Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Caso Victor Ramos: STJD arquiva pedido de denúncia do Internacional

O pedido de denúncia do Internacional sobre o “caso Victor Ramos” foi arquivado pela Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) no fim da tarde desta quinta-feira (18). A decisão ainda cabe recurso. 
O clube gaúcho alega que o zagueiro do Vitória teria atuado de forma irregular no Campeonato Brasileiro. Raimundo Viana, presidente do clube, comentou a decisão da corte. “Mais uma autoridade da Justiça Desportiva afasta alegações de irregularidade de Victor Ramos. Isso tranquiliza nossa torcida. Agora é continuar focado no jogo de domingo [contra o Palmeiras, pela última rodada do Brasileirão]”, disse Viana, em entrevista ao Bahia Notícias.

Victor Ramos jogou na temporada passada no Palmeiras, cedido por empréstimo pelo Monterrey (MEX). Após o término de seu vínculo com o clube paulista, ele assinou com o Rubro-negro baiano. Porém, o procedimento tradicional seria o retorno do ITC (Certificado Internacional de Transferência, na sigla em inglês) para o México para depois gerar um novo empréstimo para um clube brasileiro.  No entanto, como a janela de transferências do país da América Central já havia sido fechada, o zagueiro foi registrado pelo Leão sem antes passar pelo detentor dos seus direitos econômicos. 

Isso fez com que a transação fosse considerada nacional e não internacional. Na época, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) questionou a CBF sobre a situação do atleta e recebeu o aval para registrá-lo.

Por Glauber Guerra // Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.