Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 20 de março de 2017

Ichu: Realizada reunião extraordinária da Comissão de Educação, Saúde, Obras e Serviço Publico da Câmara Municipal

Nesta segunda-feira, 20, aconteceu uma reunião extraordinária da Comissao de Educação, Saúde, Obras e Serviço Publico da Camara Municipal de Ichu. 
Participaram as vereadoras Geovana Márcia (Presidente da Comissão), Lúcia Maria (Secretária), Samira Ramos (Diretora da Educação Municipal) representando a Secretaria de Educação, presidente do Conselho de Alimentação Escolar, Professora Gildete Nascimento como membro do Conselho, além dos vereadores Edvaldo Apolônio e Reginaldo, e representantes de mães.  

A comissão havia enviado um documento ao prefeito falando da inquietação no tocante a redução de carga horária de alguns funcionários, alegando que não é justo uns cumprirem as 40 h e outros só trabalharem 20h. Foi enviado também um documento convidando o Secretário de Educação para esta reunião  para prestar alguns esclarecimentos a saber: Diretores e vices diretores sem qualificação para o cargo, auxiliares de ensino alguns até sem ensino médio, alguns estagiários assumir classe, refrigerante e salsicha servidos na merenda escolar, remoção de servidoras sem justificativa plausível, arrombamento de um prédio público na comunidade de Formigueiro, estudantes viajando junto com passageiros em carro de linha e reforma de prédios em período de aula, apesar de agora está em greve, solicitação do secretário a alguns diretores para reduzir o tempo de aulas por 25 minutos para atender solicitação de proprietário de veículos.  

A Diretora da Educação  disse que muitas daquelas denúncias já ocorreram no passado, tendo a vereadora Geovana concordado com suas palavras, porém afirmando que é necessário que se faça o o correto. Samira se comprometeu a dar um retorno através de um documento e que iriam se empenhar para regularizar a situação. A vereadora Lúcia comentou também que o Conselho do Fundeb está tendo dificuldades em fazer o parecer da prestação de contas referente aos três últimos meses de 2016 porque não consegue encontrar as pastas, sendo que Carlos Tadeu (ex-secretário de Educação) afirmou que havia deixado no armário da sala em que ele ocupava. No entanto, Samira disse que já procuraram em vários locais sem encontrar. A vereadora Lúcia enfatizou que às vezes se acha que não facilitando isso vai prejudicar o ex-gestor, mas que quem irá sofrer será a educação do município porque  poderá inviabilizar o repasse dos recursos do FNDE.  

Redação do AL Notícias com informações e foto da Vereadora Lúcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.