e produtos veterinários, feira de produtos alimentícios, postos de combustíveis, revendedores de gás, clínicas médicas e veterinárias, clínicas odontológicas (somente em casos de urgência e emergência), farmácias, instituições e correspondentes bancários, lotéricas, lojas de material de construção, lojas de auto peça, borracharias, oficinas mecânicas e estabelecimentos de venda de material de limpeza, estão liberadas para funcionar.

Para funcionar, os estabelecimentos precisam adotar medidas de enfrentamento ao coronavírus, como a higienização e impedimento de aglomerações de pessoas. As empresas que não seguirem a determinação podem sofrer sanções, inclusive a cassação da licença de funcionamento. (CLIQUE AQUI PARA VER O DECRETO)

Do Portal Cleriston Silva PCS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.