CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 8 de novembro de 2020

Com gol de pênalti Jacuipense perde para o Paysandu no Estádio Pituaçu

Com gol de pênalti o Jacuipense perdeu para o Paysandu na noite deste domingo, 08 de novembro, pela 14ª rodada da série C, no estádio do Pituaçu. O placar foi 1 a 0 e o Paysandu volta a figurar dentro da zona de classificação para a segunda fase do certame nacional. 

A vitória foi o suficiente para que a equipe bicolor assumisse a 4ª colocação do Grupo A. O gol da partida foi marcado pelo atacante Uilliam Barros aos 48 minutos da etapa inicial. O resultado também marca a "vingança" do Papão, que foi derrotado em casa pelo Leão do Sisal no primeiro turno.

A vitória deixa o Papão com 19 pontos, ultrapassando Manaus, Ferroviário e o próprio Jacuipense na classificação do Grupo A. Agora o time paraense é o 4º colocado, dentro da zona de classificação para o quadrangular, situação que não acontecia desde 4ª rodada. Estacionado com 17 pontos, o Leão do Sisal cai para 7º, apenas dois pontos à frente do Botafogo-PB, que abre a zona de rebaixamento.

O Jacuipense vai ter que buscar a recuperação fora de casa. A equipe baiana volta a campo no sábado (14), contra o Ferroviário, no Ceará. O Paysandu também será visitante: encara o lanterna Imperatriz, no Maranhão, apenas na segunda-feira da semana que vem, dia 16. 

Primeiro tempo - O Paysandu até começou tendo mais posse de bola, mas passados os minutos iniciais o jogo ficou equilibrado, mesmo que nivelado por baixo. A disputa intensa no setor de meio-campo deixou a partida truncada e faltosa, tanto que cinco cartões foram dados pelo árbitro somente na primeira etapa. Chances reais de gol foram poucas, geralmente por meio de bolas aéreas. Pelo time baiano, a melhor aconteceu aos 18, em cabeceio perigoso de Levi. O Paysandu respondeu aos 30 com Vinícius Leite, em cobrança de falta. Mas o gol mesmo aconteceu só nos acréscimos. Juninho foi derrubado na área por Raniele e o pênalti foi marcado. Uilliam Barros bateu bem e colocou o Papão em vantagem aos 48, pouco antes do apito final. 

Segundo tempo - Os ajustes dos técnicos no intervalo não tornaram o jogo tecnicamente melhor na etapa final. O confronto permaneceu muito faltoso, repleto de cartões amarelos e transcorrendo com dificuldade. À frente no placar, o Paysandu apostou em uma postura mais reativa. Aguardava as investidas do Jacuipense para tentar surpreender no contra-ataque ou em erros do adversário. Assim, quase ampliou a vantagem aos 23 e aos 24 pela ponta direita, com Uilliam Barros e Tony. O Leão respondeu pouco depois com Mauri, em chute muito perigoso que passou rente à trave. Porém foi muito pouco para o time mandante. Mesmo com trocas que deveriam tornar a equipe grená mais ofensiva, Paulo Ricardo trabalhou pouco. Mas foi bem quando acionado, aos 45, em chute de Bernardo. Nem mesmo o abafa final foi suficiente para evitar a derrota dos baianos em casa. 

IN com adaptação do Ge / Globo Esporte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.