CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sábado, 17 de outubro de 2020

CBF autoriza clubes da Série A a inscreverem até 50 jogadores nas equipes

Em reunião realizada na última sexta-feira (16), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) autorizou que os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro possam inscrever até 50 jogadores em suas equipes. A decisão foi tomada a partir de reivindicação das próprias agremiações. 

O tema de aumento do número de atletas por equipe foi um dos assuntos discutidos no encontro que contou com a participação de Rogério Caboclo, presidente da CBF, e representantes dos clubes do futebol nacional. Na reunião, ficou decidido que para as equipes da Série A do Brasileirão, a partir de agora, o limite de inscrição é de até 50 atletas no elenco. Até então, o máximo de jogadores permitidos era de 40 por equipe. 

A data limite estabelecida para que as novas inscrições sejam feitas é até o dia 6 de novembro, enquanto as substituições de jogadores na lista podem ser realizadas até o dia 20 do mesmo mês.

A discussão sobre o aumento do número de jogadores por equipe teve influência da situação excepcional em 2020 de duas janelas de transferência para os clubes devido a pandemia, além das possibilidades de surto de Covid-19 nos times, comprometendo parte dos elencos e, em alguns casos, precisando adiar partidas. 

Para os clubes das Séries B e C, que também estiveram presentes na reunião, o número limite de jogadores por equipe continua sendo de 40 atletas. As inscrições de novos nomes nos elencos da Segunda Divisão estão autorizadas até o dia 9 de novembro e substituições até o dia 11 do mesmo mês. Para a Terceira Divisão, as novas inscrições vão até 11 de novembro e as substituições até 2 de dezembro. 

Outro assunto que seria discutido na reunião da CBF iria tratar da volta dos torcedores aos estádios. Entretanto, o debate do tema foi adiado para um encontro posterior. De acordo com posicionamento dos clubes paulistas, o estado ainda não tem condições de autorizar a participação do públicos nos jogos de futebol. 

Com essa consideração, a maior parte das agremiações concordaram que o assunto só deve voltar a ser discutido quando todos os clubes poderem ter participação de suas torcidas nas partidas. 

“Como ainda não existe consenso das autoridades locais em relação ao retorno dos torcedores aos estádios, houve a sugestão do Presidente Rogério Caboclo, acatada pelo grupo, de manter o status atual e retomar a discussão dentro do prazo de até três semanas”, divulgou a assessoria da CBF. 

Do Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.