Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Mudança do Forró da Mina gera discussão nas redes sociais e postagem irrita pe-de-serrenses

O anúncio da mudança da festa Forró da Mina de Pé de Serra para Riachão do Jacuipe, na última terça-feira (04), gerou uma série de reações de moradores das duas cidades. 
Os pe-de-serrenses desconfiam que por traz de tudo existe uma picuinha política, já que o atual gestor Antônio Joílson (Democratas) não é do mesmo grupo que organiza o evento. Da mesma forma, boa parte dos jacuipenses vê na decisão uma manobra do prefeito Zé Filho (PSD) para fugir de gastos com a organização da tradicional festa junina.

Picuinhas e especulações à parte, as discussões foram parar nas redes sociais. Contudo, não se imaginava que o caso chegasse ao ponto de alguém ridicularizar e menosprezar a história de um município, como fez Mauricio Santiago, que no afã de defender as suas convicções, sugeriu que o município de Pé de Serra, emancipado de Riachão do Jacuipe em 1985, voltasse à condição de distrito.
pe-serra-distrito 
Na postagem, o bancário escreveu: “Vai ter Forró da Mina em Riachão sim. E, se reclamar, a gente manda reanexar Pé de Serra como distrito”.

Reação
Mas a postagem infeliz de Mauricio Santiago logo teve uma forte reação por parte da população de Pé de Serra e também de Riachão do Jacuipe, indignados com a agressão e o menosprezo dado ao caso.

Funcionário da agência do Banco do Brasil de Riachão do Jacuipe, o que aumenta a sua responsabilidade sobre o que fala e o que escreve, Maurício depois apagou a postagem e tentou se explicar para diminuir o estrago, mas centenas de moradores de Pé de Serra ficaram inconformados e prometem radicalizar. Eleitor do atual prefeito de Riachão do Jacuipe, durante as últimas  campanhas eleitorais o bancário usava as redes sociais para atacar os seus adversários.

Agora, com a repercussão do caso, os dobramentos vão aumentando a pressão: “Fica no atendimento, na hora do expediente, e com o celular perto dele. Já vi várias vezes pessoas na fila aguardando serem chamadas e ele olhando o celular”, disse um usuário do banco que pediu para não ser identificado.
pe-serra-racao 
Um morador de Pé de Serra, identificado como Elimar Venezia, postou mensagem prometendo convocar os servidores para irem até o prefeito Antonio Joilson para que este tire a Folha de Pagamento da Prefeitura de Pé de Serra da agência do Banco do Brasil.

Outra servidora pública do município, indignada com o caso, postou um áudio nas redes sociais em que pede reação dos seus conterrâneos e ameaça tirar a conta do Banco do Brasil. Ela, inclusive, prometeu comparecer à agência nesta sexta-feira para prestar queixa ao gerente sobre a atitude do funcionário.
“Aí tá o que o povo de Pé de Serra merece. Eu quero ver se o povo não vai tomar vergonha na cara. Eu já falei com ele… esse cidadão eu… botei um comentário e ele apagou… Eu sou funcionária publica e vou no banco que ele trabalha tirar a minha conta de lá.  Porque a minha cidade é amada, porque quem ama sou eu nessa p… Entendeu, a minha cidade amada não vai voltar a ser distrito de Riachão, não, viu. Porque tem pessoas guerreiras para lutar. É por  isso que acabaram o fórum daqui de Pé de Serra, acabaram a delegacia, acabaram tudo. Vai voltar tudo pra Riachão… Nós não merecem passar por isso, não. Estou indignada. Nós não merecemos passar por isso, não… e atrás de mim vai ter outros funcionários que vai tirar a conta de lá também. Palhaço, ele é um palhaço! Retardado! Pois, que ele fique. Ele que fique… Riachão quer, Riachão fique. Pode ficar com o Forró da Mina. Mas essa p… não vai voltar a ser distrito, não. Porque enquanto eu tiver força, nem que me atirem, eu vou tá lutando pelo Pé de Serra, porque quem ama sou eu, p… c… p… E ele vai me ouvir (…)”.

Recuo
Após saber da repercussão do caso, Maurício Santiago apagou a postagem no seu Facebook e depois postou outra se desculpando pelo ocorrido. Mas o estrago já estava feito. Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Quando a gente posta alguma coisa nas redes sociais, muitas vezes não temos a idéia quanto aquilo pode repercutir e as proporções podem criar. E isso ocorreu com minha postagem à cerca da mudança do Forró da Mina.

Pois bem, ocorreu que centenas de pessoas, tanto de Riachão quanto de Pé de Serra, estavam comentando e trocando farpas e quem me conhece sabe que eu gosto sempre de comentar os assuntos mais badalados do momento, sempre com um enfoque humorístico e irreverente e com esse assunto eu fiz a mesma coisa.

Mas algumas pessoas, infelizmente, não compreenderam como sendo uma inocente brincadeira e acabaram por se zangar, me xingar e até mesmo me ameaçar, como se o humor devesse ser combatido com radicalismos e violência, tal como aconteceu em 2015 na França no episódio onde cartunistas do “Charlie Hebdo” foram assassinados por pessoas que não concordavam com suas publicações.

Como forma de demonstrar o meu arrependimento, pela primeira vez em 6 anos que eu faço parte do Facebook, eu apaguei a minha postagem. Por fim, para colocar uma pedra sobre o assunto, eu quero deixar bem claro que em momento algum eu quis menosprezar a cidade de Pé de Serra ou qualquer outra. Em nome do meu avô e minha avó, que nasceram e e moraram nessa localidade por muito tempo de suas vidas, eu peço não desculpas, pois não se tira a culpa de quem a tem, mas o sincero perdão àqueles que por ventura tenham se sentido ofendidos.

Mauricio Santiago
Fonte: Interior Da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.